A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O LIVRO DOS ESPÍRITOS LIVRO QUARTO CAPÍTULO II A A.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O LIVRO DOS ESPÍRITOS LIVRO QUARTO CAPÍTULO II A A."— Transcrição da apresentação:

1 O LIVRO DOS ESPÍRITOS LIVRO QUARTO CAPÍTULO II A A

2 NATUREZA DAS PENAS E GOZOS FUTUROS QUESTÕES 965 A 982

3 AS PENAS E GOZOS DA ALMA, DEPOIS DA MORTE, NADA TEM DE MATERIAL, PELO SIMPLES FATO DE QUE A ALMA NÃO É MATÉRIA.

4 O QUE É ALMA ?

5 SER IMATERIAL E INDIVIDUAL QUE RESIDE EM NÓS E SOBREVIVE AO CORPO; PRINCÍPIO DA VIDA; PRINCÍPIO ESPIRITUAL DO HOMEM; ESPÍRITO

6 CENTELHA DIVINA

7 ENTRETANTO, SÃO MIL VEZES MAIS VIVOS DO QUE OS QUE EXPERIMENTA NA TERRA, PORQUE O ESPÍRITO, UMA VEZ LIBERTO, É MAIS IMPRESSIONÁVEL, A MATÉRIA NÃO MAIS LHE ENFRAQUECE AS SENSAÇÕES.

8 O HOMEM FAZ UMA IDÉIA GROSSEIRA E ABSURDA DA VIDA FUTURA, PORQUE A SUA INTELIGÊNCIA AINDA NÃO SE DESENVOLVEU O BASTANTE PARA COMPREENDE-LA.

9 CRENÇA POPULAR ARDER NO FOGO DO INFERNO ETERNAMENTE

10 O INFERNO DE DANTE

11 BARQUEIRO CARONTE

12 A CAMINHO DO PARAÍSO

13 VOSSA LINGUAGEM É MUITO IMPERFEITA PARA EXPRIMIR O QUE EXISTE ALÉM DO VOSSO ALCANCE. FOI NECESSÁRIO FAZER COMPARAÇÕES, SENDO AS IMAGENS E FIGURAS TOMADAS COMO A PRÓPRIA REALIDADE.

14 EM QUE CONSISTEM OS SOFRIMENTOS DOS ESPÍRITOS INFERIORES?

15 OS SOFRIMENTOS SÃO TÃO VARIADOS QUANTO AS CAUSAS QUE OS PRODUZEM E PROPORCIONAIS AO GRAU DE INFERIORIDADE,COMO AS ALEGRIAS SÃO PROPORCIONAIS AO GRAU DE SUPERIORIDADE

16 COBIÇA, MÁGOA, CIÚME, RAIVA, DESESPERO, DECORRENTES DE TUDO O QUE OS IMPEDE DE SEREM FELIZES, REMORSOS E UMA ANSIEDADE MORAL INDEFINÍVEL.

17 DESEJAM TODOS OS PRAZERES DA VIDA MAS NÃO PODENDO SATISFAZE-LOS, FICAM TORTURADOS

18 O HOMEM INCAPAZ DE TRADUZIR A NATUREZA DO SOFRIMENTO NÃO ENCONTROU PARA ELA COMPARAÇÃO MAIS ENÉRGICA QUE A DO FOGO, (...) TIPO DO SUPLÍCIO MAIS CRUEL E O SÍMBOLO DA AÇÃO MAIS ENÉRGICA.

19 A CRENÇA NO FOGO ETERNO REMONTA À MAIS ALTA ANTIGUIDADE E OS POVOS MODERNOS A HERDARAM-NA DOS ANTIGOS.

20 ARDER NO FOGO DO INFERNO

21 (...) CADA UM É CORRIGIDO NAQUILO QUE ERROU. ASSIM É QUE UNS O SÃO PELA INCESSANTE VISÃO DO MAL QUE FIZERAM, OUTROS PELOS REMORSOS, PELO MEDO, PELA VERGONHA, A DÚVIDA, O ISOLAMENTO, AS TREVAS, A SEPARAÇÃO DOS QUE LHE SÃO CAROS ETC.

