A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Sistema de Gestão da Qualidade Reunião de Análise Crítica NOV-DEZ/2011 FEV/MAR/2012 Departamento de Gestão de Suprimentos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Sistema de Gestão da Qualidade Reunião de Análise Crítica NOV-DEZ/2011 FEV/MAR/2012 Departamento de Gestão de Suprimentos."— Transcrição da apresentação:

1 O Sistema de Gestão da Qualidade Reunião de Análise Crítica NOV-DEZ/2011 FEV/MAR/2012 Departamento de Gestão de Suprimentos

2 O ORGANOGRAMA

3 Nossa Missão Suprir as necessidades de bens e serviços contribuindo para o desenvolvimento, crescimento e o alcance dos objetivos empresariais

4 Nossa Visão Ser, até 2020, o órgão padrão de excelência no suprimento de bens e serviços entre as empresas Eletrobrás

5 Buscar a satisfação dos nossos Clientes no suprimento das necessidades de bens e serviços e a melhoria contínua dos nossos processos, por meio do desenvolvimento dos nossos colaboradores e fornecedores, atendimento aos requisitos legais, de qualidade, de prazo, de custos, de controle e inovação dos processos.

6 A Alta Direção deve analisar criticamente o Sistema de Gestão da Qualidade, a intervalos planejados, para assegurar sua contínua pertinência, adequação e eficácia. Essa análise crítica deve incluir: a avaliação de oportunidades para melhoria e a avaliação de oportunidades para melhoria e necessidade de mudanças do Sistema de Gestão da Qualidade, incluindo a Política da Qualidade e Objetivos da Qualidade. necessidade de mudanças do Sistema de Gestão da Qualidade, incluindo a Política da Qualidade e Objetivos da Qualidade. Objetivo da Reunião

7 AGENDA DA REUNIÃO 1. - Abertura – RD - 10 min 2. - Resultados de Auditorias Internas – RD - 10 min Resultados de Auditorias Externas – RD – 10 min Realimentação do cliente – DVAQ/SEQAL - 15 min Situação das ações preventivas e corretivas - DVAQ/SEQAL - 10 min Ações de acompanhamento das análises críticas anteriores - DVAQ/SEQAL - 10 min Mudanças que afetaram o sistema da qualidade - DVAQ/SEQAL - 10 min Recomendações para melhorias - DVAQ/SEQAL - 10 min Indicadores da Qualidade DVAQ/SETAM - 15 min Indicadores da Qualidade DVAQ/SEQAL - 15 min Indicadores da Qualidade DVLC/SECON E SECEX - 15 min Indicadores da Qualidade DGCC – SECAF/SEGEO/SESTI – 15mim 13. – Encerramento - RD - 10 min.

8 DVAQ - DVLC - DGCC 1. Abertura Reunião de Análise Crítica DGS

9 2.Resultados de Auditorias Internas DGS Constatado que os indicadores do SEQAL e DVLC não puderam ser determinados por falta de fonte de coleta de dados no Sistema SIG. Incompatibilidade no período entre as reuniões descrito no procedimento da reunião de análise críticae a execução das reuniões. Evidenciamos a falta de plano de ação para o alcance da visão do Departamento de Gestão de Suprimentos.

10 3.Resultados de Auditorias Externas DGS Setores Auditados: SEQAL e Alta Direção DGI/TI, SECAF, SEGEO, SESTI, SETAM, SECON, DGP Não Conformidade: Não foi verificado na pauta de reunião de análise crítica os dados de entrada conforme pede o item

11 4. Realimentação do cliente (críticas, sugestões, pesquisa, etc.) - Ver pesquisa 2010 disponível na intranet, eletrosul, site do DGS. 1.html - Até a data desta reunião não houve reclamações, sugestões por parte de nossos clientes.

12 5. Situação das ações preventivas e corretivas Todos os ROI abertos em 2011 foram finalizados. Até a presente data não houve abertura de ROI.

