A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CAPÍTULO 11 CAPÍTULO 11 SISTEMA REPRODUTIVO MASCULINO ESPERMATOGÊNESE, ESPERMIOGÊNESE Profa.Ivana BM Cruz, UFSM - 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CAPÍTULO 11 CAPÍTULO 11 SISTEMA REPRODUTIVO MASCULINO ESPERMATOGÊNESE, ESPERMIOGÊNESE Profa.Ivana BM Cruz, UFSM - 2012."— Transcrição da apresentação:

1 CAPÍTULO 11 CAPÍTULO 11 SISTEMA REPRODUTIVO MASCULINO ESPERMATOGÊNESE, ESPERMIOGÊNESE Profa.Ivana BM Cruz, UFSM

2 GAMETOGÊNESE MASCULINA

3 Meiose I Meiose II Espermatogênese

4 SISTEMA REPRODUTOR MASCULINO

5 Órgãos Genitália Externa -Pênis -Gônadas (testículos) Vias genitais Intra-testiculares - Túbulos seminíferos - Tubos retos - Rede testicular Extra-testiculares - Epidídimo - Túbulos eferentes - Canal epididimário - Canal deferente - Canal ejaculador - Uretra - Prostática - Membranosa - Peniana Glândulas Acessórias - Vesículas seminais - Próstata - Glândulas bulborretais

6 TESTÍCULOS Produção de ESPERMATOZÓIDES e HORMÔNIOS Testosterona – Espermatogênese Diferenciação sexual Dihidro-testosterona - Atua nos músculos, distribuição de pelos crescimento dos cabelos, etc. DUCTOS GENITAIS E GLÂNDULAS Transporte dos espermatozóides para o exterior Nutrientes para os espermatozóides ESPERMATOZÓIDES + SECREÇÕES = SÊMEN

7 Testículos Lúmen Parede: Epitélio germinativo envolvido Por uma lâmina de tecido Conjuntivo (fibroblastos) Camada + interna – Células achatadas e contráteis (mióides) Espermatogônias Espermatócitos 1ª e 2ª ordem Espermatozóides maduros soltos no lúmen do túbulo Células de Sertoli Barreira hemato-testicular Funçäo: suporte, nutriçäo imunológica

8 HISTOLOGIA DOS TESTÍCULOS -Envolvido por uma camada grossa de tecido conjuntivo denso: Túnica albugínea – -Da túnica partem septos fibrosos – dividem o testículo em lóbulos -Em cada lóbulo existe de 1 a 4 túbulos seminíferos -Imersos em um tecido conjuntivo frouxo rico em -Vasos sangüíneos, linfáticos, nervos, células intersticiais (Leydig). -Túbulos seminíferos: produção de espermatozóides -Cada testículo: Tamanho combinado: ~250 m -Dentro dos túbulos seminíferos que ocorre a Espermatogênese

9 HISTOLOGIA DOS TESTÍCULOS Lúmen Parede: Epitélio germinativo envolvido Por uma lâmina de tecido Conjuntivo (fibroblastos) Camada + interna – Aderida a lâmina basal. Células achatadas e contráteis (mióides) Espermatogônias Espermatócitos 1ª e 2ª ordem Espermatozóides maduros soltos no lúmen do túbulo Células de Sertoli -Piramidais -Formam barreira -Hematotesticular -Resistentes -Funções: suporte, secreção, nutrição, imune, fagocitose

10 HISTOLOGIA DOS TESTÍCULOS CÉLULAS DE SERTOLI 03 funções principais: -Suporte e Nutrição -Fagocitose dos restos da espermiogênese -Secreção do fluído que transporta os espermatozóides Células de Sertoli se unem entre si por junções de oclusão Células de Sertoli: Secreção de fluído estimulado Pelo hormônio da adeno-hipófise FSH

11 HISTOLOGIA DOS TESTÍCULOS

12 ESPERMATOGÊNESE E ESPERMIOGÊNESE

13 HISTOLOGIA DOS DUCTOS Túbulos seminíferos iniciam em fundo cego E terminam em um conjunto de túbulos - TUBULOS RETOS Se conectam a REDE TESTICULAR formada Por túbulos com canais revestidos por Epitélio simples pavimentoso ou cúbico. Se conecta aos Ductos Eferentes Se conecta ao Epidídimo – tubo único Altamente enrolado. Formado por epitélio colunar Pseudo-estratificado Nas células colunares- estereocílios. Função: armazenamento de espermatozóides

14 HISTOLOGIA EPIDÍDIMO E DUCTO DEFERENTE EpidímoDucto deferente

15 HISTOLOGIA DAS GLÂNDULAS ACESSÓRIAS

16 HISTOLOGIA VESÍCULA SEMINAL

17 HISTOLOGIA PRÓSTATA

18 HISTOLOGIA GLÂNDULAS BULBORRETAIS

19 HISTOLOGIA DO PÊNIS -Uretra -Três corpos cilíndrincos de tecido erétil (parte dorsal)

20 ANTICONCEPCIONAIS Barreira física Barreira química Preservativos Barreira física+química

21 REFERÊNCIAS – BIBLIOGRÁFICAS E DE FIGURAS JUNQUEIRA LC & CARNEIRO J. Histologia Básica. Guanabara-Koogan, Rio de Janeiro, 2004; 2008 KERR JB. Atlas de Histologia Funcional. Artes Médicas, Porto Alegre, GARTNER Color Atlas Histology. Williams & Wilkins, Baltimore, KIERSZENBAUM AL. Histologia e biologia celular: uma introdução a patologia. Elsevier, Rio de Janeiro COCHARD LR. Atlas de embriologia humana de Netter. Artmed, Porto Alegre, DOYLE MJ. Embriologia humana, Atheneu, São Paulo, MOORE K. Embriologia Clínica, Elsevier, Rio de Janeiro, BREW MCC. Histologia geral para a odontologia, Guanabara-Koogan, Rio de Janeiro, ATLAS DE HISTOLOGIA – UFRGS - ATLAS DE HISTOLOGIA – UERJ - ATLAS DE HISTOLOGIA CLARETIANO - ATLAS DE HISTOLOGIA UFPEL-http://minerva.ufpel.edu.br/~mgrheing/cd_histologia/index.htm ATLAS DE EMBRIOLOGIA HUMANA (Inglês) -http://www.embryo.chronolab.com/fertilization.htm MULTIDIMENSIONAL HUMAN EMBRYO (Inglês) - ATLAS OF HUMAN BIOLOGY – CRONOLAB (Inglês) -Http://www.embryo.chronolab.com/ fertilization.htm ATLAS DE HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA VIRTUAL UFSM.


Carregar ppt "CAPÍTULO 11 CAPÍTULO 11 SISTEMA REPRODUTIVO MASCULINO ESPERMATOGÊNESE, ESPERMIOGÊNESE Profa.Ivana BM Cruz, UFSM - 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google