A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

QUESTÃO 1 A primeira figura da apostila (tópico 1.1) do curso a distância O Magnetismo da Terra mostra os componentes do campo geomagnético. Pelas relações.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "QUESTÃO 1 A primeira figura da apostila (tópico 1.1) do curso a distância O Magnetismo da Terra mostra os componentes do campo geomagnético. Pelas relações."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 QUESTÃO 1 A primeira figura da apostila (tópico 1.1) do curso a distância O Magnetismo da Terra mostra os componentes do campo geomagnético. Pelas relações trigonométricas entre eles, você pode calcular o campo magnético total (F) usando as medidas da componente norte (X), leste (Y) e vertical (Z). Imagine que hoje, em algum lugar da superfície da Terra, foram feitas as seguintes medidas: X=25610 nT Y= nT Z= nT Como informação adicional a inclinação magnética deste local atualmente é de aproximadamente 11 o 52 e a declinação magnética é de aproximadamente -12 o 3. Qual é aproximadamente o valor do campo magnético total (F) e em que região da Terra essa medida poderia ter sido feita? B - O campo magnético total (F) é de aproximadamente nT e estas medidas poderiam ter sido realizadas em Canberra, na Austrália. A - O campo magnético total (F) é de aproximadamente nT e estas medidas poderiam ter sido realizadas em Nantes, na França. D - O campo magnético total (F) é de aproximadamente nT e estas medidas poderiam ter sido realizadas em Ottawa, no Canadá. C - O campo magnético total (F) é de aproximadamente nT e estas medidas poderiam ter sido realizadas na Amazônia, no Brasil. E - O campo magnético total (F) é de aproximadamente nT e estas medidas poderiam ter sido realizadas no Pantanal, no Brasil.

4 Você errou !!! Resposta certa: C - O campo magnético total (F) é de aproximadamente nT e estas medidas poderiam ter sido realizadas na Amazônia, no Brasil.

5 Muito bem, você acertou !!!

6 QUESTÃO 2 A Anomalia Magnética do Atlântico Sul (AMAS) é a região onde o campo magnético é menos intenso. A AMAS é causada no núcleo por processos ainda discutidos na comunidade científica. Atualmente a teoria mais aceita para explicar esta anomalia é a teoria dos FLUXOS REVERSOS no núcleo. Mas como esta teoria explicaria a AMAS? B - Os fluxos reversos são causados por variações na condutividade elétrica do manto e geram um campo magnético na direção oposta ao do campo magnético daquela região, diminuindo assim a sua intensidade. A - Os fluxos reversos são causados pelo movimento do fluido no núcleo externo e pela rotação da Terra. As linhas de campo na região da AMAS são torcidas e se opõem àquelas do campo regional, diminuindo assim sua intensidade. D - Os fluxos reversos são causados pelo movimento do fluido no núcleo externo e pela variação de propriedades físicas do núcleo interno. As linhas de campo na região da AMAS são torcidas e se opõem àquelas do campo regional, diminuindo assim sua intensidade. C - Os fluxos reversos geram a AMAS através de correntes convectivas no núcleo externo que causam um aumento da intensidade do campo magnético na região. E - Os fluxos reversos são causados por variações na temperatura, pressão e composição do núcleo interno e externo e geram um campo magnético na direção oposta ao do campo magnético daquela região, diminuindo assim a sua intensidade.

7 Você errou !!! Resposta certa: A - Os fluxos reversos são causados pelo movimento do fluido no núcleo externo e pela rotação da Terra. As linhas de campo na região da AMAS são torcidas e se opõem àquelas do campo regional, diminuindo assim sua intensidade.

8 Muito bem, você acertou !!!

9 QUESTÃO 3 Quais são os cuidados que devemos ter para instalar um observatório magnético? I- Procurar locais distantes de redes elétricas, tráfego de automóveis e tubulações de gás. II- Deve-se fazer antes uma pesquisa no local (gradiometria magnética) para evitar fortes anomalias magnéticas causadas pela crosta (ou por objetos magnetizados enterrados) no local de instalação do observatório. III- Deve-se determinar o norte verdadeiro para que posteriormente sejam feitas as medidas do campo magnético no observatório. IV- Antes da construção das casas, todos os materiais devem ser testados para verificar se podem afetar as medidas do campo magnético natural. V- Há necessidade de treinamento da equipe local para a realização das medidas absolutas da declinação, inclinação e campo magnético total duas vezes por semana. São corretas as afirmativas: B - I, II, III, IV. A - I, II, III, IV e V. D - I, II, III, V. C - I, II, III. E - I e V.

10 Você errou !!! Resposta certa: A- I, II, III, IV e V.

11 Muito bem, você acertou !!!

12 QUESTÃO 4 Atualmente estamos caminhando para o máximo do ciclo solar 24. Nesta época as tempestades magnéticas são normalmente mais frequentes. O que isso significa em termos práticos para o ser humano? B - Podem ocorrer problemas frequentes em satélites artificiais, imprecisões no GPS, nas telecomunicações e apagões. A - Uma reversão do campo magnético pode ocorrer e o ser humano sofrer riscos de uma maior incidência da radiação solar. D - Uma tempestade magnética pode causar problemas em satélites artificiais e afetar diretamente a saúde do ser humano. C - Podem modificar a Lei de Joy e causar problemas nas telecomunicações na Terra. E - Podem causar apagões em várias cidades do mundo, principalmente no Brasil onde o campo magnético é mais intenso.

13 Você errou !!! Resposta certa:B - Podem ocorrer problemas frequentes em satélites artificiais, imprecisões no GPS, nas telecomunicações e apagões.

14 Muito bem, você acertou !!!

15 QUESTÃO 5 Se compararmos o campo magnético da Terra com o campo magnético de Júpiter, podemos afirmar que: B - A intensidade do campo magnético da Terra é cerca de dez vezes maior do que o de Júpiter. Ambos os planetas possuem auroras com a mesma luminosidade e um deslocamento similar do eixo magnético. A - O campo magnético de Júpiter é muito mais intenso do que o campo da Terra. A magnetosfera de Júpiter é muito fraca e não protege o planeta contra o vento solar. D - A intensidade do campo magnético da Terra é cerca de dez vezes menor do que o de Júpiter. A inclinação do eixo magnético é cerca de -11 o nos dois planetas e o deslocamento do eixo magnético é similar em ambos. C - A intensidade do campo magnético de Júpiter é cerca de dez vezes maior do que o campo da Terra. As auroras são somente geradas na Terra, devido à presença da magnetosfera. E - A intensidade do campo magnético de Júpiter é cerca de dez vezes maior do que o campo da Terra. As auroras de Júpiter podem ser milhares de vezes mais luminosas do que as da Terra. O deslocamento do eixo magnético é similar nos dois planetas.

16 Você errou !!! Resposta certa: E - A intensidade do campo magnético de Júpiter é cerca de dez vezes maior do que o campo da Terra. As auroras de Júpiter podem ser milhares de vezes mais luminosas do que as da Terra. O deslocamento do eixo magnético é similar nos dois planetas.

17 Muito bem, você acertou !!!

18


Carregar ppt "QUESTÃO 1 A primeira figura da apostila (tópico 1.1) do curso a distância O Magnetismo da Terra mostra os componentes do campo geomagnético. Pelas relações."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google