A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ÁFRICA SETENTRIONAL Países marcados pela cultura islâmica. 8º ano GEOGRAFIA Capítulo 12.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ÁFRICA SETENTRIONAL Países marcados pela cultura islâmica. 8º ano GEOGRAFIA Capítulo 12."— Transcrição da apresentação:

1 ÁFRICA SETENTRIONAL Países marcados pela cultura islâmica. 8º ano GEOGRAFIA Capítulo 12

2 Banhado pelo Mar Mediterrâneo Localiza-se o Vale do Rio Nilo O Deserto do Saara presente em quase todo o território.

3 Na maioria a população é branca, fala o árabe e professa o islamismo. As Montanhas Atlas, tem índices pluviométricos mais elevados atenuando o rigor saariano.

4 MARROCOS, ARGÉLIA E TUNÍSIA- Os três países do Magreb.

5 MAGREB – SIGNIFICA ONDE O SOL SE PÕE. Esses países estão na parte ocidental do norte da África. Foram colônias da França até a segunda metade do século XX. Parte de seus territórios ocupados pela Cadeia de Montanhas do Atlas. Ajuda no desenvolvimento da agricultura e criação de animais. Cultivo da oliveira, da videira, da pecuária ovina e caprina.

6 Na sua parte meridional é marcado por grande escassez de água, limitando a atividade agrícola. A Argélia é exportador mundial de petróleo, sendo membro da OPEP. Marrocos e Tunísia são exportadores de fosfato para fazer fertilizantes. Função portuária e atividade comercial e industrial se destacam em algumas capitais: Argel, Túnis e Rabat. Turismo no Marrocos e na Tunísia(praias e ruínas de Cartago).

7 EGITO, O TERCEIRO PAÍS MAIS POPULOSO DA ÁFRICA.

8 EGITO... É terceiro mais populoso, fica atrás da Nigéria e Etiópia; 90% da sua população está distribuída nas margens ou próxima ao Nilo; Cairo, a capital, é a maior cidade da África e tem um dos maiores centros mundiais de negócios com uma tradicional arquitetura árabe. Produtora de algodão para exportação e arroz, trigo... para o mercado interno por causa do Nilo, que é usado como via navegável e ajuda no fornecimento de energia devido a usina hidrelétrica.

9 A MEDITERRÂNEA LÍBIA E O NILÓTICO SUDÃO

10 LÍBIA SITUADA A BORDA DO MAR MEDITERRÂNEO. POPULAÇÃO CONSTITUÍDA POR ÁRABES E BERBERES. EXPORTADOR DE PETRÓLEO. PARCEIROS COMERCIAIS ESTÃO NA UNIÃO EUROPEIA, PRINCIPALMENTE A ITÁLIA DE QUEM FOI COLÔNIA. SUDÃO SITUADO NO VALE MÉDIO DO RIO NILO. POPULAÇÃO COM MAIS DE 50% DA ETNIA NEGRA, E 40% À ETNIA ÁRABE. EXPORTADOR DE PETRÓLEO E DE MILHO, ALGODÃO, AMENDOIM, ALÉM DA PECUÁRIA. VENDE MAIS DE 50% DOS SEUS PRODUTOS PARA A CHINA E 30% PARA O JAPÃO.

11 Separação após referendo não melhorou relação entre países. Brigas tribais, por petróleo e por demarcação de fronteiras continuam. Há um ano, um novo país surgia no mundo, e, com ele, a esperança de um futuro menos violento e menos pobre para os africanos do Sudão. Mas os dias passaram e a vida não ficou mais fácil para quem vive no agora dividido território: conflitos de fronteira; briga pelo petróleo; falta de serviços públicos que funcionem; lutas tribais. Mostram que é preciso mais que um plebiscito para reerguer uma região devastada pela mais longa guerra civil africana. O Sudão do Sul virou país em 9 de julho do ano passado, após uma votação nacional prevista no acordo de paz que pôs fim à 21 anos de luta entre o governo do Sudão e os rebeldes do Sul - uma guerra por questões religiosas, por poder político e pelo petróleo. questões religiosas, por poder político e pelo petróleo. CURIOSIDADE ATUAL

12 SAARA OCIDENTAL, TERRITÓRIO OCUPADO PELO MARROCOS O SAARA OCIDENTAL FOI A ÚLTIMA COLÔNIA DA ÁFRICA, MAS ATÉ HOJE NÃO OBTEVE ÊXITO NA SUA INDEPENDÊNCIA POLÍTICA. Quando a Espanha retirou-se do Saara a região foi invadida por Marrocos e Mauritânia. Criaram a Frente Polisário. Passaram a resistir à ocupação marroquina e Mauritânia havia desistido. Marrocos dividiu o Saara com um muralha de 1800Km e 1 milhão de explosivos. A REGIÃO MANTÉM UMA TRÉGUA, MAS A DISPUTA AINDA NÃO FOI SOLUCIONADA.

13 O FIM DAS DITADURAS UMA SÉRIE DE PROTESTOS POPULARES PROVOCARAM A QUEDA DE REGIMES DITATORIAIS: O presidente Hosni Mubarak teve problemas de saúde e foi enfraquecido pela oposição que ganhou popularidade. A população nas ruas forçou a renúncia de Mubarack; uma junta militar assumiu com propósito de democracia. Queda também do presidente da Tunísia; Zine el-Abdine passou 23 anos de governo marcado por corrupção. Na Líbia, protestos levaram ao fim da ditadura e morte do presidente Muanmmar al-Khadafi, 42 anos no poder.

14 Bons estudos!!! Boa Sorte!!!!!!


Carregar ppt "ÁFRICA SETENTRIONAL Países marcados pela cultura islâmica. 8º ano GEOGRAFIA Capítulo 12."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google