A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Lição 8 24 de maio de 2014. “E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Lição 8 24 de maio de 2014. “E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos."— Transcrição da apresentação:

1 Lição 8 24 de maio de 2014

2 “E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos. Disse-lhe ele: Quais? E Jesus disse: Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho; Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo.” (Mateus 19:17-19) Toda a lei, tanto os 10 mandamentos como outras partes da Toráh (Lev. 19:18) Jesus espera que aqueles que desejam passar a eternidade com Ele guardem a lei de Deus nesta vida. Acaso não queremos fazer a vontade de Deus na Nova Terra? Quais mandamentos devia guardar o jovem rico?

3 “Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.” (Mateus 22:40) Quais são estes dois mandamentos e que relação tem com a lei e os profetas (Mateus 22:35-40)? Se com sua morte Jesus houvesse anulado a lei, também estes dois mandamentos (incluídos na lei) haveriam sido anulados. Pelo contrário, Ele nos ensinou a cumprir TODA a lei de Deus.

4 “Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor.” (João 15:10)  Honrou a seus pais (Luc. 2:51)  Se negou a Adorar a Satanás (Luc. 4:8)  Guardou o sábado (Luc. 4:16)  Nunca pecou (Heb. 4:15)  Foi obediente toda sua vida (Fil. 2:5-11) De que maneira guardou Jesus os mandamentos de Deus? “E, achado na forma de homem, humilhou- se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.” (Filipenses 2:8) Se queremos permanecer no amor de Jesus, devemos lhe obedecer como Ele obedeceu a seu Pai e permaneceu em seu amor.

5 “O não guardar os mandamentos de Deus implica não amá-lo. Ninguém guardará a lei de Deus a menos que ame ao Unigênito do Pai. E com não menos segurança, se alguém o ama, expressará seu amor mediante sua obediência. Todos os que amem a Cristo serão amados pelo Pai, e ele se lhes manifestará. Em todas suas emergências e perplexidades terão o auxílio de Jesus Cristo.” E.G.W. (Cada dia com Deus, 13 de maio)

6 “Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.” (João 13:34) Jesus já havia ensinado muitas vezes, baseando-se em ensinamentos do Antigo Testamento, que devemos amar a amigos e a inimigos. Em que aspecto, pois, o amar-se uns aos outros era um mandamento NOVO? O matiz que o faz novo é este: Devemos amar-nos como Jesus nos amou. “Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro … E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão.” (1 João 4:19, 21)

7 “Para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo), para ganhar os que estão sem lei.” (1Corintios 9:21) Em seu intenção de salvar a todos, Paulo começava sua relação com os gentios sem usar, inicialmente, a lei de Deus, mas buscando assuntos afins através dos quais pudesse ensiná-los o amor de Deus. Em sua carta aos Coríntios, ele deixou claro que –mesmo não falando inicialmente da Lei quando pregava aos gentios- respeitava e obedecia a lei de Deus. Esta obediência, segundo Paulo, estava baseada na obediência à lei de Cristo (João 13:34). “Ao falar aos gentios, Paulo exaltava a Cristo, apresentando-lhes logo as imposições vigentes da lei. Demonstrava como a luz refletida pela cruz do Calvário dava significado e glória a toda a dispensação judaica” E.G.W. (Obreiros evangélicos, pg. 124)

8 A lei de Cristo é impulsionada pela misericórdia. Se não houvesse sido por sua morte expiatória, não haveria razão para guardar a Lei de Deus. Contudo, porque Cristo tornou possível a vida eterna, temos um incentivo para ser fiéis e retornar à observância da Lei de Deus depois de momentos de fraqueza. “Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo.” (Gálatas 6:2) Os cristãos deveriam usar a Lei de Cristo como um veículo para transportar o pecador arrependido de volta ao âmbito da Lei de amor de Deus.

9 “E também o Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo o juízo;” (João 5:22) Ser julgado por Aquele que passou pelas mesmas experiências que nós, e cuja lei é o amor, é reconfortante. Cumprir a Lei não se limita a obedecê-la a fim de ganhar o favor de Deus, mas que nos chama a repartir o amor de Deus com aqueles que o necessitam. Como norma do Juízo, a Lei mede o nível de amor que a pessoa tem repartido com Deus e a humanidade. Quando Cristo preside o Juízo Final, usará a Lei de amor de Deus, que é invariável, como a norma segundo a qual pronunciará as sentenças (Tia. 2:12).


Carregar ppt "Lição 8 24 de maio de 2014. “E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google