A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Paz. E.B. 2/3 do Couto Mineiro do Pejão Educação Moral Religiosa e Católica Paz Trabalho realizado por: Miguel Duro 7.ºB n.º12 Maio 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Paz. E.B. 2/3 do Couto Mineiro do Pejão Educação Moral Religiosa e Católica Paz Trabalho realizado por: Miguel Duro 7.ºB n.º12 Maio 2012."— Transcrição da apresentação:

1 Paz

2 E.B. 2/3 do Couto Mineiro do Pejão Educação Moral Religiosa e Católica Paz Trabalho realizado por: Miguel Duro 7.ºB n.º12 Maio 2012

3 Índice - Introdução - Paz - A paz como grande sonho da humanidade - Símbolos de Paz - Situações de falência da paz - A promoção e a defesa da paz - Prémio Nobel da Paz - Pessoas que ganharam o Prémio Nobel da Paz - Pessoas que fizeram a Diferença - A mensagem bíblica sobre a paz - O desafio e a responsabilidade de cada um na construção da paz - Conclusão - Bibliografia

4 Introdução No âmbito da disciplina de E.M.C.R. foi-me proposto a realização de um trabalho sobre a Paz. De seguida apresento o resultado das minhas pesquisas.

5 Paz Paz é geralmente definida como um estado de calma ou tranquilidade, uma ausência de perturbações, agitação. Pode referir-se à ausência de violência ou guerra.

6 A paz como grande sonho da humanidade A paz é um sonho antigo e permanente da humanidade, um belo sonho que pode ser transformado em realidade. Muitos momentos da história da humanidade em diferentes culturas e nos mais diversos lugares mostram que esse sonho pode ser efetivamente realizado. Para isso é preciso que ele seja colocado como objetivo maior da convivência humana e inspire ações vigorosas e determinadas, para afastamento dos vícios e das ambições egoístas e semeiam discórdia. Se queremos a paz devemos preparar-nos para ela, recusando todas as todas as formas de guerra e de violência. É preciso rejeitar, com toda a violência, a ilusão nefasta da paz armada, não se pode chamar de paz uma ordem fundada no medo.

7 Símbolos de Paz

8 Situações de falência da paz A guerra e a violência são o oposto de paz. Estes contrastes são motivados por: poder, estratégia, economia, riqueza, imposição de ideias, desigualdade social, etnia e religião. Estes conflitos destroem, arrasam quem quer viver em paz.

9 A promoção e a defesa da paz É um dever de cada um, promover e defender a paz. A paz é um bem de cada um de nós e da humanidade. É preciso promover a paz através de campanhas de sensibilização, manifestações, entre outras.

10 Prémio Nobel da Paz O Nobel da Paz é um dos cinco Prémios Nobel, enviado pelo inventor da dinamite, o sueco Alfred Nobel. O prémio Nobel da Paz é atribuído em Oslo. O Comité Nobel norueguês, cujos membros são nomeados pelo Parlamento norueguês, tem a função de escolher o honrado pelo prémio, que é entregue pelo seu presidente atualmente o ex-primeiro-ministro, ex-ministro dos negócios estrangeiros, ex- presidente do Stortinget e atual Secretário- Geral do Conselho da Europa Sr. Thorbjorn Jagland. A sua primeira entrega foi em 1901.

11 Pessoas que ganharam o Prémio Nobel da P az Madre Teresa de Calcutá foi uma missionária católica albanesa, nascida na República da Macedônia e naturalizada indiana, beatificada pela Igreja Católica em Vista como a missionária do século XX, fundou a congregação "Missionárias da Caridade", tornando-se conhecida ainda em vida pelo cognome de "Santa das sarjetas, e uma das maiores referencias da paz mundial. Madre Teresa de Calcutá

12 Pessoas que fizeram a Diferença Gandhi nasceu em 1869, na Índia ocidental. Advogado, mais conhecido como "Mahatma (Grande alma), Gandhi lutou e incentivou a luta contra as leis injustas que se abatiam sobre os povos. Gandhi lutou sem descanso e sem desânimo e implementou sempre a não- violência, a que chamou satyagraha, uma palavra indiana que significa força da verdade e do amor. A mística força de Gandhi venceu mais tarde quando foi dada a independência à Índia, em Considerado o pai da Índia, este homem de boa vontade lutou, sem ódio, pela independência da sua pátria e pela paz do mundo. A sua missão de paz, de liberdade e de amor foi realizada. Gandhi

13 A mensagem bíblica sobre a paz A mensagem que nos deixa a bíblia é: A paz de Deus é muito maior do que nossa mente humana pode compreender. Esta paz, guardará os vossos corações e mentes em Cristo Jesus.

14 O desafio e a responsabilidade de cada um na construção da paz No plano pessoal, paz designa um estado de espírito dispenso de raiva, desconfiança e de um modo geral todos os sentimentos negativos. Assim, ela é desejada por cada pessoa para si próprio e, eventualmente, para os outros, ao ponto de se ter tornado uma frequente saudação e um objetivo de vida.

15 Conclusão Quando me foi pedido para fazer este trabalho eu tinha muito por onde começar. Depois de alguma pesquisa consegui reunir todas as informações para fazer este trabalho.

16 Bibliografia Fui buscar todas as imagens e gifs ao Google imagens. Fui buscar todas informações aos seguintes sites: %20de%2 0abreu-_ pdf -

17 Fim


Carregar ppt "Paz. E.B. 2/3 do Couto Mineiro do Pejão Educação Moral Religiosa e Católica Paz Trabalho realizado por: Miguel Duro 7.ºB n.º12 Maio 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google