A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Subcomitê de QSMS da IETEG 18/07/08. dos acidentes nos canteiros de obras são considerados simples.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Subcomitê de QSMS da IETEG 18/07/08. dos acidentes nos canteiros de obras são considerados simples."— Transcrição da apresentação:

1 Subcomitê de QSMS da IETEG 18/07/08

2 dos acidentes nos canteiros de obras são considerados simples

3 Objetivos: –Reforçar a importância das auditorias comportamentais; –Estimular os encarregados/supervisores a direcionarem os DDSMS aos riscos das atividades e; –Chamar a atenção dos trabalhadores para detalhes (simples e perigosos) das obras.

4 Públicos: –Fiscalização; –Supervisores/Encarregados; –Força de Trabalho Contratada. Período: semana de 28/07 a 01/01

5

6 Palestra Fiscalização

7 dos acidentes nos canteiros de obras são considerados simples

8 Situações consideradas SIMPLES e PERIGOSAS nos canteiros de obra

9 DESVIO: TÁBUA NO PISO COM PREGO. PISAR EM PREGO

10 REBATA OS PREGOS NAS TÁBUAS. PISAR EM PREGO

11 DESVIO: PREGO EM TÁBUA PRÓXIMA AO ANDAIME. PISAR EM PREGO

12 MANTENHA OS ACESSOS LIVRES. PISAR EM PREGO

13 DESLOCAMENTO DESVIO: FALTA DE RAMPA.

14 GARANTA ACESSO SEGURO. DESLOCAMENTO

15 DESVIO: NÃO UTILIZAÇÃO DE CORRIMÃO AO DESCER A ESCADA. DESLOCAMENTO

16 AO DESCER A ESCADA UTILIZE O CORRIMÃO. DESLOCAMENTO

17 DESVIO: PRESENÇA DE POÇA D´ÁGUA EM PISO. DESLOCAMENTO

18 GARANTA O ACESSO SEGURO.

19 DESVIO: FALTA DE ATENÇÃO ÀS INTERFERÊNCIAS NA ÁREA DE TRABALHO. BATER CONTRA

20 DESLOCAMENTO ESTEJA ATENTO DURANTE ATIVIDADES EM ÁREAS COM ESTRUTUTA METÁLICA.

21 DESVIO: PRESENÇA DE ELEMENTOS PONTIAGUDOS EM CIRCULAÇÃO. BATER CONTRA

22 DESLOCAMENTO MANTENHA A ÁREA DE CIRCULAÇÃO SINALIZADA.

23 DESVIO: PRESENÇA DE ELEMENTOS PONTIAGUDOS EM CIRCULAÇÃO. BATER CONTRA

24 PROTEJA AS ÁREAS DE CIRCULAÇÃO.

25 EQUIPAMENTO ELÉTRICO DESVIO: UTILIZAÇÃO DE FERRAMENTA INADEQUADA.

26 EQUIPAMENTO ELÉTRICO UTILIZE A FERRAMENTA ADEQUADA EM ESPAÇOS APERTADOS.

27 EQUIPAMENTO ELÉTRICO DESVIO: NÃO UTILIZAÇÃO DO EMPURRADOR.

28 EQUIPAMENTO ELÉTRICO UTILIZE O EMPURRADOR E POSICIONE AS MÃOS DE FORMA ADEQUADA.

29 DESVIO: DESATENÇÃO DURANTE A ATIVIDADE. ANDAIME

30 NA MONTAGEM DE ANDAIME É IMPORTANTE TRABALHAR EM SINTONIA COM O COMPANHEIRO.

31 ANDAIME DESVIO: PRESENÇA DE TUBO NO PISO.

32 ANDAIME O PISO ONDE SERÁ MONTADO O ANDAIME DEVE ESTAR LIVRE.

33 ANDAIME DESVIO: FALTA DE ISOLAMENTO NA DESMONTAGEM DO ANDAIME.

34 ANDAIME ISOLE A ÁREA.

35 MOVIMENTAÇÃO MANUAL DESVIO: COLOCAÇÃO DO PÉ EMBAIXO DA CARGA.

36 MOVIMENTAÇÃO MANUAL AO POSICIONAR A CARGA NO PISO, ESTEJA ATENTO A POSIÇÃO DOS PÉS.

