A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Profº André Augusto Contabilidade Geral I 1º Período.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Profº André Augusto Contabilidade Geral I 1º Período."— Transcrição da apresentação:

1 Profº André Augusto Contabilidade Geral I 1º Período

2 Apresentação Pessoal

3 Profº: André Augusto

4 PEQUENAS REGRAS

5 OBJETIVOS DA DISCIPLINA Levar aos alunos à reflexão sobre o papel da contabilidade nas organizações e sua importância para os mais diversos usuários. Os administradores como peça principal na condução da empresa para gerar resultados, devem ter bons conhecimentos na área contábil, visto que os atos e fatos administrativos são registrados e controlados pela Contabilidade.

6 1 - Conceitos Fundamentais; 2 - Os órgãos reguladores e o Empresariado; 3 - Princípios de Contabilidade; 4- Estática Patrimonial; 5 - Demonstrações Contábeis EMENTA DA DISCIPLINA

7 BIBLIOGRAFIA BÁSICA 1 - VICENCOTI; Silvério Das Neves. Contabilidade Básica - 15ª Ed. Editora Saraiva. 2 - MARION, José Carlos. Contabilidade Básica. 10 edição. São Paulo: Atlas, FERRARI, Ed Luiz. Contabilidade Geral. 4ª ed. Rio de Janeiro: Impetus, MARION, José Carlos. Contabilidade Empresarial. 8ª ed. São Paulo: Atlas, IUDICIBUS, Sergio; MARION, José Carlos, Manual de contabilidade para não contadores. São Paulo: Atlas, 2000

8 INFORMAÇÕES 1 – CARGA HORÁRIA : 40H 2 – AULA: 6ª Feira: 20:30 às 21:50hs

9 1 – AVALIAÇÕES A1: 04 de Outubro/13 A2: 22 de Novembro/13 A3: 06 de Dezembro/13 2 – MÉTODO DE AVALIAÇÃO A1 e A2 PROVA: 07 Pontos + TRABALHO: 03 Pontos A3 PROVA: 10 pontos. CALENDÁRIO ACADÊMICO

10 TRABALHO Data de entrega do TRABALHO NÃO será alterada ! ! Se o aluno NÃO entregar o trabalho na data estipulada, ficará sem os pontos do mesmo !

11 DICA...

12 PENSAMENTO....

13 Aula 02 Assuntos: Objetivo, objeto e campo de atuação da contabilidade; Usuários; Finalidades; Técnicas Contábeis.

14 CONCEITO DE CONTABILIDADE A Contabilidade é o processo cujas metas são registrar, resumir, classificar e comunicar as informações financeiras.

15 A contabilidade é Ciência Social pois é a ação humana que gera e modifica o fenômeno patrimonial (Marion) CONCEITO DE CONTABILIDADE

16 É uma ciência social que estuda e pratica as funções de controle permanente e eficiente da gestão do Patrimônio de uma entidade; Tem por finalidade fornecer aos usuários, internos e externos, o máximo de informações úteis sobre aspectos de natureza econômica, financeira e física do Patrimônio e suas mutações. Isso compreende registros, demonstrações, análises, diagnósticos e prognósticos expressos sob a forma de relatos, pareceres, tabelas, planilhas e outros meios que possam auxiliar a tomada de decisões. É aplicável as pessoas físicas ou jurídicas, independente da finalidade ou atividade destas. No entanto, na prática, ela é voltada mais para empresas, principalmente pelas exigências da legislação comercial e fiscal. CONCEITO DE CONTABILIDADE

17 Contabilidade: é um instrumento da função administrativa que tem por finalidade controlar o patrimônio, apurar o resultado e prestar informações sobre o patrimônio das empresas. É uma Ciência Social Aplicada e não uma Técnica. CONCEITO DE CONTABILIDADE

18 Objeto da Contabilidade: é o patrimônio das empresas (entidades) Patrimônio: é o conjunto de elementos necessários à existência de uma entidade (empresa), ou seja, é o conjunto de bens, direitos e obrigações. Funções da Contabilidade: Administrativa: objetiva controlar o patrimônio das entidades e prestar informações; Econômica: objetiva apurar o Resultado da Companhia (Lucro ou Prejuízo). CONCEITO DE CONTABILIDADE

19 Aziendas: são entidades econômico-administrativas (pessoas físicas ou jurídicas) que para atingirem seu objetivo, seja ele econômico ou social, utilizam bens patrimoniais e necessitam de um órgão administrativo que pratique atos de natureza econômica necessários a seus fins. Os elementos constitutivos das aziendas são: pessoas e bens. Campo de Aplicação da Contabilidade: as Aziendas CONCEITO DE CONTABILIDADE

20 Introdução a Contabilidade A contabilidade é a ciência social aplicada que estuda, controla e interpreta os fatos ocorridos no patrimônio das entidades, mediante o registro, a demonstração expositiva e a revelação desses fatos, com o fim de oferecer informações sobre a composição do patrimônio, suas variações e o resultado econômico decorrente da gestão da riqueza patrimonial.

