A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Já foi há alguns anos. Eu já estava no escutismo há cerca de um ano e o Chefe não se decidia a receber a nossa Promessa, Um belo sábado de Junho, pela.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Já foi há alguns anos. Eu já estava no escutismo há cerca de um ano e o Chefe não se decidia a receber a nossa Promessa, Um belo sábado de Junho, pela."— Transcrição da apresentação:

1

2 Já foi há alguns anos. Eu já estava no escutismo há cerca de um ano e o Chefe não se decidia a receber a nossa Promessa, Um belo sábado de Junho, pela manhã chegamos há sede cerca das 9 horas, ia haver uma actividade de campo durante o fim de semana. Eu tinha achado estranho a minha mãe se ter atrasado e feito questão de levar o almoço á sede, antes de partirmos, primeiro porque não era habito ela atrasar-se. E então... Estavam formadas as Patrulhas no pátio da sede. Havia na altura quatro aspirantes no Grupo, eu o José Alberto o Quim, e o João, estávamos fardados mas sem lenço.

3 Depois da saudação á Bandeira ouvi o Chefe do Grupo dizer: - Os Guias de Patrulha apresentem os elementos que vão fazer a Promessa. Quando o meu Guia se colocou em frente a mim e me disse segue-me hoje vais fazer a tua Promessa. Fiquei com os pés colados ao chão, aquele momento há tanto esperado e agora nem era capaz de me mexer. A custo, consegui dar um passo em frente e seguir o Guia até ao centro do quadrado que o Grupo formado fazia. Lá estávamos os quatro formados, em sentido e em linha, super orgulhosos a responder ao Chefe, a recitar a Lei e finalmente a fazer a Promessa, só nesse momento é que vi que a minha mãe, a minha avó e o meu irmão estavam presentes.

4 Foi naquele momento quando recitei a Lei e a formula da Promessa, as palavras tiveram outro sentido. Ainda hoje sinto, como naquele dia, o verdadeiro significado da Lei e da Promessa. Depois veio o momento à tanto esperado, quando o Chefe do Grupo convidou a minha mãe para me colocar o lenço ao pescoço. Foi algo que nunca esqueci nem esquecerei certamente.

5 Os Princípios 1º - O Escuta orgulha-se da sua Fé e por ela orienta toda a sua vida. Ter Fé é ter encontrado para a vida um rumo certo e definitivo. Orientar por ela a própria vida é o sinal da coerência de uma personalidade. Ter Fé não é papaguear orações, mas saber que Deus existe, nos Vê, nos Ama. Ter Fé é amar a Deus, cumprindo a Sua vontade.

6 mesmo que os outros o não sejam; quando os outros o não forem; precisamente porque os outros o não são. Os Princípios Sê fiel á tua Fé:

7 2º O Escuta é filho de Portugal e bom cidadão. Ser filho de Portugal é reconhecer na Pátria: um lar a respeitar, uma terra a trabalhar, uma história a continuar, um dever a honrar. Os Princípios

8 3º O dever do Escuta começa em casa. A casa é o meu mundo mais próximo: Amar, obedecer, trabalhar; Amar, obedecer, trabalhar; Não envergonhar, mas amar e honrar sempre aqueles aquém através de Deus recebi o dom da vida; Não envergonhar, mas amar e honrar sempre aqueles aquém através de Deus recebi o dom da vida; Perece-te que possa ser bom Escuteiro, aquele que desobedece aos pais, trata mal os irmãos, não estuda e não trabalha? Perece-te que possa ser bom Escuteiro, aquele que desobedece aos pais, trata mal os irmãos, não estuda e não trabalha? De pouco me vale ser bom para com os outros se sou mau para com os meus. De pouco me vale ser bom para com os outros se sou mau para com os meus. O nosso dever começa naqueles e para aqueles que nos rodeiam. Os Princípios

9 A Lei 1º A honra do Escuta inspira confiança. Eu sou a verdade, disse Jesus: Em casa, na escola e no campo; No trabalho e nos tempos livres; Em todas as situações da vida; Servindo sempre a verdade, sou livre, honrado e respeitado; Confio em Deus; Mereço a confiança de Deus e dos outros? Quando dou a minha palavra de Escuteiro, falo sempre a verdade?

