A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONHECIMENTO, INOVAÇÃO E PERENIZAÇÃO DAS EMPRESAS Marcelo de Matos 64º Congresso Anual Belo Horizonte 13 a 17 de julho de 2009 De Matos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONHECIMENTO, INOVAÇÃO E PERENIZAÇÃO DAS EMPRESAS Marcelo de Matos 64º Congresso Anual Belo Horizonte 13 a 17 de julho de 2009 De Matos."— Transcrição da apresentação:

1 CONHECIMENTO, INOVAÇÃO E PERENIZAÇÃO DAS EMPRESAS Marcelo de Matos 64º Congresso Anual Belo Horizonte 13 a 17 de julho de 2009 De Matos Consultoria Ltda.

2 AS GRANDES REVOLUÇÕES INDUSTRIAIS NOS ÚLTIMOS 200 ANOS 1ª Revolução Industrial (1780 – 1840) Inglaterra Máquina a Vapor, Indústria Têxtil e Engenharia Mecânica 2ª Revolução Industrial (1840 – 1900) Europa (Inglaterra, França e Alemanha) Ferrovias e Indústria Siderúrgica 3ª Revolução Industrial (1900 – 1950) Estados Unidos Máquinas Elétricas, Produtos Químicos, Automóveis e Bens de Consumo Duráveis 4ª Revolução Industrial (1950 – Presente) Ásia e Califórnia Produtos Sintéticos, Orgânicos e Computadores

3 MUDANÇAS TEMPO REVOLUÇÕES INDUSTRIAIS CLÁSSICAS Medidas em décadas e caracterizadas pelo uso intensivo do capital AS NOVAS REVOLUÇÕES Medidas em anos e caracterizadas pelo uso intensivo do conhecimento CARACTERÍSTICAS DAS REVOLUÇÕES

4 INSUMOS PERDAS PROCESSO CUSTO 1 PRODUTO VALOR 1 CUSTO 3 TRABALHO CUSTO 2 SOCIEDADE INDUSTRIAL

5 TRABALHO CAPITAL EMPRESAMERCADO SOCIEDADE INDUSTRIAL

6 "Os estudos de natureza teórica são de aplicação muito mais imediata do que se imagina" Henri Louis Le Châtelier Químico Francês ( ) "Dinheiro gasto em pesquisa industrial apropriadamente dirigida, realizada sob princípios científicos, certamente traz às empresas um retorno muito generoso" J.J. Carty, AT&T, 1916 (Primeiro Presidente dos Laboratórios Bell, AT&T)

7 VALOR POTENCIAL DE VALORES GERAÇÃO DE RIQUEZAS CAPITALINFORMAÇÃO CONHECIMENTOTRABALHO CT&I EMPRESA MERCADO EVOLUÇÃO NOS ÚLTIMOS 200 ANOS

8 CAPITAL INFORMAÇÃO VALOR C,T&I EMPRESA MERCADO TRABALHO ARRANJO INSTÁVEL – O PROBLEMA CONHECIMENTO

9 NOVA VISÃO DOS ELEMENTOS DE UM PROCESSO

10 INSUMOS PERDAS CUSTO 2 PROCESSO CUSTO 1 PRODUTO VALOR 1 LADO DO CAPITAL

11 LADO DO TRABALHO PROCESSO PRODUTO TRABALHO ?

12 INSUMOS PRODUTO PROCESSO PROPRIEDADES CARACTERÍSTICAS ESTRUTURAS PROPRIEDADES CARACTERÍSTICAS ESTRUTURAS CONHECIMENTO LADO DO CONHECIMENTO

13 VPVP =QKQK + Q C + Q T QCQC QKQK = 1 + VPVP QKQK =P QTQT QKQK + P = Razão de Produtividade Fator Tecnologia PRINCÍPIO DE CONSERVAÇÃO