13 6. Ações de acompanhamento das análises críticas anteriores. DescriçãoPrazoResponsávelTipo Projeto visão /07/2011DGS Elaboração de plano de ação Elaboração dos ROI pelos empregados com coordenação e apresentação pela DVAQ contínuogerentes DGSAnálise dos gerentes ROI – aviso de pendências Próxima reunião DVAQ Não recebimento de aviso – já solucionado Apresentação de novo indicador Próxima reunião SESTI Apresentação do indicador do tempo de processamento das licitações com a adequação feita pelo DTL. Próxima reunião DVLC

14 DescriçãoPrazoResponsávelTipo Estudo para definir índice para aproveitamento das licitações no que se refere aos valores propostos. Não definidoDVLC Licitações fracassadas Próxima reunião Todos Inclusão de nota sobre a origem da fórmula de eficiência constante da apresentação da DVLC Próxima reunião DVLC Inclusão de nota na apresentação do SETAM a respeito do Indicador Próxima reunião DVAQ 6. Ações de acompanhamento das análises críticas anteriores.

15 . Mudanças que afetaram o sistema da qualidade Implantação do Sistema SIG – em andamento

16 8. Recomendações para melhorias SEQAL Procedimento SQ-PR , no passo 19 da descrição do processo, a identificação da exigência de inclusão do fornecedor no projeto NBR não é facilmente identificada no sistema no momento da análise critica da requisição. SEGEO Seleção de um indicador que possa representar as atividades do setor e evidenciar a melhoria continua dos seus processos. SECAF Evidenciar o critério de devolução dos documentos no procedimento de cadastramento de fornecedores (SC-PR ) no passo de recebimento da documentação.

17 DVAQ NOV-DEZ/2011 JAN-FEV/2012

18 Indicadores da Qualidade DVAQ/SETAM NOV-DEZ/2011 JAN-FEV/2012

19 A partir da análise dos Indicadores, relatamos o status do SETAM buscando atingir os Objetivos da Qualidade nos meses de Novembro e Dezembro de 2011, Janeiro e Fevereiro de 2012.

20 Índice de atendimento Devido a substituição da forma de cálculo, do indicador e também à problemas relativos ao novo SIG reavaliaremos a necessidade de alteração desta meta.

21 Índice de atendimento IA = n° requisições atendidas nº requisições efetuadas Substituição da forma de cálculo IA = n° itens atendidos nº itens solicitados Indica quão eficaz foi a gestão de estoque para atender às solicitações dos usuários.

22 Gráfico Índice Atendimento

23 ALIENAÇÃO LOCALPREVISÃOREALIZADO DRSC10/201112/2011 DROE10/201112/2011 DRRS11/2011 DRMS11/2011Em Andamento

24 Doações Contrat o ObjetoEntidadeValor NOTEBOOKSCEECAL – Centro de Estudos Espíritas Caminho da Luz R$ 3.000, AMBULÂNCIA Prefeitura Municipal de São José do Cerrito9.543, CadeirasMultiplicando Talentos2.000, COMPUTADORES Escola Municipal de Ensino Fundamental Luiz Biasi R$ 1.200, MÓVEIS DIVERSOS Fundação Médica Assistencial do Trabalhador Rural de São José do Cerrito R$ 1.800, MÓVEIS DIVERSOS Associação de Recicladores Esperança – ARESP R$ 1.400, COMPUTADORES Associação dos Aposentados P. Social e Idosos – S. José -SC R$ 1.200, COMPUTADOR Conselho Tutelar da Criança - Santo Amaro da Imperatriz - SC R$ 300, COMPUTADORESPrefeitura Municipal de Santana do Livramento – Santana do Livramento - RS R$ 1.500, COMPUTADOR APP da Escola de Educação Básica Gama Rosa – São Pedro de Alcântara - SC R$ 300, COMPUTADORES SSP – Brigada Militar – CRPO Missões 14º BPM Coronel Justino R$ 1.500, COMPUTADORES Prefeitura Municipal de Telêmaco Borba - PR R$ 600, POLTRONAS DE AUDITÓRIO E 10 COMPUTADORES Seara Espírita Entreposto da Fé – SEEDE (Poltronas Auditório Sertão) R$ 1.200, GRUPO MOTO- GERADORAssociação Couto de Magalhães de Preservação da Ilha do Campeche R$ 7.500, POLTRONASCentro de Assistência e Desenvolvimento Integral - CADI R$ 2.000, TRANSFORMADOR DE CORRENTECEPEL - Centro de Pesquisas de Energia Elétrica R$ 1.000, Fiat DobloPrefeitura Municipal de Santa Rosa de Lima R$ , Parati 1.6Programa de Resgate e Prevenção a Drogas R$ , Fiat DobloPrefeitura Municipal de Sant'Ana do Livramento R$ ,00

