A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Definição da forma de produção Argamassa preparada na obra Disponibilidade de espaço (altos estoques de materiais) Proteção contra intempéries Mais equipamentos:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Definição da forma de produção Argamassa preparada na obra Disponibilidade de espaço (altos estoques de materiais) Proteção contra intempéries Mais equipamentos:"— Transcrição da apresentação:

1 Definição da forma de produção Argamassa preparada na obra Disponibilidade de espaço (altos estoques de materiais) Proteção contra intempéries Mais equipamentos: peneiradores, dosadores, misturadores, caçambas, carrinhos de mão, jericas, Mais mão de obra disponível Argamassas industrializadas: Proteção da sacaria Misturador menor, transportado até o pavimento Menor quantidade de mão de obra Custo mais elevado que o da preparada em obra Maior controle da produção (melhor massa)

2 Definição da forma de produção Argamassas dosada em central Menor quantidade de mão de obra Custo mais elevado que o da preparada em obra Maior controle da produção (melhor massa) Volume maior de produção, que justifica compra da argamassa dosada.

3 Argamassas Especiais ARGAMASSA DECORATIVA ARGAMASSA PARA RECUPERAÇÃO DE REJUNTAMENTOS REJUNTE AUTONIVELANTE ARGAMASSA COLANTE PISO SOBRE PISO ARGAMASSA ESTRUTURAL ARGAMASSA PARA ENCUNHAMENTO ARGAMASSA DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA GROUT ARGAMASSA BOMBEADA / PROJETADA

4 Argamassa Decorativas São argamassas coloridas do tipo mono-camada, funcionando ao mesmo tempo como chapisco, reboco e revestimento final de superfícies de concreto ou alvenaria. Podem ser aplicadas mecanicamente ou manualmente, apresentando diversas texturas, em função da composição granulométrica, da habilidade do aplicador e do ferramental.

5 Argamassas para recuperação de rejuntamentos São rejuntes coloridos especiais, de elevada aderência, fluidez, flexibilidade e tixotropia, indicados para a aplicação sobre rejuntamentos envelhecidos ou que apresentem problemas de manchas, trincas e fissuras, favorecendo a infiltração de umidade Utiliza-se também para a troca de cor do rejunte.

6 Rejunte Autonivelante Rejunte composto de cimento, pigmentos, cargas minerais, aditivos superplastificantes, impermeabilizantes, dispersantes, fungicidas (anti- mofo), algicidas(anti- limo), e modificado pela adição de polímeros vinil- acrílicos que conferem flexibilidade, aderência e impermeabilidade. Indicado para o rejuntamento de revestimentos cerâmicos ou de pedras ornamentais em pisos, especialmente para juntas inferiores a 3mm. Rejunte convencional Rejunte Autonivelante

7 Argamassa colante piso sobre piso Argamassa colante de alta performance, rica em polímeros, ideal para o assentamento de cerâmicas ou pedras naturais, sobre revestimentos de cerâmicas ou pedras naturais. Tipo: AC III-E (Flexível, bicomponente, normalmente para pisos industriais. É aplicada sobre o substrato cerâmico previamente testado e lavado. Abrir os sulcos e assentar o novo revestimento.

8 Argamassa estrutural Argamassa polimérica, indicada para recuperação de estruturas de concreto. Propriedades: Elevadas resistências mecânicas, proteção anti- corrosiva, facilidade de aplicação, plasticidade, tixotropia.

9 Argamassa para encunhamento Argamassa desidratada pronta para uso, com baixo módulo de deformação, levemente expansiva. Constituída de cimento, cal hidratada, polímeros, poliestireno expandido (Isopor), aditivos especiais convenientemente dosados. Indicada para o aperto de alvenarias de vedação. Propriedades: resiliência, aderência, e impermeabilidade.

10 Argamassa de proteção radiológica Argamassa de proteção radiológica, à base de barita (BaSO 4), cimento Portland comum e aditivos especiais. Especialmente desenvolvida com a finalidade de atenuar a radiação ionizante em clínicas de radiologia e consultórios odontológicos. Aplicada sobre chapisco.

11 Grout (Graute) Argamassa de retração compensada, elevada resistência mecânica e autonivelante de pega normal, constituída de cimento, areia quartzosa de granulometria selecionada e aditivos especiais convenientemente dosados. Indicação: Recuperação e reforços de estruturas de concreto, reforço de fundação, ancoragem de chumbadores, grauteamento de máquinas pesadas (geradores, turbinas e motores estacionários), preenchimento de pilares em blocos de cimento vazados em alvenaria estrutural, fixação de placas e portões e regularização de pisos.

12 Argamassa Projetada Vantagens Aumento da produtividade; Uniformidade na aplicação; Agilidade no transporte de argamassa; Melhoria na qualidade do revestimento.

13 Argamassa Projetada Equipamentos necessários Máquina Compressor de ar MangotePistola de projeção

14 Argamassa Projetada Pode ser aplicada em áreas internas: Paredes internas Contrapisos

15 Argamassa Projetada Preparo da base: Chapiscada e/ou telada Concreto apicoado

16 Argamassa Projetada Acabamento Sarafeado Desempenado

17 Chapisco pronto Argamassa projetada adesiva para chapisco, constituída de cimento, agregado miúdo, polímeros e aditivos especiais convenientemente dosados que conferem maior retenção de água e aderência superior. Indicação: Aplicações sobre substratos diversos como: concreto; substratos não absorventes como placas de poliestireno (isopor) e substratos absorventes diversos; em alvenarias de vedação ou estrutural; sobre blocos ou tijolos de cimento, cerâmicos ou de concreto celular;em tetos, lajes, pilares, vigas, cortinas e paredes. Tem a função de garantir a aderência e uniformizar a absorção de água das argamassas de revestimento.

18 Argamassa autonivelante Argamassa autoadensável, de pega normal, com aderência e resistência mecânica elevadas,pigmentada ou não, desenvolvida para regularização de contrapisos, correções de imperfeições em cimentados ou como piso cimentício.

19 Ensaios importantes de argamassa

20 Normas de argamassa / alvenaria e revestimento cerâmico

21

22

23

24 NBR Argamassa para assentamento de paredes e revestimento de paredes e tetos - Determinação da retenção de água Retenção de água é uma propriedade que está associada à capacidade da argamassa fresca manter a sua trabalhabilidade quando sujeita a solicitações que provocam perda de água de amassamento, seja por evaporação seja pela absorção de água da base.

25 NBR 13528– Resistência a aderência à tração Existem valores numérico da resistência de aderência obtida no ensaio, limitada pelos valores de 0,3 MPa para revestimentos externos e 0,2 MPa para revestimentos internos. Só que o rompimento de um corpo de prova pode não ser suficiente para confirmar ou excluir uma determinada argamassa.

26 NBR 13528– Resistência a aderência à tração O corpo de prova pode se romper em diferentes locais, além da interface revestimento-substrato. Pode ser no substrato, na interface substrato- argamassa, na interface argamassa-cola, no chapisco, na interface chapisco-argamassa etc


Carregar ppt "Definição da forma de produção Argamassa preparada na obra Disponibilidade de espaço (altos estoques de materiais) Proteção contra intempéries Mais equipamentos:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google