14 A NATUREZA DUAL DO TRABALHO O TRABALHO COMO CAPITAL QCQC QKQK = 1 + VPVP QKQK =P QTQT QKQK + O TRABALHO COMO CONHECIMENTO QCQC QKQK = 1 + VPVP QKQK =P

15 CÁLCULO DAS PORCENTAGENS I = 1; C I = 2; T I = 3; K

16 RAZÃO DE PRODUTIVIDADE, CAPITAL, TRABALHO E CONHECIMENTO

17 RAZÃO DE PRODUTIVIDADE, CAPITAL E CONHECIMENTO

18 COMPETIÇÃO

19 AS RELAÇÕES DE FUNCIONALIDADE P= f 1 (% Conhecimento) Lucro = f 2 (P) Lucro = f 3 (% Conhecimento)

20 SIDERURGIA E METALURGIA 2006

21

22

23

24

25 CAPITAL EQUIVALENTE DO CONHECIMENTO SIDERURGIA E METALURGIA 2006

26 MINERAÇÃO 2006

27

28 QUÍMICA E PETROQUÍMICA 2006

29 METAL MECÂNICO 2006

30 "Sem o conhecimento não há produtividade, não há competitividade" William Edwards Deming Estatístico Americano ( )

31 PROPOSTA/PROVOCAÇÃO

32 PLANO 1 PLANO 2 ÁREAS DE CAPITAL EQUIVALENTE DO CONHECIMENTO Z X Y CORPO DO CONHECIMENTO PESQUISA E INOVAÇÃO

33 GENRICH ALTSHULLER PATENTESPATENTES INOVAÇÕES INVENÇÕES 40

34 PROPORÇÕES NAS INOVAÇÕES E O CONHECIMENTO

35 MÉTODO PARA C e K

36 MÉTODO PARA C, K e T

37 OS QUADRANTES DA PESQUISA RISCO GANHO PÉROLAOSTRA FEIJÃO COM ARROZ ELEFANTE BRANCO

38 RISCO INCREMENTO NA RECEITA LÍQUIDA RAZÃO DE GANHO ANO DO INVESTIMENTO TAXA DE RETORNO ANO DE INÍCIO DA AVALIAÇÃO INVESTIMENTO MÁXIMO EM PD & I CÁLCULO DO INVESTIMENTO EM PD&I

39 1950 CARGA TERMICAMENTE TRATADA INJEÇÃO DE FINOS SECAGEM DO AR AUMENTO DA TEMPERATURA DE SOPRO NOVOS PERFIS MODELAGEM MATEMÁTICA ESTUDOS DE ESCOAMENTO GASOSO CINÉTICA E TERMODINÂMICA DAS REAÇÕES ESTUDOS DE AMOLECIMENTO E FUSÃO PROCESSOCONHECIMENTO 2025 ALTO-FORNO, UM EXEMPLO

40 NOVOS INSUMOS RENDIMENTO NOVOS PROCESSOS PROCESSO HOJE: INOVAÇÕES INCREMENTAIS FUTURO: INOVAÇÃO DE RUPTURA DESCARTE RECUPERAÇÃO DE VALORES MEIO AMBIENTE NOVOS PRODUTOS COMPETITIVIDADE CONHECIMENTO LUCRO POR QUE O CONHECIMENTO?

41 PERENIZAÇÃO DE UMA EMPRESA SATURAÇÃO DO CONHECIMENTO E/OU DA TECNOLOGIA IOIO RL 0 TEMPO R$ RL

42 O capital e o trabalho são quantidades finitas e consumidas nos processos produtivos. O conhecimento, por seu turno, só é usado, não tem assíntota no tempo e é essencial tanto às inovações quanto à geração do lucro. Assim, pode-se afirmar, sem medo, que: o conhecimento é o único fator de perenização das empresas. PARA GUARDAR E LEMBRAR


Carregar ppt "CONHECIMENTO, INOVAÇÃO E PERENIZAÇÃO DAS EMPRESAS Marcelo de Matos 64º Congresso Anual Belo Horizonte 13 a 17 de julho de 2009 De Matos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google