A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LIGAR O SOM E DEIXAR CAMINHAR SOZINHO... Olá, esta apresentação tem como objetivo principal.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LIGAR O SOM E DEIXAR CAMINHAR SOZINHO... Olá, esta apresentação tem como objetivo principal."— Transcrição da apresentação:

1

2 LIGAR O SOM E DEIXAR CAMINHAR SOZINHO...

3 Olá, esta apresentação tem como objetivo principal

4 fortalecer a fé e reforçar a formação dos coroinhas e acólitos,

5 a fim de proporcionar um melhor desempenho das suas funções diante da comunidade a que pertencem, e sendo desta forma,

6 enriquecer as nossas Celebrações Eucarísticas...

7 Antes de iniciar, é bom estarmos conscientes

8 de que todo serviço prestado para a comunidade, na construção do Reino de Deus,

9 tem origem no próprio Deus,

10 embora Ele não se manifeste pessoalmente,

11 se serve das pessoas para chamar ou convidar,

12 ou através da nossa inspiração,

13 ou mesmo das duas formas,

14 daí cabe a cada um dar a sua resposta, e o Senhor respeita a nossa liberdade...

15 Por isso, podemos analisar bem:

16 de tantas crianças e jovens que temos ao nosso redor, na nossa cidade,

17 o chamado foi especialmente para você,

18 isso tudo porque o Amor de Jesus por cada um de nós é infinito e Ele nos quer no seu serviço e desta forma oferece a alegria, a paz e a felicidade que nunca termina.

19 Continuando...

20 Estes slides serão dirigidos

21 ora às nossas crianças e adolescentes que estão servindo o Altar;

22 ora aos seus formadores;

23 ora aos seus familiares, de um modo especial os seus pais;

24 outras vezes a todos nós juntos...

25 Aqui neste curto espaço de tempo não é possível tratar com profundidade deste assunto,

26 mas vamos refletir um pouco daquilo que faz parte do nosso dia-a-dia e nos colocar em ritmo de formação constante de agora em diante...

27 Um instante de silêncio para pedir a graça do Espírito Santo...

28 Além do Espírito Santo que deve ser lembrado sempre em primeiro lugar, vamos iniciar com a oração do coroinha, a qual deve ser rezada constantemente, de um modo especial em todas as reuniões.

29 Ó Jesus Adolescente, que vivias com o Pai celeste em profunda e filial sintonia, aceita nossa dedicação a serviço da liturgia.

30 Nosso desejo é tratar com respeito, sem preconceito, as pessoas da comunidade, que contam com teu auxílio na difícil caminhada; dá-nos um coração repleto de amor aos pobres e simples deste mundo.

31 Alimenta-nos com a tua palavra e com os teus ensinamentos, pois queremos te ajudar, ó Jesus, a transformar a sociedade, e assim celebrarmos dignamente, com sinais, ritos e movimentos, a salvação que ofereces hoje e sempre em favor da humanidade. Amém!

32 A respeito desta oração,

33 se refletirmos bem nas suas palavras,

34 em cada linha vamos encontrar muitos ensinamentos,

35 indispensáveis para o nosso testemunho de vida

36 como cristãos inseridos numa família, comunidade e sociedade.

37 Mais...

38 Por falar em testemunho de vida, isto é, em ter um comportamento exemplar em todos os lugares por onde andamos,

39 vamos refletir por etapas, com muita calma e serenidade...

40 Ao chegar na igreja:

41 Quando se fala em chegada, a primeira coisa que devemos levar em conta é a pontualidade!

42 Ser pontual consiste em chegar sempre no horário marcado, com tempo suficiente para realizar tudo aquilo que for necessário antes de iniciar a Santa Missa!

43 Ao chegar na igreja, a primeira coisa a fazer é colocar-se diante do sacrário onde está Jesus Sacramentado.

44 (O sacrário que contém o Santíssimo Sacramento está sempre acompanhado de uma luz vermelha).

45 Aí, deve fazer uma genuflexão e permanecer em oração por alguns instantes, numa conversa com Jesus, pois Ele é a razão de tudo.

46 Imagine a estrutura do Sacrário, por mais bem feita que esteja, mesmo que seja com os melhores e mais valiosos materiais do mundo, mas isso não é nada, não chega nem na milésima parte, é incomparável diante do valor supremo que tem aquele que é abrigado ali, Jesus, o nosso Salvador, pois Ele é infinito...

47 Tudo isso faz sentido e respeito, brota muito amor em nós, se conhecemos Jesus e de fato acreditamos que Ele se faz presente na Hóstia Consagrada...

48 Somente depois de uma oração pessoal com o Senhor, deverá dirigir- se à sacristia, para iniciar as atividades necessárias de arrumação do altar para a celebração.

