A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FENÔMENOS NATURAIS E IMPACTOS AMBIENTAIS. O que é um furacão •É um fenómeno que se forma nas águas quentes nos oceanos tropicais, no Oceano Atlânticos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FENÔMENOS NATURAIS E IMPACTOS AMBIENTAIS. O que é um furacão •É um fenómeno que se forma nas águas quentes nos oceanos tropicais, no Oceano Atlânticos."— Transcrição da apresentação:

1 FENÔMENOS NATURAIS E IMPACTOS AMBIENTAIS

2 O que é um furacão •É um fenómeno que se forma nas águas quentes nos oceanos tropicais, no Oceano Atlânticos Norte, mar caribenho, Golfo do México e no norte oriental do Oceano Pacífico, •O processo de formação do furacão é diferente do processo de formação do ciclone, a partir do momento em que surge o olho e as bandas de nuvens em rotação

3 COMO SE FORMA

4 Força de Coriolis •Força resultante da rotação terrestre; •São as diferenças de pressão à superfície que causam o movimento do ar (vento) das altas para as baixas pressões, num esforço para conseguir um equilíbrio; •O desvio aumenta com a velocidade do vento e com a latitude (a força de Coriolis é nula no equador e vai ficando mais forte à medida que a latitude aumenta).

5 Fig. 2 – Imagem representativa das forças de Coriolis Força de Coriolis

6 TABELA • Escala Saffir Simpson: • Categoria: • Intensidade • Velocidade em km/h • Ondas no litoral atingido • Pressão em milibar • Exemplo: • F-1 • mínima • • 1,3 a 1,7 • até 980 • Agnes 1972 • F-2 • moderada • • 1,8 a 2,9 • 965 a 979 • David 1979 • F-3 • extensa • • 3,0 a 4,0 • 945 a 964 • Hilda 1955 • F-4 • extrema • • 4,1 a 6,0 • 920 a 944 • Andrew 1992 • F-5 • catastrófica • acima de 250 • acima de 6,0 • menor que 920 • Camille 1969 •

7

8

9 CURIOSIDADE

10 MASSAS DE AR

11 PRESSÃO • PRESSÃO HIDROSTÁTICA • A unidade de pressão no SI é o Pascal (Pa), que é o nome adotado para N/m².

12 DIFERENÇA DE PRESSÃO

13 TERREMOTO

14 ZONAS DE TERREMOTO

15 ESTRUTURA DA TERRA(PLACAS)

16 TERREMOTOS Os tremores de terra são resultado de um conjunto de fatores que proporcionam o movimento das placas tectônicas. Em razão dos efeitos produzidos pelas forças que interagem no planeta, temos a sua atividade exercida pela ação da força do MAGNETISMO, ROTAÇÃO e EQUILÍBRIO.

17 SISMÓGRAFO

18 ESCALA RICHTER

19 RESULTADO

20 video

21 CONSEQUÊNCIAS • TSUNAMI • VULCÃO

22 TSUNAMI onda gigantesca: Estas ondas são altamente destrutivas, porque uma onda têm maior força, quando é mais elevada. OBS.: A relação, força, volume, altura da onda é uma matemática que se resume em uma equação aritmética, ou seja, uma onda de 60 cm terá quatro vezes a força de outra de 30 cm.

23 Comprimento de ondas

24

25 vulcão • 1) - Câmara magmática • Chaminé vulcânica, • Cratera • Cone vulcânico

26 • O vulcanismo consiste nos processos pelos quais o magma e os gases a ele associados ascendem à partir do interior da Terra, para a superfície da crosta terrestre incluindo a atmosfera. Ao ascender para a atmosfera terrestre, o volume de lava em temperaturas elevadíssimas, irrompe ao ser expelida das camadas internas do Manto, para atingir a superfície.

27

28 IMPACTOS AMBIENTAIS

29 INVERSÃO TÉRMICA • Este é um fenômeno natural que ocorre todo final de madrugada. O normal é que o ar quente esteja em baixo e o ar frio em cima. Com a inversão térmica, esta ordem é trocada. Porém, com a queima de combustíveis fósseis como o petróleo a Inversão Térmica está deixando de ser um fenômeno apenas natural e está ocorrendo em pleno dia. Assim, os gases poluentes não conseguem passar pela camada de ar frio que fica em baixo com a Inversão e acabam criando uma nuvem de fumaça que causa aumento da temperatura e doenças respiratórias. Abaixo está representado o normal e o inverti

30 DENSIDADE ESPECÍFICA • A unidade de densidade no SI é kg/m³.

31 Inversão térmica • Gggg

32 UM PROBLEMA URBANO

33 Ilhas de cALOR • Ocorre em grandes cidades, quando há a intensa desarborização e verticalização fazendo com que a temperatura da cidades suba muito. Embaixo está um esquema de ilha de calor:

34 DD

35 CORPO NEGRO

36 CHUVA ÁCIDA • quando as indústrias liberam no ar o enxofre, este vai se misturar com outras substâncias e formar o H2SO4( ácido sulfúrico). Em outras palavras, vai chover ácido sulfúrico causando a chuva ácida que causa doenças de pele, acidificação das águas e do solo, corrosão de metais e monumentos históricos, etc. Abaixo está o dano que a chuva ácida pode causar a um monumento:

37 CHUVA ÁCIDA • GGG

38 RAIO, RELÂMPAGO E TROVÃO

39 O QUE TEM EM COMUM

40 DEFINIÇÃO FÍSICA • Raio: • Relâmpago: • Trovão:

41 AQUECIMENTO GLOBAL É o efeito que causa aumento da temperatura global através da liberação de gases estufa como CO2 e CH4. Estes gases impedem que os raios ultravioletas do Sol voltem, mantendo-os presos na Terra.

42 Mecanismo de Efeito Estufa 1. A energia solar chega à Terra; 3. Uma parcela do que é devolvido reflete na atmosfera e volta para a Terra, mantendo o calor - Efeito Estufa. 2. A maior fração passa pela atmosfera para aquecer a Terra, sendo depois devolvida ao espaço

43 ESPECTRO DAS RADIAÇÕES

44 APLICAÇÃO- ESTUFA DE PLANTAS

45 VC

46 CONSEQUENCIAS

47 CURIOSIDADE São imensos blocos de gelo que se desprendem das geleiras polares

48 El niño É ocorrência de temperaturas mais altas que o normal no mar, normalmente no fim do ano

49 contatos •


Carregar ppt "FENÔMENOS NATURAIS E IMPACTOS AMBIENTAIS. O que é um furacão •É um fenómeno que se forma nas águas quentes nos oceanos tropicais, no Oceano Atlânticos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google