A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SOLUÇÃO É UMA MISTURA HOMOGÊNEA DE DOIS OU MAIS COMPONENTES Solução soluto solvente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SOLUÇÃO É UMA MISTURA HOMOGÊNEA DE DOIS OU MAIS COMPONENTES Solução soluto solvente."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 SOLUÇÃO É UMA MISTURA HOMOGÊNEA DE DOIS OU MAIS COMPONENTES Solução soluto solvente

4 SOLUTO: COMPONENTE GERALMENTE EM MENOR QUANTIDADE. SOLVENTE: COMPONENTE QUE ACOLHE O SOLUTO.

5 Como preparar uma solução????? Assim, as moléculas ou íons do soluto separam-se permanecen do dispersas no solvente Basta dissolver um soluto em uma quantidade de solvente.

6 Estudar soluções para....?????? Compreender o significado da concentração de soluções; Saber expressar quantitativamente essa concentração;

7 Soluções no cotidiano O quanto de chumbo é permitido aparecer na água potável? Café forte ou fraco? Mais ou menos doce?

8 TIPOS DE SOLUÇÕES SÓLIDAS Ex:OURO 18K LIQUIDAS Ex: ÁGUA DO MAR GASOSAS Ex:AR

9 Solução molecular: As partículas dispersas do soluto são moléculas. A solução molecular é também chamada de solução não-eletrolítica e não conduzem a corrente elétrica. Exemplo: água e açúcar

10 Solução iônica: As partículas dispersas do soluto são íons ou íons e moléculas (dependendo do sal ou do ácido). A solução iônica é também chamada de solução eletrolítica e conduz corrente elétrica. Os íons são os responsáveis pela condução da corrente elétrica numa solução. Exemplos: água e sal (cloreto de sódio) enfraquecimento da estrutura iônica.

11 Porém, substâncias diferentes se dissolvem em quantidades diferentes em uma mesma quantidade de solvente na mesma temperatura. Isto depende do Coeficiente de solubilidade? O QUE É O COEFICIENTE DE SOLUBILIDADE (Cs)?

12 O Cs É A QUANTIDADE MÁXIMA DISSOLVIDA DE UMA SUBSTÂNCIA EM UMA DETERMINADA TEMPERATURA, EM UMA QUANTIDADE PADRÃO DE SOLVENTE. ExemploCs (0ºC)Cs (100ºC) SAL NaCl 357g/L398g/L SACAROSE C 12 H 22 O g/L3470g/L

13 Classificação das soluções quanto a relação soluto x solvente

14 1L de água a 0°C 357 g de NaCl CS do NaCl a 0°C = 35,7 g / 100g de H 2 O CS do NaCl a 25°C = 42,0 g / 100g de H 2 O 400 g de NaCl Saturada insaturada EXEMPLO DE EXERCÍCIO 300 g de NaCl Saturada com corpo de fundo

15 SOLUÇÃO SUPERSATURADA 1L de água a 0°C 1L de água a 25°C 1L de água a 0°C 400 g de NaCl Supersaturada A concentração na solução final está acima do CS do NaCl a 0°C. EXEMPLO DE EXERCÍCIO

16 São gráficos que apresentam a variação dos coeficientes de solubilidade das substâncias em função da temperatura. Curvas de Solubilidade:

17 SUPERSATURADA INSATURADA SATURADA Curvas de Solubilidade:

18 A B C D Solubilidade Endotérmica Solubilidade Exotérmica atérmica Sal hidratado Ponto de inflexão TºC CS TIPOS DE CURVAS DE SOLUBILIDADE

19 Verificamos que na maior parte das substâncias, a solubilidade aumenta, com a elevação da temperatura - quando o soluto sofre dissolução com absorção de calor. Ex.: KOH, KBr, NaCl. Observe agora o gráfico abaixo:

20 Curvas Ascendentes : São substâncias que se dissolvem com a absorção de calor, isto é, a dissolução é endotérmica. Curvas Descendentes : São substâncias que se dissolvem com a liberação de calor, isto é, a dissolução é exotérmica. Observe o gráfico a dissolução do KNO 3, do K 2 CrO 4 e do NaCl é endotérmica. Dentre essas, a dissolução do KNO 3 é a que mais varia com a temperatura (observe a inflexão da curva). A dissolução do Ce 2 (SO 4 ) 3 é exotérmica. Curvas de Solubilidade:

21 Curva de solubilidade ESTUDO DAS SOLUÇÕES

22 Coeficiente de solubilidade Qual a quantidade máxima, em gramas, de brometo de potássio (KBr) que pode ser dissolvida em 200 g de água a 50 ºC?

23 Uma solução saturada de nitrato de potássio (KNO3) constituída, além do sal, por 100 g de água, está a temperatura de 60 ºC. Essa solução é resfriada a 25 ºC, ocorrendo precipitação de parte do sal dissolvido, calcule: a) a massa do sal que precipitou; b) a massa do sal que permaneceu em solução. EXEMPLO DE EXERCÍCIO

24 RESOLUÇÃO a) A massa do sal que precipitou ; b) A massa do sal que permaneceu em solução. Permaneceu em solução o valor do coeficiente de solubilidade na temperatura de 25 ºC, ou seja, uma massa de 40 g. Do gráfico dado, tiramos as solubilidades do KNO3 em 100 g de água. a 60 ºC = 70 g de KNO3 a 25 ºC = 40 g de KNO3 Reduzindo a temperatura de 60 ºC para 25 ºC, precipitarão: 70 g – 40 g = 30 g.


Carregar ppt "SOLUÇÃO É UMA MISTURA HOMOGÊNEA DE DOIS OU MAIS COMPONENTES Solução soluto solvente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google