A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HEREDITARIEDADE E CROMOSSOMOS SEXUAIS PROF. VÍCTOR PESSOA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HEREDITARIEDADE E CROMOSSOMOS SEXUAIS PROF. VÍCTOR PESSOA."— Transcrição da apresentação:

1 HEREDITARIEDADE E CROMOSSOMOS SEXUAIS PROF. VÍCTOR PESSOA

2 DETERMINAÇÃO CROMOSSÔMICA DO SEXO * A determinação do sexo nas espécies dióicas depende da ação de genes específicos, fazendo com que ele se torne macho ou fêmea; * Em algumas espécies esses genes sofrem a influência de fatores ambientais (e.g. temperatura / crocodilos e tartarugas); * Na maioria das espécies animais o sexo é definido APENAS pela constituição cromossômica, não havendo, portanto, a influência de fatores ambientais. A DIFERENÇA ENTRE MACHOS E FÊMEAS, NESTES CASOS, RESIDE GERALMENTE NA PRESENÇA DE UM PAR DE CROMOSSOMOS SEXUAIS (HETEROSSOMOS)

3 * A espécie humana apresenta 23 pares (46) cromossomos. Destes, 22 pares são denominados AUTOSSOMOS, os quais não exibem nenhuma relação com a determinação do sexo; enquanto 1 par, relacionado diretamente com a determinação do sexo, corresponde aos cromossomos SEXUAIS OU HETEROSSOMOS (X e Y). Cariótipo de um homem normal 46, XY / 44A + XY / 22AA + XY Cariótipo de uma mulher normal 46, XX / 44A + XX / 22AA + XX

4 SISTEMAS DE DETERMINAÇÃO DO SEXO SISTEMA XY * Fêmeas exibem um par de cromossomos sexuais homólogos (XX); * Machos exibem um par de cromossomos sexuais parcialmente homólogos – um deles é correspondente ao das fêmeas (X), enquanto o outro é tipicamente masculino (Y).

5 XX XX Fêmeas produzem um único tipo de gameta (X) SEXO HOMOGAMÉTICO XY XY Machos produzem dois tipos de gametas (X) e (Y) SEXO HETEROGAMÉTICO QUEM DETERMINA O SEXO DA PROLE É O MACHO (SEXO HETEROGAMÉTICO), POIS A PRESENÇA DO CROMOSSOMO Y DETERMINA O SEXO MASCULINO, ENQUANTO A SUA AUSÊNCIA DETERMINA O SEXO FEMININO DIVERSOS TIPOS DE INSETOS (DROSÓFILA), MAMÍFEROS, VÁRIAS ESPÉCIES DE PEIXES E DE PLANTAS

6 OBSERVAÇÃO! * Gene SRY presente no cromossomo Y ativa a determinação do sexo na espécie humana. Gene SRY Proteína específica Formação dos testículos Produção de testosterona Desenvolvimento da genitália masculina e outras características típicas dos homens

7 SISTEMA X0 * Ausência do cromossomo Y; * As fêmeas exibem um par de cromossomos sexuais homólogos (XX), enquanto os machos só exibem um único cromossomo X; XX XX X X Fêmeas produzem um único tipo de gameta (X) SEXO HOMOGAMÉTICO Machos produzem dois tipos de gametas (X) e (0) SEXO HETEROGAMÉTICO PERCEVEJOS, BARATAS E GAFANHOTOS

8 SISTEMA ZW * Semelhante ao sistema XY / No sistema ZW machos e fêmeas diferem um do outro quanto a um par de cromossomos; * As fêmeas exibem um par de cromossomos sexuais ZW, enquanto os machos exibem um par de cromossomos ZZ; ZW ZW Fêmeas produzem dois tipos de gametas (Z) e (W) SEXO HETEROGAMÉTICO ZZ ZZ Machos produzem um único tipo de gameta (Z) SEXO HOMOGAMÉTICO BORBOLETAS, MARIPOSAS, AVES E EM ALGUNS PEIXES E ANFÍBIOS

9 SISTEMA XY * Sexo homogamético: feminino (XX) * Sexo heterogamético: masculino (XY) * Determinação do sexo: a presença do cromossomo Y determina o sexo masculino, enquanto a sua ausência determina o sexo feminino SISTEMA XY * Sexo homogamético: feminino (XX) * Sexo heterogamético: masculino (XY) * Determinação do sexo: a presença do cromossomo Y determina o sexo masculino, enquanto a sua ausência determina o sexo feminino SISTEMA X0 * Sexo homogamético: feminino (XX) * Sexo heterogamético: masculino (X0) * Determinação do sexo: a ausência do cromossomo X determina o sexo masculino SISTEMA X0 * Sexo homogamético: feminino (XX) * Sexo heterogamético: masculino (X0) * Determinação do sexo: a ausência do cromossomo X determina o sexo masculino SISTEMA ZW * Sexo homogamético: masculino (ZZ) * Sexo heterogamético: feminino (ZW) * Determinação do sexo: a presença do cromossomo W determina o sexo feminino, enquanto a sua ausência determina o sexo masculino SISTEMA ZW * Sexo homogamético: masculino (ZZ) * Sexo heterogamético: feminino (ZW) * Determinação do sexo: a presença do cromossomo W determina o sexo feminino, enquanto a sua ausência determina o sexo masculino

