A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Significação das palavras. Hipônimos e Hiperônimo Quando as palavras se relacionam pelo sentido num dado contexto, temos os chamados hipônimos e hiperônimos,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Significação das palavras. Hipônimos e Hiperônimo Quando as palavras se relacionam pelo sentido num dado contexto, temos os chamados hipônimos e hiperônimos,"— Transcrição da apresentação:

1 Significação das palavras

2 Hipônimos e Hiperônimo Quando as palavras se relacionam pelo sentido num dado contexto, temos os chamados hipônimos e hiperônimos, ou seja, são palavras pertencentes a um mesmo campo semântico, sendo o hipônimo uma palavra de sentido mais específico e o hiperônimo uma palavra de sentido mais genérico. Exs.: perna, braço, cabeça, olhos, cabelo, nariz (hipônimos) = partes do corpo humano (hiperônimo) azul, verde, amarelo, cinza, marrom, lilás (hipônimos) = cores (hiperônimo) martelo, serrote, alicate, torno, enxada (hipônimos) = ferramentas (hiperônimo)

3 Polissemia É a propriedade que uma palavra tem de apresentar vários sentidos. Exs.: Ele anda muito (= caminhar). Mário anda doente (= estar). Aquele executivo só anda de avião (= viajar). Meu relógio não anda mais (= funcionar). A criança estava com a mão machucada (=parte do corpo). Passou duas mãos de tinta na parede (=camadas). A rua não dava mão para o parque. (=direção em que o veículo deve transitar).

4 Sinonímia Há sinonímia quando duas ou mais palavras têm o mesmo significado em determinado contexto. Diz-se, então, que são sinônimos. Exs.: O comprimento da sala é de oito metros. A extensão da sala é de oito metros.

5 Antonímia É o emprego de palavras de sentido contrário, oposto. Exs.: É um menino corajoso. É um menino medroso.

6 Homonímia Diz-se que há homonímia quando duas ou mais palavras possuem identidade de pronúncia (homônimos homófonos) ou de grafia (homônimos homógrafos), porém significados diferentes. Em alguns casos, as palavras possuem iguais a pronúncia e a grafia (homônimos perfeitos). A classificação em si não é importante, mas sim o significado das palavras. Exs.: ceda – seda homônimos homófonos peso (^) – peso (´) homônimos homógrafos pena – pena homônimos perfeitos (ou homófonos e homógrafos)

7 Paronímia Palavras muito parecidas e que confundem as pessoas. Exs.: O tráfego era imenso naquela estrada. O tráfico de escravos é uma nódoa em nossa história. As palavras tráfego e tráfico são parecidas, mas não se trata de homônimos, pois a pronúncia e a grafia são diferentes. Tráfego é movimento de veículo; tráfico, comércio.

8 Denotação e Conotação Denotação: é a significação objetiva da palavra: é a palavra em estado de dicionário. Ex.: A corrente estava pendurada na porta. Corrente - cadeia de metal, grilhão (dicionário /Aurélio) Conotação: é a significação subjetiva da palavra; ocorre quando a palavra evoca outras realidades por associações que ela provoca. Ex.: "A gente vai contra a corrente até não poder resistir. (Chico Buarque) Corrente - opinião da maioria.

9 O quadro abaixo sintetiza as diferenças fundamentais entre denotação e conotação: DENOTAÇÃO CONOTAÇÃO palavra com significação restrita palavra com significação ampla palavra com sentido comum do dicionário palavra cujos sentidos extrapolam o sentido comum palavra usada de modo automatizado palavra usada de modo criativo linguagem comum linguagem rica e expressiva


Carregar ppt "Significação das palavras. Hipônimos e Hiperônimo Quando as palavras se relacionam pelo sentido num dado contexto, temos os chamados hipônimos e hiperônimos,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google