25 DOAÇÕES Parati 1.8Prefeitura Municipal de Rio Fortuna R$ , Parati 1.8Prefeitura Municipal de Campo Belo do Sul R$ , Parati 1.8Prefeitura Municipal de Ipuaçu R$ , Palio WeekendPrefeitura Municipal de Chuí R$ , APARELHO DE AR CONDICIONADOEscola Municipal de Ensino Fundamental Santa Cruz R$ 400, COMPUTADORESComunidade Educativa do CAIC – Professora Nair da Silva Gris R$ 3.000, COMPUTADORES Organização Nosso Lixo R$ 600, COMPUTADORES Plantão de Atendimento Inicial – PAI R$ 1.500, COMPUTADORES Obras de Assistência Social Dom Orione de Capoeiras R$ 3.000, COMPUTADORES Escola de Educação Básica Jurema Cavallazzi R$ 900, COMPUTADORES Escola General José Vieira da Rosa R$ 900, COMPUTADORES Associação Caminhos para a Vida R$ 600, COMPUTADORES Movimento Assistencial Nova Santa Rita – MANSARI R$ 600, COMPUTADORES Associação Beneficente Arne Jonhsson de Xanxerê R$ 1.500, COMPUTADORES Associação de Pais dos Alunos da Casa Familiar Rural de São José do Cerrito R$ 3.000, COMPUTADORES E MÓVEIS DIVERSOS Associação dos Moradores da Vila Aparecida R$ 4.220,00 TOTAL35 R$ ,00

26 NOVDEZJANFEV -GESTAO INTEGRADA DE RISCO -NOVO PLANO DE CONTAS DA ELETROSUL 07/11/11 SGD - COMPETÊNCIAS E FEEDBACK 18/11/2012 Treinamento GRI PARTICIPAÇÕES SETAM NOV-DEZ/2011 E JAN-FEV/2012

27 OBRIGADO Fernando Kampfert RAMAL 7800

28 Indicadores da Qualidade DVAQ/SEQAL Nov/Dez – 2011 Jan/Fev

29 Monitoramento de conformidade % de itens aprovados no recebimento.

30 Indicador Conformidade Novembro 2011 Indicadores ENTRADASNC NOV433 Descrição: COMPONENTE EXTENSOR DE TECLAS OPTIPOINT KEY MODULE CENTRAL PADRÃO SIEMENS Entregue: Entregue o slk module no lugar do key module. Descrição: COMPONENTE TERMINAL DIGITAL OPTIPOINT 500 Entregue: Faltando as fitas de identificação. Descrição: CANETA ESFEROGRÁFICA AZUL Entregue: Cor da tinta da caneta preta.

31 Indicador Conformidade Dezembro 2011 Indicadores ENTRADASNC DEZ661 Descrição: Lâmpada TOP OSRAM P-VIP Entregue: Lâmpada não ligou.

32 Indicador Conformidade Janeiro 2011 Indicadores ENTRADASNC JAN302 Descrição: SISTEMA DE INVERSÃO COMPOSTO DE INVERSORES COM MONITORAMENTO Entregue: Componente avariado na entrega. Descrição: FORNECIMENTO DE LEITE EM PO DESNATADO Entregue: Faltaram 6 kilos.

