A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O que a ecologia estuda? A Ecologia é um campo de estudo muito amplo. E todas as informações nos ajudam a melhorar o ambiente em que vivemos, diminuindo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O que a ecologia estuda? A Ecologia é um campo de estudo muito amplo. E todas as informações nos ajudam a melhorar o ambiente em que vivemos, diminuindo."— Transcrição da apresentação:

1

2 O que a ecologia estuda? A Ecologia é um campo de estudo muito amplo. E todas as informações nos ajudam a melhorar o ambiente em que vivemos, diminuindo a poluição, conservando os recursos naturais e protegendo nossa saúde e a das gerações futuras. Resumindo: Ecologia é a ciência que estuda as relações dos seres vivos entre si e com o ambiente. E em nossa aula de hoje veremos alguns termos que são utilizados na Ecologia. INTRODUÇÃO

3 Indivíduos de uma mesma espécie que vivem em determinada região formam uma população. Por exemplo: as onças do pantanal formam uma população. As capivaras também podem ser encontradas no pantanal, mas fazem parte de outra população, já que são de outra espécie. Às vezes a população pode aumentar muito, por exemplo, em meados do século XIX, alguns coelhos selvagens foram levados da Inglaterra para a Austrália, para serem usados nas caçadas. Na Europa, as populações de coelhos eram naturalmente controladas por diversos predadores e parasitas. Na Austrália, porém não existiam tantas espécies que atacavam coelhos. O resultado é que esse animal se reproduziu rapidamente chegando a atingir mais de 200 milhões de indivíduos, que passaram a destruir as plantações e as pastagens da Austrália. Isso mostra o perigo de se introduzir num novo ambiente um organismo não nativo. Esta é mais uma das questões que a ecologia estuda: "O que faz o número de indivíduos de uma população aumentar, diminuir ou permanecer constante?". 1º Termo Ecológico: População

4 Comunidade 2º Termo Ecológico: Na figura abaixo, podemos perceber que no mar existem diversos animais e vários tipos de plantas. E há também seres muito pequenos - tão pequenos que só podem ser vistos com aparelhos especiais como os microscópios, que possuem lentes especiais que ampliam a imagem dos seres observados. Se colocarmos uma gota da água do mar no microscópio, veremos um número imenso desses pequenos seres vivos. Pense quantos organismos diferentes podem ser encontrados num jardim: grama, roseiras, minhocas, borboletas, besouros, formigas, caracóis, sabiás, lagartixas... Todos os seres vivos de determinado lugar e que mantêm relações entre si formam uma comunidade. A comunidade do mar abaixo é composta por peixes, algas, plantas, os seres microscópios, enfim todas as populações lá existentes.

5 Ecossistema 3º Termo Ecológico: É o conjunto dos relacionamentos que a fauna, flora, microorganismos (fatores bióticos) e o ambiente, composto pelos elementos solo, água e atmosfera (fatores abióticos) mantém entre si. Todos os elementos que compõem o ecossistema se relacionam com equilíbrio e harmonia e estão ligados entre si. A alteração de um único elemento causa modificações em todo o sistema podendo ocorrer a perda do equilíbrio existente. Se por exemplo, uma grande área com mata nativa de determinada região for substituída pelo cultivo de um único tipo de vegetal, pode-se comprometer a cadeia alimentar dos animais que se alimentam de plantas, bem como daqueles que se alimentam destes animais. A delimitação do ecossistema depende do nível de detalhamento do estudo. Por exemplo, se quisermos estudar o ecossistema de um canteiro do jardim ou do ecossistema presente dentro de uma planta como a bromélia. Canteiro de jardim Ou A bromélia

