A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PIS-COFINS NÃO CUMULATIVO – Receitas Financeiras A partir de 02.08.2004, por força do Decreto 5.164/2004, ficaram reduzidas a zero as alíquotas do PIS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PIS-COFINS NÃO CUMULATIVO – Receitas Financeiras A partir de 02.08.2004, por força do Decreto 5.164/2004, ficaram reduzidas a zero as alíquotas do PIS."— Transcrição da apresentação:

1 PIS-COFINS NÃO CUMULATIVO – Receitas Financeiras A partir de , por força do Decreto 5.164/2004, ficaram reduzidas a zero as alíquotas do PIS e COFINS incidentes sobre as receitas financeiras auferidas pelas pessoas jurídicas sujeitas ao regime de incidência não-cumulativo das referidas contribuições.Decreto 5.164/2004 O disposto não se aplica às receitas financeiras oriundas de juros sobre capital próprio e as decorrentes de operações de hedge, estas até a partir de , por força do Decreto 5.442/2005, ficam reduzidas a zero as alíquotas do PIS e da COFINS incidentes sobre as receitas financeiras, inclusive decorrentes de operações realizadas para fins de hedge.Decreto 5.442/2005 Observe-se que permanece a incidência do PIS e COFINS sobre os juros sobre o capital próprio. ( em discussão nas esferas JUDICIAIS )

2 PIS-COFINS NÃO CUMULATIVO – IMPORTAÇÃO(HIPOTESE DE INCIDENCIA) Entrada de bens estrangeiros no território nacional O pagamento, o crédito, a entrega, o emprego ou a remessa de valores a residentes ou domiciliados no exterior provenientes de prestação de serviços.

3 PIS-COFINS NÃO CUMULATIVO – IMPORTAÇÃO (BASE DE CALCULO) Entrada de bens estrangeiros no território nacional Valor aduaneiro O pagamento, o crédito, a entrega, o emprego ou a remessa de valores a residentes ou domiciliados no exterior provenientes de prestação de serviços. Valor pago, creditado, entregue, empregado ou remetido para o exterior

4 PIS-COFINS NÃO CUMULATIVO – IMPORTAÇÃO (ALÍQUOTAS) REGRA GERAL: PIS/PASEP 1,65% COFINS 7,6%

5 PLANILHA DE CÁLCULO DA COFINS NÃO CUMULATIVA ALÍQUOTA DE 7,6% - PESSOAS JURÍDICAS TRIBUTADAS COM BASE NO LUCRO REAL FATURAMENTO / RECEITA BRUTA - ART. 1º DA LEI Nº /2003VALORES EM R$ 1(+)Faturamento Mensal (Receita Bruta Total do Mês) 2(+)Rendimentos de Aplicações Financeiras e de Renda Fixa 3(+)Ganhos de Aplicações de Renda Variável 4(+)Juros Ativos 5(+)Receita de Aluguéis 6(+)Outras Receitas Financeiras 7(+)Outras Receitas Operacionais 8(+)Receitas Não Operacionais (Vendas de Bens do Ativo Permanente / Ganhos de Capitais) 9(=)Total da Receita Bruta 0.00 EXCLUSÕES DA BASE DE CÁLCULO - ART. 1º DA LEI Nº /2003VALORES EM R$ 10(-)Receitas Sujeitas a Alíquota Zero 11(-)Receitas Sujeitas a Substituição Tributária 12(-)Receitas Sujeitas ao Regime Monofásico 13(-)Vendas Canceladas 14(-)Descontos Incondicionais Concedidos 15(-)Reversão de Provisões 16(-)Recuperação de Créditos Baixados Como Perdas 17(-)Resultado Positivo de Equivalência Patrimonial 18(-)Lucros e Dividendos Recebidos 19(-)Receitas de Vendas do Ativo Permanente Avaliados pelo Custo de Aquisição 20(=)Total das Exclusões 0.00 ISENÇÕESVALORES EM R$ ISENÇÕES 21(-)Receitas de Exportação para o Exterior 22(-)Receitas Prest. Serviços PF/PJ domiciliadas Exterior c/recebimento em Moeda Estrangeira 23(-)Receitas de Vendas para Empresa Comercial Exportadora 24(=)Total das Isenções (=)BASE DE CÁLCULO DA COFINS NÃO CUMULATIVA (=)COFINS DEVIDA = BASE DE CÁLCULO X 7,6% 0.00

6 PLANILHA DE CÁLCULO DA COFINS NÃO CUMULATIVA ALÍQUOTA DE 7,6% - PESSOAS JURÍDICAS TRIBUTADAS COM BASE NO LUCRO REAL CRÉDITOS DA COFINS - ART. 3º DA LEI Nº /2003VALORES EM R$ 27(-)Mercadorias Adquiridas para Revenda (-)Bens e Serviços Utilizados como Insumos na Produção / Fabricação (-)Bens e Serviços Utilizados como Insumos na Prestação de Serviços (-)Energia Elétrica Consumida nos Estabelecimentos da Pessoa Jurídica (-)Aluguéis Pagos a PJ (prédios, máquinas e equipamentos) (-)Despesas Financeiras de Empréstimos e Financiamentos de PJ (-)Bens e Encargos de Depreciações do Ativo Imobilizado (-)Depreciação ou Amortização de Edificações e Benfeitorias em Imóveis (-)Devoluções de Vendas Tributadas a Alíquota de 7,6% (-)Despesas de Armazenagem e Frete na Operação de Venda (-)1/12 avos do estoque existente em 31/01/2004 (informar total do estoque) (-)Outros créditos presumidos permitidos pela legislação (compensações) (-)Saldo de Créditos do Mês Anterior ou Meses Anteriores (=)Total dos Créditos (=)COFINS NÃO CUMULATIVA A PAGAR - Código no DARF


Carregar ppt "PIS-COFINS NÃO CUMULATIVO – Receitas Financeiras A partir de 02.08.2004, por força do Decreto 5.164/2004, ficaram reduzidas a zero as alíquotas do PIS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google