33 Indicador Conformidade Fevereiro 2011 Indicadores ENTRADASNC FEV256 Descrição: LUVAS TRICOTADAS Entregue: 67%algodão 33%poliester. Descrição: PLAQUETA IDENTIFICAC SINALIZAÇÃO PRATELEIRA ACRILICO AZUL Entregue: Placas 7cmx3cm: caractér 4 falta 2; caractér B falta 1; caractér C falta 1; caractér F sobrou 6. Placas 12cmx8cm: caractér T veio 4 com 7cmx3cm, ao invés de 4 com 12cmx8cm.. Descrição: ESPECTROFOTOMETRO UV/VISIVEL MICROPROCESSADO DIGITAL Entregue: Não recebemos os manuais em português.

34 Indicador Conformidade Fevereiro 2011 Indicadores ENTRADASNC FEV256 Descrição: EQTO AUDIO VISUAL PROJETOR MULTIMÍDIA LCD Entregue: O equipamento apresentou luminosidade baixa. Descrição: COPOS DESCARTÁVEIS Entregue: Copo de 180mL. Descrição: NOTEBOOK PADRÃO CONFORME ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Entregue: A autonomia da carga da bateria é inferior a 5h, conforme o item 20 da especificação técnica.

35 Indicador Conformidade Mostra o comportamento do recebimento nos últimos 12 meses.

36 Indicador de conformidade MêsQtde RecebidaReprovados% fev/ ,00% mar/ ,62% abr/ ,86% mai/ ,62% jun/ ,18% jul/ ,86% ago/ ,00% set/ ,88% out/ ,33% nov/ ,02% dez/ ,48% jan/ ,33% fev/ ,00%

37 Índices SEQAL Valor e quantidade de materiais analisados. Itens 2007Itens 2008Itens 2009Itens 2010Itens 2011Itens 2012 Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez TOTAL Média Mensal65,5873,6739,8350,0051,924,58 Valor Recebido , , , , , ,59 Média R$ /item8008,229460, , , , ,19

38 Análise Critica de Requisição PeriodoNº de RequisiçõesTempo de Processamento out/11371,68 nov/11351,17 dez/11432,30 jan/12460,59 fev/12410,61

39 NOVDEZJANFEV 22 a 24/11 Inventário Anual e Insp. De Arm. ARRS 05/01 Avaliação Industrial Polytech 06 a 08/02 Levantamento implantação Almox. AUPJ Treinamento GRI 31/01 GT Qualidade 01 e 02/02 GT Qualidade Treinamento GRI PARTICIPAÇÕES DVAQ Nov/Dez 2011 Jan/Fev 2012

40 OBRIGADO! Telefone para contato: (48)

41 DVLC Divisão de Licitação e Contratos

42 Foi informado que não houve condições de levantar os indicadores para a DVLC. Foi explicado que os relatórios não separam por modalidade, faltam filtros. Até 31/3 deverá apresentar o tempo médio de contratações. Já foi informado para o DGI e estamos aguardando uma definição. O DGI informou que nossas solicitações estarão contempladas no BI. Todos os relatórios apresentam discrepâncias. Gerente da DVLC sugeriu que a realização da análise crítica das requisições seja transferida para a DVLC. O SEQAL concorda, pois há muitos entendimentos entre a DVLC e os cliente internos, que passam ao largo da DVAQ e não tomamos conhecimento, o que impede de se realizar uma análise crítica mais criteriosa. Ressaltamos porém, que os problemas somente serão transferidos e não resolvidos, pois não há treinamentos para capacitação dos usuários, o que alimenta o ciclo vicioso. Lívia sugere que seja feito uma cartilha ou mesmo um novo encontro de representantes de suprimentos para diminuir os problemas.

