A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Oficina de Oratória Falar e Falar. Fundamentos do Orador.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Oficina de Oratória Falar e Falar. Fundamentos do Orador."— Transcrição da apresentação:

1 Oficina de Oratória Falar e Falar

2 Fundamentos do Orador

3 Seja Você *Esse é o primeiro e mais importante dos fundamentos de quem quer falar em público, buscar acima de tudo a Naturalidade.

4 Pronunciar bem as palavras *Pronunciando todos os sons corretamente, a mensagem será melhor compreendida pelos ouvintes e haverá maior valorização da imagem de quem fala. Faça exercícios para melhorar a dicção lendo qualquer texto com o dedo entre os dentes e procurando falar da forma mais clara possível.

5 Intensidade da Voz *Fale com boa intensidade. Se falar muito baixo, as pessoas que estiverem distantes não entenderão suas palavras e deixarão de prestar atenção. Também não se deve falar muito alto, pois além de se cansar rapidamente poderá irritar os ouvintes. Não se esqueça de falar com entusiasmo, vibração ou sentimento exigidos pelo que está sendo falado. Afinal, se não demonstrar interesse por aquilo que transmite, certamente não haverá interesse dos ouvintes ou plateia.

6 Falar com velocidade apropriada *Evite falar muito rápido. Se sua dicção for deficiente, dificilmente alguém conseguirá entender. Por outro lado, não fale muito lentamente, com pausas prolongadas, para não entediar os ouvintes. *Para conhecer melhor o estilo de sua voz, use um gravador para reprodução do que haverá de ser falado e se modele.

7 Falar com ritmo *Sempre que puder, alterne a altura e a velocidade da fala para buscar um ritmo mais harmônico na comunicação. Quem se expressa com velocidade e altura constantes acaba por desinteressar os ouvintes, não pela falta de conteúdo, mas pela maneira “descolorida” como se apresenta.

8 Terminologia *O vocabulário ideal deve estar isento do excesso de termos pobres e vulgares, como palavrões e gírias. De outra forma, não se recomenda um vocabulário repleto de palavras difíceis e quase sempre incompreensíveis.

9 Microfone *Os microfones possuem a captação do som somente pelo topo, pela “cabeça”. Fique atento à altura ideal. Não grite! Afinal, o microfone está lá para amplificar sua voz. Não bata ou assopre! Tais atos danificam o sistema de captação. Não enrole o cabo! Tal procedimento danifica as soldagens.

10 Expressão Corporal Mãos – deixe à mostra! Gestos são importantes para uma dinamicidade do discurso. Mas lembre-se: não exagere. Postura – apoiar-se sobre uma perna torna- se deselegante. Pés sempre no chão. Contato visual – não olhar para o público é não prestigiar aos que assistem. Leitura labial – tampar a boca durante a fala ou virar de costas dificulta o entendimento do público. Lembre-se que algumas pessoas tem dificuldade auditiva e “ouvem” pela leitura labial, mas sequer percebem isso.

11 O que acham de agora falarmos pelos cotovelos?


Carregar ppt "Oficina de Oratória Falar e Falar. Fundamentos do Orador."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google