A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Carta Olímpica é:  um conjunto de regras e guias para a organização dos Jogos Olímpicos, para o comando do Movimento Olímpico.  a Carta Olímpica está.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Carta Olímpica é:  um conjunto de regras e guias para a organização dos Jogos Olímpicos, para o comando do Movimento Olímpico.  a Carta Olímpica está."— Transcrição da apresentação:

1

2 A Carta Olímpica é:  um conjunto de regras e guias para a organização dos Jogos Olímpicos, para o comando do Movimento Olímpico.  a Carta Olímpica está adaptada pelo Comité Olímpico Internacional  é o código dos Princípios Fundamentais, Regras e Estatutos.  Francês e Inglês são as línguas oficiais da Carta. NOTA: Entretanto, durante reuniões do COI, a carta é traduzida para alemão, espanhol, russo e árabe.

3 Capítulo 1: O Movimento Olímpico e suas ações Capítulo 2: O Comitê Olímpico Internacional Capítulo 3: As Federações Internacionais Capítulo 4: Os Comitês Olímpicos Nacionais Capítulo 5: Os Jogos Olímpicos

4  Artigo 2: A missão do COI é promover o Olimpismo pelo mundo e liderar o Movimento Olímpico. Isso inclui apoiar a ética no desporto, encorajar a participação desportiva, assegurar a realização dos Jogos Olímpicos de acordo com a agenda determinada, liderar a luta contra o doping, e opor-se ao abuso político e comercial sobre os atletas. proteger o Movimento Olímpico, além de apoiar o desenvolvimento do desporto.  Artigo 6: Os Jogos Olímpicos são uma competição entre atletas em eventos individuais ou coletivos, e não uma competição entre países.  Artigo 8: O símbolo olímpico é formado por cinco arcos interligados entre si, com as cores (da esquerda para a direita) azul, preto e vermelho na parte de cima, amarelo e verde na parte de baixo. [ [

5  Artigo 15: O Comitê Olímpico Internacional é uma organização não-governamental de duração ilimitada, na forma de associação com personalidade jurídica, e reconhecida pelo Conselho Federal suíço.  Artigo 17: Os poderes do COI são exercidos pelos seguintes órgãos: a Assembleia, o Conselho Executivo e o Presidente.  Artigo 19: O Conselho Executivo do COI é composto pelo Presidente, por quatro vice-presidentes e por outros dez membros. A escolha destes membros deve refletir a composição da Assembleia. O Conselho assume a responsabilidade sobre a administração do COI e o gerenciamento de seus negócios.

6 O Capítulo 3 trata do papel das Federações Internacionais no Movimento Olímpico. As Federações são organizações não-governamentais internacionais que administram os desportos no nível mundial e acompanham as organizações que administram os desportos no nível nacional. Para cada desporto que faz parte dos Jogos Olímpicos deve haver uma Federação. Essas Federações trabalham para assegurar o desenvolvimento dos desportos de acordo com a Carta e com o Espírito Olímpico. Com experiência técnica no seu desporto, a Federação controla a organização do desporto nos Jogos (o modo de disputa, a qualificação, a sede etc.).

7  Artigo 28: A missão dos Comitês Olímpicos Nacionais é desenvolver, promover e proteger o Movimento Olímpico nos seus respetivos países. O papel dos CONs em cada país é promover o Olimpismo, assegurar a observância da Carta Olímpica e encorajar a ética e o desenvolvimento do desporto. Eles são responsáveis pela representação do seu país nos Jogos e pela cooperação com governos e entidades não-governamentais durante os Jogos.

8  Esse capítulo refere-se às celebração dos Jogos Olímpicos, à eleição da cidades-sedes, ás quais os desportos compõem o programa dos Jogos, à cobertura da imprensa, à propaganda, entre outros assuntos.  Além disso, a Seção 3 do capítulo discute o protocolo aplicado às funções olímpicas nos eventos. Isso inclui as regras de uso da Bandeira Olímpica, da chama e das cerimônias de abertura e encerramento.

9 1. O Olimpismo é uma filosofia de vida que exalta e combina de forma equilibrada as qualidades do corpo, da vontade e do espírito. Aliando o desporto à cultura e educação, o Olimpismo é criador de um estilo de vida fundado no prazer do esforço, no valor educativo do bom exemplo e no respeito pelos princípios éticos fundamentais universais. 2. O objetivo do Olimpismo é o de colocar o desporto ao serviço do desenvolvimento harmonioso do Homem em vista dep promover uma sociedade pacífica preocupada com a preservação da dignidade humana. 3. O Movimento Olímpico é a acção, concertada, organizada, universal e permanente, de todos os indivíduos e entidades que são inspirados pelos valores do Olimpismo, sob a autoridade suprema do COI. Estende-se aos cinco continentes e atinge o seu auge com a reunião de atletas de todo o mundo no grande festival desportivo que são os Jogos Olímpicos. O seu símbolo é constituído por cinco anéis entrelaçados. 4. A prática do desporto é um direito do homem. Todo e qualquer indivíduo deve ter a possibilidade de praticar desporto, sem qualquer forma de discriminação e de acordo com o espírito Olímpico, o qual requer o entendimento mútuo, o espírito de amizade, de solidariedade e de fair play. As organização, administração e gestão do desporto devem ser controladas por organizações desportivas independentes. 5. Toda a forma de descriminação relativamente a um país ou a uma pessoa com base na raça, religião, política, sexo ou outra, é incompatível com a pertença ao Movimento Olímpico. 6. Pertencer ao Movimento Olímpico exige o respeito da Carta Olímpica e o reconhecimento pelo COI.


Carregar ppt "A Carta Olímpica é:  um conjunto de regras e guias para a organização dos Jogos Olímpicos, para o comando do Movimento Olímpico.  a Carta Olímpica está."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google