43 DGCC Divisão de Gestão de Contratos, Seguros e Cadastro de Fornecedores NOV-DEZ/11 JAN/FEV/2012

44 Métrica do Indicador: razão entre processos analisados em até 10 dias e total de processos com análise concluída A meta a ser atingida é de 90% do total de processos analisados dentro de 10 dias Indicador SECAF

45 Monitoramento: SECAF - Prazo de análise dos processos A partir de março de 2011, os intervalos deste monitoramento foram alterados, devido ao prazo de análise ser de 10 dias.

46 Monitoramento: SECAF - Cadastros Vencidos X Renovados

47 Monitoramento: SECAF - Fornecedores Cadastrados X Registrados

48 Monitoramento: SECAF - Atividades realizadas no mês

49 Monitoramento: CENTRAL DE ATENDIMENTO AO FORNECEDOR O monitoramento do assunto Ocorrências e Penalizações iniciou-se a partir do mês de Março/2011. O monitoramento do assunto Materiais iniciou-se a partir do mês de Maio/2011.

50 Monitoramento: Gestão de Contratos - Prazos de entregas Meta: 60% dos contratos entregues no prazo Métrica: relação entre as entregas no prazo nos últimos doze meses e o total de entregas dos últimos doze meses

51 Monitoramento: SEGEO - Motivos de atrasos de entregas Motivos Total Atraso na execução/ culpa fornecedor Atraso fabricante/ distribuidor Atraso no transporte Atraso na importação Reprovação na inspeção Erro no pedido – entrega incompleta Atraso no treinamento e/ou na instalação Atraso devido a documentação/NF Atraso da Eletrosul Total

52 Contratos gerenciados Termos Aditivos emitidos Rescisão e Termo de Encerramento Atestados emitidos Editais Analisados Ocorrências registradas Advertências emitidas Suspensões emitidas Monitoramento: SEGEO – Atividades realizadas no mês

53 Monitoramento SESTI Notas Fiscais Emitidas x Notas Fiscais efetivamente Seguradas por todas áreas que transportam mercadorias na Eletrosul Meta de Acompanhamento: visa efetuar o acompanhamento das mercadorias efetivamente seguradas e permitir orientar as áreas que eventualmente não estão solicitando a cobertura securitária de mercadorias que efetivamente deveriam ser seguradas.

54 Diagnóstico Das NF emitidas sem seguro foram constatados as seguintes situações: Foram enviados para os emitentes de NF acima de R$ 1.000,00 sem seguro para orientações sobre o assunto

55 NOVDEZJANFEV Encontro de suprimentos da Eletronorte Reunião GT Gestão de Fornecedores – Eletrosul Videoconferência GRI Reunião Comissão Megawatt Treinamento GRI Reunião Relatório GRI Treinamento Relatório GRI Reunião PPP Apresentação Pesquisa Fornecedores Reunião Comissão Megawatt Curso Excel avançadoReunião Comissão Megawatt Reunião Comissão Penalização PARTICIPAÇÕES SECAF EM NOV-DEZ/11 E JAN-FEV/2012

56 NOVDEZJANFEV Participação Treinamento novo Plano de Contas Apresentação resultado Pesquisa Necessidades e Expectativas Fornecedores Visita técnica Celesc Encontro de Suprimentos da Eletronorte Reunião GT Gestão de Fornecedores – Eletrosul Visita técnica Tractebel Apresentação resultado Pesquisa Gestão de Contratos Reuniões com AJU desenvolvimento nova NG Treinamento Legislação Trabalhista Reunião GT Banco de Preços – Eletrosul Reunião DGI – Sistema de Notificação a Fornecedores Contratados PARTICIPAÇÕES SEGEO EM NOV-DEZ/11 E JAN-FEV/2012

57 Obrigado Responsável: Sadi Luiz Schoeler e equipe DGCC Telefone para contato: (48)


Carregar ppt "O Sistema de Gestão da Qualidade Reunião de Análise Crítica NOV-DEZ/2011 FEV/MAR/2012 Departamento de Gestão de Suprimentos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google