37 MOVIMENTAÇÃO MANUAL DESVIO: NÃO COLOQUE A MÃO EMBAIXO DA CARGA.

38 MOVIMENTAÇÃO MANUAL FIQUE ATENTO NA POSIÇÃO PARA PEGAR A CARGA.

39 MOVIMENTAÇÃO MANUAL DESVIO: NÃO MOVIMENTE A CARGA EM LOCAL APERTADO.

40 MOVIMENTAÇÃO MANUAL VERIFIQUE O CAMINHO AO MOVIMENTAR A CARGA.

41 MOVIMENTAÇÃO MECANIZADA DESVIO: TRABALHADOR GUIANDO A CARGA COM AS MÃOS.

42 MOVIMENTAÇÃO MECANIZADA UTILIZE O CABO GUIA.

43 MOVIMENTAÇÃO MECANIZADA DESVIO: FALTA DE ISOLAMENTO DA ÁREA.

44 MOVIMENTAÇÃO MECANIZADA ISOLE A ÁREA.

45 MOVIMENTAÇÃO MECANIZADA DESVIO: AMARRAÇÃO INADEQUADA DA CARGA.

46 MOVIMENTAÇÃO MECANIZADA AMARRE A CARGA CORRETAMENTE.

47 FERRAMENTA MANUAL DESVIO: UTILIZAÇÃO INADEQUADA DA FERRAMENTA.

48 FERRAMENTA MANUAL AO DESFORMAR COM PÉ DE CABRA, ATENÇÃO PARA NÃO SER ATINGIDO PELA FERRAMENTA.

49 FERRAMENTA MANUAL DESVIO: GOLPEAR COM PRESENÇA DE INTERFERÊNCIAS.

50 FERRAMENTA MANUAL VERIFIQUE A ÁREA AO GOLPEAR COM O MARTELO.

51 FERRAMENTA MANUAL DESVIO: COLOCAR A MÃO ENTRE 2 PEÇAS.

52 FERRAMENTA MANUAL VERIFIQUE A POSIÇÃO DE COLOCAÇÃO DA MÃO.

53 ORDEM, ORGANIZAÇÃO E LIMPEZA DESVIO: PRESENÇA DE TUBO SOBRE O PISO.

54 ORDEM, ORGANIZAÇÃO E LIMPEZA MANTENHA O ACESSO LIVRE.

55 ORDEM, ORGANIZAÇÃO E LIMPEZA DESVIO: PRESENÇA DE MANGUEIRA EM LOCAL DE ACESSO.

56 ORDEM, ORGANIZAÇÃO E LIMPEZA MANTENHA O ACESSO LIVRE.

57 SOLDAGEM DESVIO: DESATENÇÃO AO PEGAR PEÇA QUENTE SEM A LUVA.

58 SOLDAGEM ATENÇÃO EM ÁREAS COM PEÇAS QUE ACABAM DE SER SOLDADAS.

59 SOLDAGEM DESVIO: FALTA DE ISOLAMENTO DE ÁREA.

60 SOLDAGEM ISOLE A ÁREA.

61

62 Auditoria Comportamental É importante, porque não só anotamos os desvios como passamos a conversar com as pessoas, envolvendo-as na solução dos desvios encontrados. É preciso documentar e fazer acompanhamento.

63 Benefícios da Auditoria Focalizar a atenção em SMS; Identificar e corrigir desvios; Evitar acidentes e incidentes; Comunicar e esclarecer padrões esperados de SMS; Avaliar o nível de entendimento e aplicação dos padrões de SMS;

64 Avaliar o nível de eficácia do sistema de gestão de SMS; Identificar os pontos fortes e oportunidades de melhoria do sistema de gestão; Reforçar o comportamento/atitude em SMS quando positivo; Motivar as pessoas; Identificar onde as pessoas assumem riscos; Promover maior envolvimento do auditado

65 5% Devido a casos fortuitos 95% Devido ao comportamento e atitudes das pessoas

66 Você tem mostrado seu compromisso com SMS, através do exemplo positivo, de suas auditorias e de sua presença em campo ? Segurança é realmente valor para você ?

67


Carregar ppt "Subcomitê de QSMS da IETEG 18/07/08. dos acidentes nos canteiros de obras são considerados simples."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google