6 Biosfera 4º Termo Ecológico: Ainda não temos conhecimento da existência de outro lugar no Universo, atém da Terra, onde aconteça o fenômeno a que chamamos de vida. A vida na Terra é possível porque a luz do Sol chega até aqui. Graças a sua posição em relação ao Sol, o nosso planeta recebe uma quantidade de energia solar que permite a existência da água em estado líquido, e não apenas em estado sólido (gelo) ou gasoso (vapor). A água é essencial aos organismos vivos. A presença de água possibilita a vida das plantas e de outros seres capazes de produzir alimento a partir da energia solar e permite também, indiretamente, a sobrevivência de todos os outros seres vivos que se alimentam de plantas ou animais. Pela fotossíntese que há a absorção de água e gás carbônico e liberação de oxigênio, a energia do Sol é transformada em um tipo de energia presente nos açucares, que pode então ser aproveitada por seres que realizam esse processo e por outros seres a eles relacionados na busca por alimento. A Terra pode ser dividida assim: Litosfera - a parte sólida formada a partir das rochas; Hidrosfera - conjunto total de água do planeta (seus rios, lagos, oceanos); Atmosfera - a camada de ar que envolve o planeta; Biosfera - as regiões habitadas do planeta.

7 Biosfera é o conjunto de todos os ecossistemas da Terra. É um conceito da Ecologia, relacionado com os conceitos de litosfera, hidrosfera e atmosfera. Incluem-se na biosfera todos os organismos vivos que vivem no planeta, embora o conceito seja geralmente alargado para incluir também os seus habitats. A biosfera inclui todos os ecossistemas que estão presentes desde as altas montanhas (até m de altura) até o fundo do mar (até cerca de m de profundidade). Nesse diferentes locais, as condições ambientais também variam. Assim, a seleção natural atua de modo diversificado sobre os seres vivos em cada região. Sob grandes profundidades no mar, por exemplo, só sobrevivem seres adaptados à grande pressão que a água exerce sobre eles e a baixa (ou ausente) luminosidade. Já nas grandes altitudes montanhosas, sobrevivem seres adaptados a baixas temperaturas e ao ar rarefeito. Na biosfera, portanto, o ar, a água, o solo, a luz são fatores diretamente relacionados à vida.

8 Cadeia Alimentar A cadeia alimentar é uma sequêncianismos que mostra quem se alimenta de quem. Por exemplo: O ser humano ao comer um bife, está mastigando a carne de um boi que se alimentou de capim. O capim obtém a energia para crescer a partir da luz do Sol, em um processo chamado fotossíntese, e por este motivo é chamado de produtor. Já os organismos não clorofilados são chamados de consumidores. Olhe o esquema abaixo: Produtores Consumidores primários Consumidores secundários Capim Boi Ser humano

9 Exemplo de Cadeia Alimentar:

10 A Teia Alimentar Na natureza, alguns seres podem ocupar vários papéis em diferentes cadeias alimentares. Quando comemos uma maçã, por exemplo, ocupamos o papel de consumidores primários. Já ao comer um bife, somos consumidores secundários, pois o boi, que come o capim, é consumidor primário. Muitos outros animais também têm alimentação variada. Um organismo pode se alimentar de diferentes seres vivos, além de servir de alimento para diversos outros. O resultado é que as cadeias alimentares se cruzam na natureza, formando o que chamamos de teia alimentar. Nas teias alimentares, um mesmo animal pode ocupar papéis diferentes, dependendo da cadeia envolvida. Na teia representada no esquema abaixo (siga as setas) o gavião ocupa tanto o papel de consumidor secundário quanto terciário.

11 (Produtores) (Consumidor primário) (Consumidor secundário) Plantas, frutos e sementes Pica-Pau Gavião ou (Produtores) (Consumidor primário) (Consumidor secundário) (Consumidor terciário) Plantas, frutos e sementes Pica-Pau Sucuri Gavião

12 As plantas nunca mudam o seu papel: são sempre produtores. E todos os produtores e consumidores, estão ligados aos decompositores, que permitem a reciclagem da matéria orgânica no ambiente.

13 CADEIA ALIMENTAR 01 Entre nesse link e aprenda se divertido! CADEIA ALIMENTAR 02


Carregar ppt "O que a ecologia estuda? A Ecologia é um campo de estudo muito amplo. E todas as informações nos ajudam a melhorar o ambiente em que vivemos, diminuindo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google