A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ótica espírita 1VER. SEXUALIDADE FISIOLOGIA FISIOLOGIA. Sexo. IDENTIDADE SEXUAL IDENTIDADE SEXUAL. ORIENTAÇÃO SEXUAL ORIENTAÇÃO SEXUAL. Desejo. COMPORTAMENTO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ótica espírita 1VER. SEXUALIDADE FISIOLOGIA FISIOLOGIA. Sexo. IDENTIDADE SEXUAL IDENTIDADE SEXUAL. ORIENTAÇÃO SEXUAL ORIENTAÇÃO SEXUAL. Desejo. COMPORTAMENTO."— Transcrição da apresentação:

1 Ótica espírita 1VER

2 SEXUALIDADE FISIOLOGIA FISIOLOGIA. Sexo. IDENTIDADE SEXUAL IDENTIDADE SEXUAL. ORIENTAÇÃO SEXUAL ORIENTAÇÃO SEXUAL. Desejo. COMPORTAMENTO SEXUALSITUACIONAL COMPORTAMENTO SEXUAL. SITUACIONAL. PAPEL SEXUAL PAPEL SEXUAL. TRANSEXUAL Transexualismo TRANSEXUAL. CID 10 - F64.0 Transexualismo. TRAVESTI POPULAR TRAVESTI e TRAVESTI POPULAR. HERMAFRODITA HERMAFRODITA. 2VER

3 Muitas vezes se confunde o conceito de SEXUALIDADE com o do SEXO propriamente dito. Contudo, nem sempre estão acompanhados. Cabe a cada um decidir qual o momento propício para que esta sexualidade se manifeste de forma física e seja compartilhada com outro indivíduo através do sexo. SEXUALIDADE não necessita de relação exacerbada com o sexo, uma vez que se define pela busca de prazeres, sendo estes não apenas os explicitamente sexuais. Pode-se entender como constituinte de sexualidade, a necessidade de admiração admiração e gosto pelo próprio corpo por exemplo, o que não necessariamente signifique uma relação narcísica de amor incondicional ao ego. 3 VER

4 Livro Ação e Reação sexo equipamento genital Na definição de sexo, é vulgar a fixação do magno assunto no equipamento genital do homem e da mulher, restringindo a força sexual à função de simplesmente a gerar filhos, exclusivamente ao campo erótico. vida o sexo palpita em tudo Contudo, vida e sexo são temas que se identificam essencialmente entre si. Como força em prol da criação incessante, o sexo palpita em tudo, desde a comunhão dos princípios subatômicos à atração dos astros. o sexo como força de amor nas bases da vida Indispensável, assim, entender o sexo como força de amor nas bases da vida. fecundar A própria influência do Cristo, que se deixou crucificar em devotamento a nós outros para fecundar de luz a nossa mente. 4

5 5

6 TRATA-SE DE UMA ANOMALIA? WALTER BARCELOS TRATA-SE DE UMA ANOMALIA? WALTER BARCELOS, in Homossexualidade e reencarnação anomalia A homossexualidade é uma anomalia da personalidade observável não somente neste século, mas em todas as épocas da Humanidade. 6VER

7 Clipe de Jô Soares 7

8 Sexualidade expressão físicapsicológicasocial "a Sexualidade é uma energia que encontra a sua expressão física, psicológica e social no desejo de contacto, ternura, amor e intimidade. acçõesinteracçõesinfluencia também a nossa saúde física e mental “A Sexualidade influencia pensamentos, sentimentos, acções e interacções e, por isso, influencia também a nossa saúde física e mental" 8 Organização Mundial de Saúde

9 9

10 As mulheres tem alma? Revista Espírita de janeiro de 1866 Mudando de sexo, poderá então, em sua nova encarnação, conservar os gostos, as inclinações e o caráter inerente ao sexo que acaba de deixar anomalias aparentes Se for avançado, será um homem avançado; se for atrasado, será um homem atrasado. Mudando de sexo, poderá então, em sua nova encarnação, conservar os gostos, as inclinações e o caráter inerente ao sexo que acaba de deixar. Assim se explicam certas anomalias aparentes, notadas no caráter de certos homens e de certas mulheres. 10