21 Segundo o Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (Ibracon), a contabilidade é, objetivamente, um sistema de informação e avaliação destinado a prover seus usuários de demonstrações e análises de natureza econômica, financeira, física e de produtividade, com relação à entidade objeto de contabilização. Introdução a Contabilidade

22 Em geral, os usuários da informação contábil enquadram-se em duas categorias. Os gestores internos, que usam a informação para o planejamento, controle e tomada de decisões não rotineiras, assim como para a formulação de políticas e planos de longo prazo; e Usuários externos, como investidores, fornecedores, bancos e autoridades governamentais, que usam as informações para tomar decisões a respeito da empresa, no tocante a investimentos, empréstimos e regulamentações. Introdução a Contabilidade

23 USUÁRIOS ALTA ADMINISTRAÇÃO GESTORES COLABORADORES CREDORESGOVERNO INVESTIDORES E ACIONISTAS CLIENTES

24

25 Informações produzidas pela contabilidade

26 Técnicas Contábeis Assim, observa-se que a contabilidade registra fatos contábeis, aqueles que provocam alterações patrimoniais, e demonstra e revela esses fatos, fornecendo informações. Para a realização dessas tarefas, a contabilidade lança mão de quatro técnicas, dispostas a seguir:

27 Técnicas Contábeis Escrituração Demonstrações Análise das Demonstrações Auditoria

28 Escrituração (tarefa de registro): Consiste em registrar nos livros e sistemas todos os fatos contábeis que ocorrem na rotina das entidades. Só é possível controlar aquilo que está registrado. Técnicas Contábeis

29 Demonstrações (tarefa de demonstração e revelação de fatos): Proporciona informação útil acerca da posição patrimonial e financeira, do desempenho e dos fluxos de caixa da entidade, de modo a orientar um grande número de usuários em suas avaliações e tomada de decisões econômicas. As DC´s também objetivam apresentar os resultados da atuação da administração na gestão da entidade e sua capacitação na prestação de contas quanto aos recursos que lhe foram confiados. Ex.: Balanço patrimonial, a DRE, a DFC, a DVA, etc. Técnicas Contábeis

30 Análise das demonstrações (análise econômica, financeira, física e de produtividade): É o exame e a interpretação dos dados contidos nas demonstrações financeiras, com o fim de transformar esses dados em informações diversas sobre a situação da entidade. Técnicas Contábeis

31 Auditoria (tarefa de fornecimento de informações por meio de opinião externa à entidade): Tem por objetivo a revisão, perícia, intervenção ou exame de contas de toda uma escrita, periódica ou constante, eventual ou definitiva, objetivando-se determinar se tal escrita obedece aos princípios contábeis geralmente aceitos e se cumpre os preceitos legais traçados para cada caso específico, bem como se está baseada em documentos idôneos (Neves; Viceconti, 2004). Técnicas Contábeis

32 Contabilidade x Técnica Há uma técnica intrínseca ao seu processamento. A contabilidade deve constantemente adequar- se às mudanças do meio econômico. Contabilidade é uma técnica? R: Não, mas faz uso de aspectos técnicos.

33 Técnica: Processo ordenado, segundo regras, de qualquer atividade humana, denotando habilidade ou destreza tanto para o necessário (produzir coisas) quanto para o belo (tornar visível uma idéia). Indica o formal, o como fazer. (Schmidt, Paulo. Fundamentos da Teoria da Contabilidade). Aspectos Técnicos Contábeis: Escrituração Demonstrações Auditoria Análise Contabilidade x Técnica

34 Ciência: Conjunto de atitudes e atividades racionais, dirigidos ao sistemático conhecimento com objetivo limitado, capaz de ser submetido à verificação. Permanente construção de hipóteses e cotejo com a realidade. Contempla aspectos de conteúdo e operacionais. (Trujillo Ferrari, A.. A metodologia da pesquisa científica) Contabilidade é uma ciência? Sim. Ciência Factual Social. Contabilidade x Ciência Social


Carregar ppt "Profº André Augusto Contabilidade Geral I 1º Período."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google