10 A Lei 2º O Escuta é leal. Ser leal não é só não mentir, mas é: Seguir a verdade com amor e Fé; Seguir a verdade com amor e Fé; Seguir a consciência sem a atraiçoar; Seguir a consciência sem a atraiçoar; Cumprir a palavra sem a contradizer; Cumprir a palavra sem a contradizer; Respeitar os compromissos sem os diminuir; Respeitar os compromissos sem os diminuir; Assumir as responsabilidades sem se desculpar; Assumir as responsabilidades sem se desculpar; Sê fiel á Lei, a Deus, aos teus deveres religiosos; Sê fiel á Lei, a Deus, aos teus deveres religiosos; Sê leal aos teus pais, amigos, Chefes e aos outros. Sê leal aos teus pais, amigos, Chefes e aos outros.

11 A Lei 3º O Escuta é útil e pratica diariamente uma Boa Acção. Se deixar passar um dia sem, conscientemente, fazer nada de bom, devo reconhecer: "perdi o meu dia". Ser útil, generoso, empenhado e discreto é a marca do bom Escuteiro; Ser útil, generoso, empenhado e discreto é a marca do bom Escuteiro; A Boa Acção é discreta, para que "não saiba a mão esquerda o que faz a direita"; A Boa Acção é discreta, para que "não saiba a mão esquerda o que faz a direita"; O sentido dos outros e de Deus são os objectivos da prática da Boa Acção; O sentido dos outros e de Deus são os objectivos da prática da Boa Acção; Ser Escuteiro é ser praticante da arte de fazer o bem. Ser Escuteiro é ser praticante da arte de fazer o bem.

12 A Lei 4º O Escuta é amigo de todos e irmão de todos os outros Escutas. Uma verdadeira amizade é pedra preciosa, tão rara como valiosa: Pela amizade aos outros o coração do Escuteiro ultrapassa fronteiras e atinge as dimensões da humanidade pela fraternidade universal; O amor aos outros é expressão do meu amor a Deus; Ser amigo e irmão é amar, perdoar, aceitar as diferenças e colaborar sempre com todos; Todos somos poucos para fazer o que é necessário fazer; Cada Homem é um irmão e cada irmão um pouco de nós mesmos; O bem que não fizeres, ninguém o fará por ti e ficará mesmo por fazer.

13 A Lei 5º O Escuta é delicado e respeitador. Que melhor razão para respeitar os outros, que o facto de Deus respeitar cada um? Poderei eu ter uma atitude diferente d’Ele?; Poderei eu ter uma atitude diferente d’Ele?; Sê respeitador e delicado contigo, com os outros, com as coisas e com Deus; Sê respeitador e delicado contigo, com os outros, com as coisas e com Deus; A nossa missão é amar, mas amar-nos como irmãos. A nossa missão é amar, mas amar-nos como irmãos.

14 A Lei 6º O Escuta protege as plantas e os animais. A Natureza é um livro a ler e uma obra a completar. O projecto de Deus é entregar o Mundo ao ser humano para que este o administre responsavelmente e o transmita enriquecido à geração seguinte; O projecto de Deus é entregar o Mundo ao ser humano para que este o administre responsavelmente e o transmita enriquecido à geração seguinte; A ecologia não é uma moda, mas um dever enraizado no mais profundo da vocação cristã; A ecologia não é uma moda, mas um dever enraizado no mais profundo da vocação cristã; Tanta beleza em cada coisa... e tudo Deus fez assim para me seduzir e por me amar. Tanta beleza em cada coisa... e tudo Deus fez assim para me seduzir e por me amar.

