A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Workshop “Habitar no Mundo Pós- industrial”. Workshop “Habitar no Mundo Pós- industrial” Tema/Grupo 1: Produção de um manifesto (RGEU) Repensar a normativa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Workshop “Habitar no Mundo Pós- industrial”. Workshop “Habitar no Mundo Pós- industrial” Tema/Grupo 1: Produção de um manifesto (RGEU) Repensar a normativa."— Transcrição da apresentação:

1 Workshop “Habitar no Mundo Pós- industrial”

2 Workshop “Habitar no Mundo Pós- industrial” Tema/Grupo 1: Produção de um manifesto (RGEU) Repensar a normativa em vigor caracterizada pela rigidez face à inovação tecnológica Dados na mesa sem objecção “mundo cruel”

3 Workshop “Habitar no Mundo Pós- industrial” Enquadramento: O Regulamento Geral das Edificações Urbanas (RGEU), publicado pela primeira vez em Agosto de 1951 (60 anos). Cujo conceito define o controlo da esfera da vida pública e privada (vida domestica, espaço habitar, conforto e higiene). Século XX ≠ Século XXI + Futuro

4 Workshop “Habitar no Mundo Pós- industrial” Problemática: O estereótipo na produção de habitação colectiva = T2, T3 etc.; Modelos convencionais de habitação colectiva tendem para o seu esgotamento; A segregação entre áreas de quartos e sala. (padronização quarto/sala); O espaço doméstico não apresenta novas soluções funcionais; O encerramento completo da cozinha num compartimento (abandono de outros compartimentos); A sala comum (cada vez menos comum / emblemática);

5 Workshop “Habitar no Mundo Pós- industrial” A circulação através de corredores e átrios (solução actual); Todo o programa doméstico fica contido no espaço da casa (não existe relação com o exterior); O número crescente de I.S na habitação (+ do que o n.º de quartos); + Questões contraditórias: Ventilação, iluminação, acessibilidades, novos processos de construção e materiais.

6 Workshop “Habitar no Mundo Pós- industrial” Proposta: Uma intervenção arquitectónica que pretenda responder a novos modos de vida e diferentes formas de habitação sem recorrer a arte de projectar uma casa em divisões tradicionais. Habitações compostas unicamente de sala e cozinha (estúdios) Conjunto habitacional para casais sem filhos (condomínios geriátricos) + Aspectos a considerar “duplex, pé direito duplo, jardins, bloco isolado, equipamentos colectivos, espaço menos padronizado, flexibilidade de usos” + liberdade arquitectónica = maior relação com o exterior

7 Workshop “Habitar no Mundo Pós- industrial” Estudo de Caso: Estruturas rectangulares pré- fabricadas, formam o novo projecto do OFIS Arquitectos ara a Ljubljana, na Eslovênia, com uma ideia de edificação, flexível e adaptável, para uso misto e com muita área verde. Os módulos inferiores serão espaços públicos e escritórios, e os superiores, apartamentos residenciais.

8 Workshop “Habitar no Mundo Pós- industrial” Bibliografia: TOUSSAINT, Michel (2011). A casa e a cidade “Apartamento”. In Acedido a 9 de Abril de RAMOS, Rui J. G., "A Nossa Casa, 44, piso 12, ap.136: dois pontos para outras formas de habitar “Jornal Arquitectos, 205, Lisboa, 2002, p [Universidade do Porto, Faculdade de Arquitectura]. Acedido a 9 de Abril de discussão de ideias (corpo docente) Corpo discente (tipo!!!!?????!!!!????? Apanhar do ar)


Carregar ppt "Workshop “Habitar no Mundo Pós- industrial”. Workshop “Habitar no Mundo Pós- industrial” Tema/Grupo 1: Produção de um manifesto (RGEU) Repensar a normativa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google