22 A HISTÓRIA DE NOVEL LIVRO CEU E INFERNO

23 A VIDA QUE EU DEIXAVA AOS 21 ANOS ERA AINDA TÃO VIGOROSA QUE EU NÃO PODIA CRER NA SUA PERDA. POR ISSO PROCURAVA O CORPO, ESTAVA ADMIRADO, APAVORADO POR ME VER PERDIDO NUM TURBILHÃO DE SOMBRAS

24 POR FIM, A CONSCIÊNCIA DO MEU ESTADO E A REVELAÇÃO DAS FALTAS COMETIDAS, EM TODAS AS MINHAS ENCARNAÇÕES, FERIRAM-ME SUBITAMENTE, ENQUANTO UMA LUZ IMPLACÁVEL ME ILUMINAVA OS MAIS SECRETOS ÂMAGOS DA ALMA, QUE SE SENTIA DESNUDADA E LOGO POSSUÍDA DE VERGONHA ACABRUNHANTE.

25 EM QUE CONSISTE A FELICIDADE DOS BONS ESPÍRITOS?

26 CONHECER TODAS AS COISAS. NÃO SENTIR ÓDIO, NEM CIÚMES, INVEJA OU AMBIÇÃO, NEM QUALQUER DAS PAIXÕES QUE OCASIONAM A INFELICIDADE DOS HOMENS.

27 O AMOR QUE OS UNE É FONTE DE SUPREMA FELICIDADE. NÃO EXPERIMENTAM AS NECESSIDADES, OS SOFRIMENTOS, NEM AS ANGÚSTIAS DA VIDA MATERIAL.

28 A FELICIDADE DOS ESPÍRITOS É PROPORCIONAL À ELEVAÇÃO MORAL DE CADA UM. SÃO FELIZES COM O BEM QUE FAZEM

29 SOMENTE OS ESPÍRITOS PUROS USUFRUEM DA FELICIDADE SUPREMA, MAS OS OUTROS TAMBÉM SÃO RELATIVAMENTE FELIZES

30 OS QUE SÃO BASTANTE ADIANTADOS COMPREENDEM A FELICIDADE DOS QUE AVANÇARAM MAIS QUE ELES, E A ELA ASPIRAM, MAS ISSO É PARA ELES MOTIVO DE EMULAÇÃO E NÃO DE INVEJA

31 SABEM QUE DELES DEPENDE ALCANÇÁ-LA E TRABALHAM COM ESSE FITO, MAS COM A CALMA DA CONSCIÊNCIA PURA. SENTEM-SE FELIZES DE NÃO TER DE SOFRER O QUE SOFREM OS MAUS.

32 OS ESPÍRITOS PUROS CONHECEM E SABEM TODAS AS COISAS; DÃO ÚTIL EMPREGO À INTELIGÊNCIA, AUXILIANDO O PROGRESSO DOS OUTROS ESPÍRITOS

33 A ALMA QUE CHEGOU A UM CERTO GRAU DE PUREZA EXPERIMENTA A FELICIDADE. UM SENTIMENTO DE DOCE SATISFAÇÃO A ENVOLVE; SENTE-SE FELIZ COM TUDO O QUE VÊ E QUE A RODEIA; O VÉU SE ELEVA, PARA ELA, DESCOBRINDO OS MISTÉRIOS E AS MARAVILHAS DA CRIAÇÃO E AS PERFEIÇÕES DIVINAS SE MOSTRAM EM TODO O SEU ESPLENDOR

34 A CRENÇA NO ESPIRITISMO AJUDA O HOMEM A SE MELHORAR AO LHE FIXAR AS IDÉIAS SOBRE DETERMINADOS PONTOS DO FUTURO; ELA APRESSA O ADIANTAMENTO DOS HOMENS E DAS MASSAS PORQUE PERMITE CONSIDERARMOS O QUE SEREMOS UM DIA: É UM PONTO DE APOIO, UMA LUZ QUE NOS GUIA.

35 O ESPIRITISMO ENSINA A SUPORTAR AS PROVAS COM PACIENCIA E RESIGNAÇÃO, DESVIA O HOMEM DA PRÁTICA DOS ATOS QUE PODEM RETARDAR-LHE A FELICIDADE FUTURA, E É ASSIM QUE CONTRIBUI PARA A SUA FELICIDADE.

36 A A

37 A A

38


Carregar ppt "O LIVRO DOS ESPÍRITOS LIVRO QUARTO CAPÍTULO II A A."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google