10 SISTEMAS DE DETERMINAÇÃO DO SEXO QUE NÃO ENVOLVEM CROMOSSOMOS SEXUAIS * Insetos do grupo dos himenópteros (abelhas e formigas) exibem um mecanismo de determinação sexual baseado apenas na PLOIDIA das células de cada indivíduo (haploide ou diploide) = SISTEMA HAPLOIDE / DIPLOIDE. * Nesses casos, os machos são haploides (n) (RESULTAM DE ÓVULOS NÃO FECUNDADOS), enquanto as fêmeas são diploides (2n) (RESULTAM DE UMA FECUNDAÇÃO = ESPERMATOZOIDE + ÓVULO).

11 GENES LOCALIZADOS EM CROMOSSOMOS SEXUAIS HUMANOS * Na espécie humana, os cromossomos sexuais X e Y têm formas e tamanhos diferentes. Por isso, o seu emparelhamento é PARCIAL durante a meiose que ocorre nas células germinativas (células precursoras dos gametas).

12 * Assim, em função do emparelhamento parcial desses cromossomos nas células masculinas (XY), são identificadas duas regiões distintas nesses cromossomos: REGIÃO HOMÓLOGA e REGIÃO NÃO-HOMÓLOGA. Onde se dá o emparelhamento entre X e Y Onde não há o emparelhamento entre X e Y

13 * Os genes que se localizam na região não-homóloga do cromossomo X apresentam um tipo de herança denominada HERANÇA LIGADA AO SEXO ou HERANÇA LIGADA AO X. (e.g. alelos que condicionam o daltonismo e a hemofilia). OBSERVAÇÃO! XDXDXDXdXdXdXDXDXDXdXdXd Mulher com visão normal (não-daltônica) Mulher com visão normal, porém portadora do gene para o daltonismo Mulher daltônica XDYXdYXDYXdY Homem com visão normal (não-daltônica) Homem daltônico

14 X D X D / X D X d / X d X d X D Y / X d Y Observa-se, assim, que os homens, por possuírem apenas um cromossomo X, apresentarão apenas um dos alelos, sendo assim denominados HEMIZIGOTOS. As mulheres, entretanto, podem ser HOMOZIGÓTICAS ou HETEROZIGÓTICAS, uma vez que apresentam dois cromossomos X e, portanto, dois alelos do gene.

15 * Os genes que se localizam na região não-homóloga do cromossomo Y apresentam um tipo de herança denominada HERANÇA RESTRITA AO SEXO ou HERANÇA LIGADA AO Y (só ocorre em homens). Esses genes recebem a denominação específica de GENES HOLÂNDRICOS.

16 OUTROS MECANISMOS DE HERANÇA RELACIONADOS COM O SEXO * Existem fenótipos (características) relacionados com o sexo que envolvem genes localizados nos cromossomos autossômicos, portanto, podem acometer tanto homens quanto mulheres. No entanto, A EXPRESSÃO DESSES GENES é diferente nos dois sexos, influenciada por fatores do meio ambiente, em especial os hormônios sexuais. HERANÇA COM EFEITO LIMITADO AO SEXO Embora os genes estejam presentes em ambos os sexos, eles se manifestam em apenas um deles (e.g. Hipertricose auricular) HERANÇA COM EFEITO LIMITADO AO SEXO Embora os genes estejam presentes em ambos os sexos, eles se manifestam em apenas um deles (e.g. Hipertricose auricular) HERANÇA INFLUENCIADA PELO SEXO Caracteriza-se pela variação de dominância e recessividade de alelos em função do sexo do indivíduo: um alelo tem efeito dominante em um sexo e efeito recessivo no outro (e.g. calvície) HERANÇA INFLUENCIADA PELO SEXO Caracteriza-se pela variação de dominância e recessividade de alelos em função do sexo do indivíduo: um alelo tem efeito dominante em um sexo e efeito recessivo no outro (e.g. calvície)

17 GENÓTIPOFENÓTIPO C1C1C1C1 Homem calvo Mulher calva C1C2C1C2 Homem calvo Mulher não-calva C2C2C2C2 Homem não-calvo Mulher calva O alelo C 1 é dominante nos homens e recessivo nas mulheres


Carregar ppt "HEREDITARIEDADE E CROMOSSOMOS SEXUAIS PROF. VÍCTOR PESSOA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google