A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BIÓLOGO FORENSE Um criminoso sempre deixa algo na cena do crime, ou leva algo consigo Edmond Locard, 1910 Prof. - Biólogo Fabrício C. da Silva.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BIÓLOGO FORENSE Um criminoso sempre deixa algo na cena do crime, ou leva algo consigo Edmond Locard, 1910 Prof. - Biólogo Fabrício C. da Silva."— Transcrição da apresentação:

1 BIÓLOGO FORENSE Um criminoso sempre deixa algo na cena do crime, ou leva algo consigo Edmond Locard, 1910 Prof. - Biólogo Fabrício C. da Silva

2 Biologia Forense Quando quaisquer dois objetos entram em contato, sempre há transferência de material entre eles.

3 Quem dirigia o carro?

4 Marca dos pedais na sola das botas x sujeira das botas nos pedais

5 Instrumento X vítima Marcas do martelo no crânio da vítima Fragmentos de pele, sangue no martelo

6 O papel do laboratório forense. Definir os elementos do crime: drogas exame de teor. Indicar os caminhos para investigação: caso Adriano. Ligação de vítima/suspeito na cena do crime. Induzir suspeito a confessar: mancha de sangue veste vítima. Inocentar um suspeito: Mancha de esperma. Testemunhar na corte: apresentação de evidencias físicas no júri.

7 Cena do crime Código de Processo Penal. Art. 6º. Logo que tiver conhecimento da prática da infração penal, a autoridade policial deverá: I - dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a chegada dos peritos criminais; II - apreender os objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos criminais;.... VII - determinar, se for o caso, que se proceda a exame de corpo de delito e a quaisquer outras perícias.

8 Local do crime: vestígio

9 Local do crime

10 Fontes de evidência biológica Fluídos corporais (saliva, sangue, sêmen, urina) Cabelos Dentes Ossos

11 Material para coleta e preservação Maleta Suabe e/ou Cotonete Água destilada estéril/soro fisiológico Pinças Luvas descartáveis Máscara cirúrgica Envelopes Seringa descartável setas Tubos plásticos Lâmina de bisturi Lanterna Papel (tipo ofício/A4) Isopor (caixa/pedaço) Fita adesiva Sacos plásticos e papel Máquina fotográfica Toucas

12 Luz forense (saliva, fluido vaginal e sêmen)

13 Casos Ligação assassino com local do crime. Marido vai até a DP e diz encontrar a mulher morta no sofá as casa. Cabeça da vítima golpeada com objeto pesado Pedaços de plantas encontradas no corpo e roupas da vítima Tijolo contendo tecido e cabelos da vítima encontrado em um pequeno córrego em baixo da casa da vítima.

14 Caso Camisa do marido (A) com as mesmas algas do que as encontradas no córrego (B)

15 Caso de estupro. Vítima alega ter sido estuprada em um beco a aproximadamente 7 metros do carro do suspeito; Suspeito alega que nunca esteve há mais de 1 metro de seu carro e nunca entrou no beco; Amostras de solo coletadas das roupas do suspeito, da área onde vítima alega que foi estuprada e da área próxima ao carro do suspeito;

16 Caso de estupro Amostra% pólen do gênero Coprosma Beco 76 Carro suspeito 8 Roupa suspeito 80

17 Caso Língua Mês de julho, foi encaminhada uma porção de uma língua, proveniente de uma cidade dos arredores de Porto Alegre. Junto a língua um bilhete: Essa não fala mais, quero ver encontrar o corpo Odonto-legista - Médico-legista - DNA

18 Caso Assassinato Populares atrapalham na perícia (muitas baganas de cigarro em baixo da janela)

19 Tipos de Amostras Utilizadas p/ exames de DNA: saliva; - pêlos (com bulbo/DNA nuclear); - ossos; - manchas de esperma; - swab vaginal, anal, bucal; - dentes; - baganas de cigarro - impressões digitais

20 Análise de DNA em Casos Forenses:Histórico 1986 (Leicester-UK) -estupro e homicídio- 2 vítimas (sêmen coletado c/ o mesmo perfil genético, mas # do perfil do suspeito 1). Polícia- Assassino era jovem e vivia no distrito Colheita de sangue de todos os homens da região Perfil genético do estuprador # de todos Polícia descobre que uma pessoa tinha doado 2 amostras de sangue (uma em nome dele e outra em nome de Colin Pichfork) perfil de Colin idêntico ao do estuprador e assassino

21 Limnologia Determinar se uma pessoa morreu afogada ou foi jogada morta em um corpo dágua? Incriminar um suspeito de homicídio por afogamento através da análise de suas roupas e sapatos? (caso meninos pescando) Determinar o período de submersão de um cadáver na água?

22 Botânica forense uma mulher foi assassinada e seu corpo foi deixado em uma fábrica abandonada, Um suspeito foi preso mas negou ter estado no local onde o corpo foi encontrado,

23 Botânica Forense Vagens da árvore Palo verde, espécie existente perto da fábrica, foram encontradas na parte traseira do caminhão do suspeito.

24 Entomologia forense INVESTIGAÇÕES DE HOMICÍDIO Qual a causa jurídica da morte? Quem é o morto? Como a morte ocorreu? Onde a morte ocorreu? Quando a morte ocorreu?

25 Entomologia forense Qual a causa jurídica?

26 Entomologia forense Quem é o morto ?

27 Entomologia forense Qual é a causa da morte?

28 Entomologia forense Onde a morte ocorreu? Urbana Rural

29 Quando a morte ocorreu?

30 Fases encontradas

31 Coleta e transporte de insetos adultos

32 Bioética na perícia Elaboração de especiarias

33 Bioética na perícia

34

35 Carne de vitela Rodeios Zoológicos


Carregar ppt "BIÓLOGO FORENSE Um criminoso sempre deixa algo na cena do crime, ou leva algo consigo Edmond Locard, 1910 Prof. - Biólogo Fabrício C. da Silva."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google