49 Ao ir para a sacristia, cada um deve saber qual vai ser a sua função,

50 estar voltado unicamente em se preparar para a celebração,

51 mesmo que não tenha que arrumar a credencia, que isso seja função de outra pessoa,

52 esclarecer as dúvidas se for necessário,

53 água e banheiro se precisar, (para depois não precisar sair durante a missa)

54 se trocar com tempo suficiente,

55 e mesmo que você não arrumou, conferir a credencia e o altar se não está faltando nada (velas acesas, microfones, pão e vinho, lavabo, luzes, etc.)

56 e guardar silêncio especial por alguns instantes,

57 até o Padre puxar uma oração ou invocar o Espírito Santo, antes da procissão de entrada...

58 É conveniente sempre manter a concentração, principalmente antes de começar algum ato litúrgico...

59 É bom observar também que

60 sendo Jesus a razão de estarmos aqui, porque nos trouxe a salvação, e estando em sua casa que é a igreja, a casa de Deus,

61 distinguir a diferença que existe entre cada um dos lugares por onde andamos, ou seja:

62 em casa,

63 na escola,

64 numa quadra de esportes,

65 na rua e

66 na igreja,

67 sendo que o Templo (igreja) é um espaço sagrado, onde habita o Santíssimo Sacramento, por isso merece todo o nosso amor, respeito, silêncio e recolhimento,

68 por isso, quando se diz sacristia, diz

69 silêncio e recolhimento,

70 pois é lá que os Sacerdotes, Ministros, Leitores, Acólitos e Coroinhas se preparam para as cerimônias, as quais devem ser bem planejadas nos mínimos detalhes, a fim de serem tranquilas depois.

71 Daí podemos compreender melhor a função da sacristia e o comportamento dentro da igreja, onde não é como uma Praça pública que é apropriada para um encontro de pessoas, conversas desnecessárias, lazer, brincadeiras e barulhos em geral.

72 Por isso que deve-se evitar conversar sem necessidade ou brincar na casa de Jesus (igreja). Isso não só na sacristia, mas em todo o seu espaço sagrado...

73 Ainda:

74 Além do respeito com o ambiente sagrado,

75 é necessário também distinguir a diferença que existe entre os objetos,

76 isto é, manusear os talheres em casa é bem diferente do que tocar nos acessórios de culto,

77 sobretudo o cálice, a patena, as âmbulas e as galhetas que merecem a máxima veneração,

78 por isso sempre seja cuidadoso com as coisas da igreja e do altar,

79 trate os utensílios litúrgicos com respeito, como objetos destinados ao culto Divino...

80 A sua presença é indispensável quando estiver escalado, por isso, caso tenha algum imprevisto que não possa vir, procure colocar outra pessoa no seu lugar, se comunicando com antecedência, senão vai ficar um espaço vazio que você deixou e isso é desagradável para todos!

81 Tudo por amor a Jesus, à comunidade e por aquilo que faz!

82 Durante a Celebração

83 Ao lado do respeito com o ambiente e as coisas que pegamos,

84 não podemos esquecer das pessoas que estão ao nosso redor,

85 as quais celebram conosco e devem ser tratadas com respeito e muita atenção também,

86 não se esquecendo de uma coisa muito importante:

87 Todos nós devemos sair da missa melhor do que quando entramos,

88 e para isso é necessário participar bem,

89 o que depende muito das pessoas que estão servindo naquele momento,

90 as quais devem estar muito bem preparadas

91 e os coroinhas e acólitos desde cedo devem se acostumar a tratar santamente o lugar sagrado e as pessoas, com uma ótima postura, piedade e respeito, de um modo especial durante a Santa Missa quando estiverem no Presbitério.

92 É horrível participar ao lado de pessoas conversando ou desviando a nossa atenção, quanto mais se estiverem em volta do Altar...

93 Por isso, cada um deve saber qual é o seu papel na celebração e estar preparado para realizá-lo com eficácia, daí o pedido de ajuda e tirar as dúvidas antes de entrar.

94 É de mau gosto ficar cochichando ou gesticulando durante a celebração, o que deve ser evitado, assim como conversas, risos ou brincadeiras...

95 Tudo deve expressar uma perfeita harmonia, o máximo que for possível, por isso, além de um preparo adequado para cada um saber a sua função, sem se atrasar,

96 é de bom agrado também estar sempre asseado, limpo, cabelos penteados, calçados e roupas bem arrumadas...

97 E para completar, acompanhar a celebração com os gestos e posições necessárias, isto é, quando canta, cantar junto, quando reza, rezar junto, quando senta, sentar junto, quando faz silêncio, silenciar junto, e assim por diante...