11 As mulheres tem alma? Revista Espírita de janeiro de 1866 “Numa nova encarnação trará o caráter e as inclinações que tinha como Espírito. “Numa nova encarnação trará o caráter e as inclinações que tinha como Espírito. “Somente quando chegado a um certo grau de adiantamento e de desmaterialização é que a influência da matéria se apaga completamente e, com ela, o caráter dos sexos. “Somente quando chegado a um certo grau de adiantamento e de desmaterialização é que a influência da matéria se apaga completamente e, com ela, o caráter dos sexos. 11

12 condições normais perseguiçãocrueldade Irmão Félix, Capítulo 09, 2ª parte. Livro Sexo e Destino. “Acrescentou, no entanto, que no mundo porvindouro os irmãos reencarnados, tanto em condições normais quanto em condições julgadas anormais, serão tratados em pé de igualdade, no mesmo nível de dignidade humana, reparando-se as injustiças assacadas, há séculos, contra aqueles que renascem sofrendo particularidades anômalas, porquanto a perseguição e a crueldade com que são batidos pela sociedade humana”. Irmão Félix, Capítulo 09, 2ª parte. Livro Sexo e Destino. 12VER

13 Vida e Sexo Vida e Sexo Emmanuel & Francisco Cândido Xavier processos de inversão pesadas disciplinas “(...) renasceram no corpo físico induzidos ou obrigados à abstinência sexual, atendendo a inibições irreversíveis ou a processos de inversão pelos quais sanam erros do pretérito ou se recolhem a pesadas disciplinas que lhes facilitem a desincumbência de compromissos determinados, em assuntos do Espírito”. 13

14 Condições inversivas condições inversivas, lides expiatórias tarefas específicasduras disciplinas O Instrutor Félix demonstrou que inúmeros Espíritos reencarnam em condições inversivas, seja no domínio de lides expiatórias ou em obediência a tarefas específicas, que exigem duras disciplinas por parte daqueles que as solicitam ou que as aceitam. melhorar e aperfeiçoar-se e nunca sob a destinação do mal Referiu ainda que... a alma reencarna, nessa ou naquela circunstância, para melhorar e aperfeiçoar-se e nunca sob a destinação do mal, o que nos constrange a reconhecer que os delitos, sejam quais sejam, em quaisquer posições, correm por nossa conta. 14VER

15 Homossexualidade MISSÃO ESPIRITUAL MISSÃO ESPIRITUAL. PROVAÇÃO E EXPIAÇÃO PROVAÇÃO E EXPIAÇÃO. 15 VER

16 química mental A personalidade não é obra da usina interna das glândulas, mau produto da química mental. 16

17 Amor Livre sistemas poligâmicos natural – é justo Que a tentação de retorno dos sistemas poligâmicos pode ocorrer habitualmente com qualquer pessoa, na Terra, é mais que natural – é justo. o pretérito pode estar vivo nos mecanismos mais profundos de nossas inclinações e tendências Em circunstâncias numerosas, o pretérito pode estar vivo nos mecanismos mais profundos de nossas inclinações e tendências. 17

18 Poligamia poligamiamonogamia 701. Qual das duas, a poligamia ou a monogamia, é mais conforme à lei natural? Na poligamia não há verdadeira afeição: não há mais do que sensualidade — A poligamia é uma lei humana, cuja abolição marca um progresso social. O casamento, segundo as vistas de Deus, deve fundar-se na afeição dos seres que se unem. Na poligamia não há verdadeira afeição: não há mais do que sensualidade. 18