15 A Lei 7º O Escuta é obediente. Ser Dirigente é ser sinal e factor de unidade no Agrupamento e na Paróquia. Obedecer é servir esta unidade dizendo não ao individualismo; Obedecer é servir esta unidade dizendo não ao individualismo; Mandar é uma missão; obedecer alegre, prontamente, até ao fim, sem deixar as coisas a meio, é um dever; Mandar é uma missão; obedecer alegre, prontamente, até ao fim, sem deixar as coisas a meio, é um dever; Mandar não é impor, mas propor, obedecer é amar; Mandar não é impor, mas propor, obedecer é amar; Obedecer é estar disponível para construir e ajudar a construir um projecto de vida, pessoal ou comunitário, no grupo, em casa, na escola e na comunidade; Obedecer é estar disponível para construir e ajudar a construir um projecto de vida, pessoal ou comunitário, no grupo, em casa, na escola e na comunidade; O Escuteiro obedece aos pais, ao Guia e aos Chefes, mas também a Deus e à sua consciência. O Escuteiro obedece aos pais, ao Guia e aos Chefes, mas também a Deus e à sua consciência.

16 A Lei 8º O Escuta tem sempre boa disposição de espírito. Nenhum acontecimento deve perturbar a boa disposição do Escuteiro. Um Escuteiro triste é um triste Escuteiro; Um Escuteiro triste é um triste Escuteiro; Acima de qualquer situação, está a luz da esperança cristã; Acima de qualquer situação, está a luz da esperança cristã; Sorrir é iluminar o caminho a percorrer; é ter a consciência tranquila; Sorrir é iluminar o caminho a percorrer; é ter a consciência tranquila; O Escuteiro deve ser sempre um apaixonado da alegria. O Escuteiro deve ser sempre um apaixonado da alegria.

17 A Lei 9º O Escuta é sóbrio, económico e respeitador do bem alheio. O Escuteiro preocupa-se mais em produzir do que em gastar. O Escuteiro recusa o supérfluo quando alguém carece do essencial; O Escuteiro recusa o supérfluo quando alguém carece do essencial; O Escuteiro contenta-se com o que tem e estima e respeita o que não é seu; O Escuteiro contenta-se com o que tem e estima e respeita o que não é seu; Não se enriquece pelo que se recebe, mas pelo que se dá; Não se enriquece pelo que se recebe, mas pelo que se dá; Cada migalha, cada desperdício das coisas e do tempo, é parcela de grandeza. Cada migalha, cada desperdício das coisas e do tempo, é parcela de grandeza.

18 A Lei 10º O Escuta é puro nos pensamentos, nas palavras e nas acções. O Escuteiro cultiva a pureza no que pensa, no que diz e no que faz. O Escuteiro recusa o supérfluo quando alguém carece do essencial; O Escuteiro recusa o supérfluo quando alguém carece do essencial; O Escuteiro não é mau, nem fala mal; O Escuteiro não é mau, nem fala mal; As suas palavras, gestos e atitudes devem manifestar sempre sentimentos nobres e elevados; As suas palavras, gestos e atitudes devem manifestar sempre sentimentos nobres e elevados; O Escuteiro pensa sempre no que diz e no que faz consigo, com os outros, com as coisas e com Deus, sem segundas intenções;O Escuteiro pensa sempre no que diz e no que faz consigo, com os outros, com as coisas e com Deus, sem segundas intenções; A Flor de Lis define uma vida feita de dignidade, como deve ser a tua. A Flor de Lis define uma vida feita de dignidade, como deve ser a tua.

19 A Promessa Prometo: Pela minha honra e com a Graça de Deus, fazer todo o possível por: Cumprir com os meus deveres para com Deus a Igreja e a Pátria; Auxiliar os meus semelhantes em todas as circunstâncias; Obedecer á Lei do Escuta.

20 Obrigado pela vossa atenção e participação


Carregar ppt "Já foi há alguns anos. Eu já estava no escutismo há cerca de um ano e o Chefe não se decidia a receber a nossa Promessa, Um belo sábado de Junho, pela."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google