98 O entusiasmo e a participação da assembléia, do povo em geral, dependem muito dos dirigentes e daqueles que estão servindo, daí a nossa responsabilidade...

99 Assim como os gestos expressam as vezes muito mais do que as palavras, quando bem organizado, transmitem bem estar, mas quando desorganizados, sentados de qualquer jeito, posturas mal colocadas, podem expressar cansaço, desinteresse, pouco caso, mal estar, etc...

100 Após a celebração

101 Tudo o que precisamos fazer após a celebração,

102 depois de sair com respeito, acompanhando a procissão de saída,

103 é recolher aquilo que for necessário,

104 deixando a igreja e/ou o presbitério em ordem...

105 Continuando...

106 Tendo já refletido sobre as funções dentro da igreja, em prol das celebrações, vamos estudar um pouco como deve ser a vida dos coroinhas e acólitos fora da missa, no seu dia a dia.

107 Reuniões

108 Todos os serviços para que sejam bem estruturados,

109 devem ser nutridos por reuniões de formação e orientação,

110 por isso,

111 é pedido que participem das mesmas e demais compromissos assumidos,

112 como também preparação e ensaios se houver,

113 sempre com a pontualidade necessária...

114 Além de chegar no horário, durante a reunião ou outro encontro se for o caso, se pede que

115 seja humilde e preste atenção ao que lhe for ensinado pelas pessoas encarregadas da sua formação,

116 conservando sempre a prontidão em ajudar e servir no que for preciso.

117 Na vida particular

118 Na sua vida particular, em primeiro lugar é necessário crer e amar muito a Jesus e sendo desta forma, gostar de ir à missa, cantar e rezar à vontade nas celebrações, não como um peso, mas como um gesto de amor e serviço, o qual traz uma grande alegria e paz para a sua vida.

119 Somente em lembrar que se não fosse Jesus por nós, estaríamos perdidos, mas porque Ele vive eu posso crer no amanhã, ou seja, numa vida após a morte, dispensa qualquer comentário ou questionamento...

120 Ao refletir seriamente sobre tudo o que Jesus fez por nós, sobre o seu Mistério Pascal, desde o calvário até a Ressurreição,

121 o nosso amor por Ele vai aumentando e consequentemente o gosto de ir à missa

122 e em conhecê-lo cada vez mais...

123 Sendo desta forma, crescendo o amor por Jesus, cresce também

124 a dedicação ao estudo da liturgia para celebrar cada vez melhor,

125 a vida de oração diária,

126 o contato com a Palavra de Deus, o que deve-se acostumar a

127 ler, a cada dia, um trecho da Bíblia,

128 a missa dominical,

129 o comportar-se com respeito, alegria e atenção na igreja,

130 o ser bom exemplo para as outras crianças e jovens

131 e a educação com relação aos colegas e a todas as pessoas da comunidade...

132 Os pais, os formadores e a comunidade

133 Como podemos notar, todos nós gostaríamos de ter crianças e jovens exemplares, bem organizados, sempre dispostos a servir, bem comportados, e assim por diante...

134 É lógico que eles não nascem prontos, precisam ir sendo formados,

135 e essa formação acontece no decorrer do tempo,

136 mas depende quase na sua totalidade de nós, adultos,

137 em primeiro lugar dos pais,

138 depois dos formadores,

139 e de certa forma também de toda comunidade que deverá saber acolher e rezar por eles...

140 De qualquer forma, o que vai falar mais alto, e isso é responsabilidade de todos nós, mas dos pais em primeiro lugar, é o

141 testemunho de vida...

142 A participação ativa da vida da comunidade,

143 a vida de oração,

144 a devoção a Maria, aos santos, rezar pelas almas,

145 o contato com a Palavra de Deus,

146 o serviço à comunidade,

147 as obras de caridade...

148 O acompanhamento da família, o incentivo, a colaboração, o chamar a atenção quando for necessário: é i ii indispensável...

149 Finalizando

150 Acredito ter ajudado um pouco com esta reflexão, de certa forma temos muito que aprender,

151 mas isso, se vai encaixando no decorrer do tempo,

152 basta estarmos sempre a caminho e

153 nunca desanimar...

154 Por último fica uma pergunta, que cada um deverá responder no decorrer da caminhada:

155 Você quer ser feliz?

156 A verdadeira felicidade somente é encontrada através do serviço prestado ao próximo, o amor colocado em cada gesto e a doação de vida a exemplo de Jesus e Maria que passaram por este mundo fazendo o bem...

157 Para isso, nunca deixe de rezar para o Espírito Santo!

158 OBRIGADO, SENHOR


Carregar ppt "LIGAR O SOM E DEIXAR CAMINHAR SOZINHO... Olá, esta apresentação tem como objetivo principal."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google