19 André luiz Desejopossesimpatiacarinho, devotamentorenúnciasacrifício Desejo, posse, simpatia, carinho, devotamento, renúncia, sacrifício, constituem aspectos dessa jornada. Raras individualidades conseguem manter-se no posto da simpatia, com o equilíbrio indispensável Por vezes, a criatura demora-se anos, séculos, existências diversas de uma estação a outra. Raras individualidades conseguem manter-se no posto da simpatia, com o equilíbrio indispensável. 19

20 ASPECTOS DA JORNADA SUBLIMADORA DESEJO DESEJO POSSE POSSE SIMPATIA SIMPATIA CARINHO CARINHO DEVOTAMENTO DEVOTAMENTO RENÚNCIA RENÚNCIA SACRIFÍCIO SACRIFÍCIO Por vezes, a criatura demora-se anos, séculos, existências diversas de uma estação a outra. 20

21 Livro SEXO E DESTINO a melhor maneira de infligirem a si próprios determinadas inibições hábitos deprimentes “(...) O primeiro reúne centenas de criaturas que se endereçam aos ajustes de lar, na Terra, e o segundo enfeixa enorme quantidade de Espíritos conscientes que examinam a melhor maneira de infligirem a si próprios determinadas inibições, para se corrigirem de hábitos deprimentes no curso da reencarnação a que se dirigem”. 21

22 O uso do sexo é uma lei natural na esfera da Crosta! todas as leis naturais lei universal do bem e da ordem Ninguém contesta esse caráter das manifestações sexuais nos círculos da carne, mas todas as leis naturais na experiência humana devem ser exercidas, como em toda parte, sobre as bases da lei universal do bem e da ordem. as uniões sexuais, portanto, que se efetuam a distância desses sublimes imperativos sofrimento perturbação. Quem foge ao bem, é defrontado pelo crime; as uniões sexuais, portanto, que se efetuam a distância desses sublimes imperativos, transformam-se em causas geradoras de sofrimento e perturbação. 22Alexandre. Missionários da Luz

23 responsabilidade disciplina renúncia O Instinto sexual, para coroar-se com as glórias do êxtase, há que dobrar-se aos imperativos da responsabilidade, às exigências da disciplina, aos ditames da renúncia. 23

24 Emmanuel sintetizarmos todas as digressões E para não nos delongarmos em considerações desnecessárias, concluiremos que, em torno do sexo, será justo sintetizarmos todas as digressões nas normas seguintes: proibição educação Não proibição, mas educação. EMPREGO DIGNO Não ABSTINÊNCIA IMPOSTA, mas EMPREGO DIGNO, com o devido respeito aos outros e a si mesmo. INDISCIPLINACONTROLE Não INDISCIPLINA, mas CONTROLE. IMPULSO LIVRERESPONSABILIDADE Não IMPULSO LIVRE, mas RESPONSABILIDADE. Fora disso, é teorizar simplesmente, para depois aprender ou reaprender com a experiência. sublimação pessoal pertinente à consciência de cada um Sem isso, será enganar-nos, lutar sem proveito, sofrer e recomeçar a obra da sublimação pessoal, tantas vezes quantas se fizerem precisas, pelos mecanismos da reencarnação, porque a aplicação do sexo, ante a luz do amor e da vida, é assunto pertinente à consciência de cada um. 24VER

25 Resposta de um espírito a uma lamentação de uma mãe de homossexual. “Minha filha, a circunstância que te faz sofrer, olhada isoladamente, é amarga como fermento; no entanto, no contexto do bolo, ele é que dá o crescimento”. 25Citado por Andrei Moreira. Palestra: Homossexualidade sob a ótica do Espírito Imortal.

26 Tarefa do Espírita Esclarecer e consolar, jamais marginalizar! 26


Carregar ppt "Ótica espírita 1VER. SEXUALIDADE FISIOLOGIA FISIOLOGIA. Sexo. IDENTIDADE SEXUAL IDENTIDADE SEXUAL. ORIENTAÇÃO SEXUAL ORIENTAÇÃO SEXUAL. Desejo. COMPORTAMENTO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google