A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Nascido em Florença (maio ou junho de 1265), Dante pertenceu a uma família de pequena nobreza, graças ao título de cavaleiro, outorgado a seu trisavô.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Nascido em Florença (maio ou junho de 1265), Dante pertenceu a uma família de pequena nobreza, graças ao título de cavaleiro, outorgado a seu trisavô."— Transcrição da apresentação:

1

2 Nascido em Florença (maio ou junho de 1265), Dante pertenceu a uma família de pequena nobreza, graças ao título de cavaleiro, outorgado a seu trisavô Cacciaguida, pelo imperador Conrado III. A família, de condição modesta, vivia do comércio local, de câmbio e pequenos empréstimos: uma típica família florentina dos séculos XII e XIII. As reviravoltas da Cida política foram a causa do exílio de Bellincione, o avô de Dante.

3 Aos 5 anos de idade perdeu a mãe. Tempos depois morre o pai, comerciante que fez maus negócios. Dante, então, torna-se chefe de família, aos 16 ou 17 anos. Recebera instrução que se ministrava aos jovens florentinos de sua condição social: instrução primária – gramática e retórica – na casa de um pedagogo, e, depois, o ensino do "trivium" e do "quadrivium" na escola da igreja episcopal.

4 Muito cedo, ele se consagra à poesia: o soneto "A ciascun'alma presa" que encabeça a Vita Nuova, parece ter sido escrito em Nos estudos, dedica-se, de início, aos literários, filosóficos e teológicos ( ). Depois de passar, talvez, pela Universidade de Bolonha (1287), ele freqüenta intelectuais florentinos. Assimila a retórica clássica e medieval, a cultura francesa, a poesia cortês siciliana e toscana.

5 Os interesses de Dante, no entanto, não se limitam aos estudos. Em 1295, aos trinta anos, passa a tomar parte na política florentina, à beira da guerra civil. A motivação foram as novas medidas que devolviam os direitos civis aos nobres, com a condição de que se inscrevessem numa corporação. Dante inscreve-se imediatamente na dos médicos e farmacêuticos. Até o ano de 1300, participa ativamente da vida política de Florença, tendo assento em diversos conselhos e é encarregado de missões diplomáticas importantes.

6 De acordo com os relatos, Dante, que havia ido a Roma para uma audiência com o Papa, não teve oportunidade sequer de retornar antes de sua condenação, em janeiro de Sentenciado a uma pena pecuniária, a dois anos de prisão e à perda dos direitos civis e, principalmente, a justificar-se perante um tribunal por sua ação política contra os Pretos. Dante não teve a ingenuidade de apresentar-se: era o exílio. Condenado à morte por contumácia, em março de 1302, nunca mais iria rever Florença.

7 Em 1304, Dante rompe definitivamente com os Brancos exilados, ao dar-se conta de que eles estão animados apenas pelo facciosismo.

8 Os primeiros anos no exílio, entretanto, são preenchidos com enorme trabalho de criação literária: Canções doutrinais e morais, cartas em latim; O tratado filosófico; O Banquete – uma obra inacabada, composta de três odes; Divina Comédia.

9 A partir de 1315, fixa-se em Verona por dois anos, na corte de Cangrande della Scala. Ali faz a revisão de "Inferno", divulgado desde fins de 1314, escreve "Purgatório", que começa a circular em 1315 e começa o "Paraíso". Nessa ocasião redige a carta de dedicatória do "Paraíso" a Cangrande e a "Monarchia" (1317). Em 1316, recebe o perdão do exílio e é convidado pelo governo a retornar a Florença, mas as condições impostas são humilhantes, semelhantes àquelas reservadas aos criminosos. Dante rejeita o convite. Em represália à sua negativa, recebe nova condenação, dessa vez extensiva aos filhos.

10 Em 1321, ao regressar de uma embaixada, desempenhada em Veneza por conta de Guido da Polenta. Dante adoece e é vencido pela malária. Morre em Ravena na noite de 13 para 14 de setembro de Foi sepultado na Igreja de São Francisco.

11 Segundo o relato da Vita Nuova, Dante, já órfão de mãe, ainda criança – aos nove anos de idade – conhece Beatriz, da mesma idade, por quem se apaixona. Nessa época, os casamentos são motivados por alianças políticas entre as famílias. Aos doze anos, Dante já está prometido em casamento a uma moça da família Donati. Dante e Beatriz

12 Data deste período ( ), época em que escreve Vita Nuova, o desvio do reto caminho, de que se declarará culpado – o que fornece o ponto de partida da narração de A Divina Comédia, mas sem nunca especificá-lo. Presume-se que se trate de uma tríplice infidelidade: à recordação de Beatriz, à doutrina do amor sublimado, ao "dolce stil nuovo ".

13 Obras de Dante Alighieri

14 A Divina Comédia

15 A DIVINA COMÉDIA foi iniciada em 1308, mas só concluída ao final da vida de Dante. Trata-se de um poema em três partes, Inferno, Purgatório e Paraíso, que descreve a jornada de Dante para encontrar Deus, acompanhado de Virgilio (simbolizando a razão humana), até o ponto em que Beatriz (a graça divina) deve guiá-lo. Na sua viagem ele pára para conversar com todos os tipos de pessoas, tanto contemporâneas quanto figuras da Antiguidade e da mitologia. Conforme desce através dos nove círculos do Inferno até Satã, é apanhado em armadilha de gelo no centro da terra e sobe a montanha de sete andares até o Purgatório; vai sendo gradualmente purificado de seus pecados, ficando pronto para ser conduzido pela série de esferas celestiais ao Império de Deus. A Divina Comédia é uma cosmografia completa do conhecimento medieval e uma profunda recapitulação da doutrina cristã da queda e da redenção, colocada em versos de sublime e majestosa beleza, especialmente na criação de imagens. Representa o pináculo da poesia italiana.

16 No inferno os lugares mais quentes são reservados àqueles que escolheram a neutralidade em tempo de crise. Dante Alighieri Inferno

17 Não há maior dor do que a de nos recordarmos dos dias felizes quando estamos na miséria. Dante Alighieri Purgatório

18 "Quem és tu que queres julgar, com vista que só alcança um palmo, /coisas que estão a mil milhas ?" Dante Alighieri - " Paraíso " Paraíso


Carregar ppt "Nascido em Florença (maio ou junho de 1265), Dante pertenceu a uma família de pequena nobreza, graças ao título de cavaleiro, outorgado a seu trisavô."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google