A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Renascimento : o rei queria se imortalizar, a nobreza queria sua casa mais bonita e a burguesia, status. Renascimento Idade Média.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Renascimento : o rei queria se imortalizar, a nobreza queria sua casa mais bonita e a burguesia, status. Renascimento Idade Média."— Transcrição da apresentação:

1

2 Renascimento : o rei queria se imortalizar, a nobreza queria sua casa mais bonita e a burguesia, status. Renascimento Idade Média

3 Fatores que favoreceram a expansão do Renascimento O fim da Idade Média(formação dos Estados Nacionais),o reaquecimento do comércio(crescimento das cidades),assim como,a conquista da América,trouxeram mudanças na maneira de pensar e viver de muitas pessoas,tais como:antropocentrismo,individualismo e racionalismo. Com o desenvolvimento do comércio se fortalece uma nova classe social – A Burguesia que tem interesses em crias novos valores(a ação do homem tem mais valor que a influência divina) de forma a ganhar mais prestígio social e combater a sociedade estamental do período medieval.Para os burgueses o lucro depende da observação e do cálculo e não de experiências sobrenaturais.Eles querem usufruir na terra o sucesso de seus negócios. A ação dos mecenas(pessoas que financiavam a arte).Entre os principais mecenas estavam os banqueiros,monarcas e papas.Os reis financiavam o renascimento como forma de se imortalizarem e promoverem grandes feitos do seu governo e os papas como forma de tornar as Igrejas mais bonitas e atrair novos fiéis. A invenção da Imprensa- Aumentou a publicação de livros,fazendo com que as idéias do Renascimento se espalhassem.Diferente do período medieval,onde os livros eram escritos por monges copistas. O Humanistas- Eram estudiosos da cultura clássica(greco-romana)que valorizavam o Homem,criticando os valores defendidos pelos teólogos católicos medievais.

4 Características Gerais do Renascimento : antropocentrismo ( o homem no centro): valorização do homem como ser racional. Para os renascentistas o homem era visto como a mais bela e perfeita obra da natureza. Tem capacidade criadora e pode explicar os fenômenos à sua volta. otimismo: os renascentistas acreditavam no progresso e na capacidade do homem de resolver problemas. Por essa razão apreciavam a beleza do mundo e tentavam captá-la em suas obras de arte. racionalismo: tentativa de descobrir pela observação e pela experiência as leis que governam o mundo. A razão humana é a base do conhecimento. Isto se contrapunha ao conhecimento baseado na autoridade, na tradição e na inspiração de origem divina que marcou a cultura medieval. humanismo : o humanista era o indivíduo que traduzia e estudava os textos antigos, principalmente gregos e romanos. Foi dessa inspiração clássica que nasceu a valorização do ser humano. Uma das características desses humanistas era a não especialização. Seus conhecimentos eram abrangentes.

5 hedonismo: valorização dos prazeres sensoriais. Esta visão se opunha à idéia medieval de associar o pecado aos bens e prazeres materiais. individualismo: a afirmação do artista como criador individual da obra de arte se deu no Renascimento. O artista renascentista assinava suas obras, tomando­se famoso. inspiração na antiguidade clássica : os artistas renascentistas procuraram imitar a estética dos antigos gregos e romanos. O próprio termo Renascimento foi cunhado pelos contemporâneos do movimento, que pretendiam estar fazendo re­nascer aquela cultura, desaparecida durante a Idade das Trevas (Média). MARINHO

6 Características da Arte Renascentistas Busca da perfeição ao retratar o Homem. Uso da profundidade e perspectiva. Uso de figuras geométricas. Proporcionalidade.

7 Imagens

8

9

10

11 Causas da Itália ser o Berço do Renascimento Não gastou dinheiro para formar o seu Estado Nacional. Veneza,Genova,Florença e Roma,possuíam uma burguesia endinheirada devido ao monopólio do comercio das especiarias do oriente. Havia na região,muitas obras clássicas,principalmente após a queda de Constantinopla em 1453,onde muitos intelectuais bizantinos,fugiram para as cidades italianas,levando as obras greco-romanas.

12 Causas da decadência do Renascimento A Perda do monopólio das especiarias. A ação da Contra-Reforma


Carregar ppt "Renascimento : o rei queria se imortalizar, a nobreza queria sua casa mais bonita e a burguesia, status. Renascimento Idade Média."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google