A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Escola Secundária S. João da Talha Psicologia B Prof. Manuela Arriaga Diversidade Cultural Casamento nas diversas culturas Trabalho realizado por: Catarina.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Escola Secundária S. João da Talha Psicologia B Prof. Manuela Arriaga Diversidade Cultural Casamento nas diversas culturas Trabalho realizado por: Catarina."— Transcrição da apresentação:

1 Escola Secundária S. João da Talha Psicologia B Prof. Manuela Arriaga Diversidade Cultural Casamento nas diversas culturas Trabalho realizado por: Catarina Cunha nº-4 12º-A Susana Bento nº-16 12º-A

2 Introdução Define-se cultura por ser uma “herança social”, de carácter material e espiritual. Entende-se por ser o sistema de crenças, valores, normas, artes, costumes, tradições e saberes que, posteriormente, são transmitidos à geração seguinte.

3 Casamento nas diversas culturas Na nossa cultura o casamento é celebrado de uma certa maneira, realiza-se a cerimónia e de seguida ocorre o tradicional copo de água. No entanto, devido à diversidade cultural o casamento é vivido e celebrado de formas diferentes em países com culturas e tradições diferentes.

4 Casamento nas diversas culturas Índia Neste país é habitual as amigas e familiares da noiva decorarem-lhe as mãos e os pés com desenhos elaborados. Os desenhos são muito detalhados e demoram horas para ficarem prontos. Uma outra tradição é a noiva estar adornada com muitas jóias. Ela também pode fazer o ritual de deitar arroz na casa do noivo com o objectivo de trazer boa sorte à união.

5 Casamento nas diversas culturas Rússia Neste país, antes do casamento, o noivo aparece na casa da noiva e pede-a novamente em casamento, contudo, os seus amigos e familiares recusam o pedido até que ele dê presentes, ou outra coisa de forma a recuperar a noiva. A partir daí ele é obrigado a fazer danças e a aceitar outras brincadeiras. No momento em que o noivo impressiona os amigos e familiares consegue recuperar a noiva.

6 China Neste país a noiva possui três vestidos para usar ao longo da festa. Primeiro usa um vestido vermelho, de seguida troca para o vestido branco e depois um vestido com a cor à sua escolha. Casamento nas diversas culturas Polónia O casamento na Polónia pode durar três dias ou até mais, entre a cerimónia principal, a festa com rituais, comidas, bebidas, danças e brincadeiras, além de outras celebrações. Essa tradição veio como uma forma do povo estender os momentos de alegria, depois de ter sofrido tanto durante a guerra.

7 Grécia Para os gregos a celebração da união do casal começa dois ou três dias antes do casamento, quando os noivos organizam uma festa na sua nova casa. No dia do casamento, o noivo não pode ver a noiva até o momento esperado da união. Após a cerimónia, geralmente o casal realiza uma festa grande geralmente até à manhã seguinte. Como símbolo de sorte e prosperidade, os gregos realizam uma quebra de pratos ao som de uma música folclórica tradicional. Casamento nas diversas culturas

8 Casamentos “estranhos” Apesar das cerimónias que analisámos anteriormente serem de culturas diferentes elas não divergem muito da nossa maneira de celebrar o casamento contudo, existem algumas tradições que, do nosso ponto de vista, podem ser consideradas bizarras.

9 Índia Em algumas regiões deste país as mulheres são forçadas a casarem-se com animais de a forma de exorcizarem o mal. Isso acontece onde existe a crença de que os fantasmas podem habitar dentro de certas pessoas. animais de a forma de exorcizarem o mal. Mas este casamento é apenas simbólico, posteriormente as raparigas podem voltar a casar com um homem quando os "espíritos" tiverem sido expulsos. Casamentos “estranhos”

10 Malásia Os noivos estão proibidos de ir á casa de banho durante as 72 horas antes do casamento. De acordo com a crença, se o casal consegue passar por essa prova torturadora são capazes de sobreviver a uma vida juntos. Quénia Em algumas regiões do Quénia, no primeiro mês após o casamento, o noivo deve vestir roupas femininas e desfilar pela aldeia para compreender o quão difícil é ser uma mulher.

11 Casamentos “estranhos” Mauritânia Na região da Mauritânia, a mulher ideal para casar tem de ser obesa. Por isso, desde muito cedo que as raparigas são obrigadas pelas mães a ingerir grandes quantidades de comida. Tudo o que importa para as famílias é que a rapariga fique o mais pesada possível, nem que isso a faça ficar doente, a fim de vendê-la por um preço alto quando ela atingir a idade para se casar.

12 Diversidade Cultural: Numa sociedade confluem várias culturas onde se contrapõe várias realidades que se prendem com os diferentes saberes, valores, entre outros enraizadas dessa mesma cultura. Tendo em conta os casos apresentados, cada cultura celebra o casamento de acordo com os seus princípios. Sendo assim cada individuo desencadeia um conjunto de respostas de acordo com as suas tradições. Diversidade cultural e comportamento

13 Tendo em conta que o ser humano é dotado de um programa genético aberto, este tem a capacidade de aprender, melhorar e adaptar-se a novas situações. É esta adaptação que lhe permite ser sensível à cultura e usá-la para desencadear respostas perante um estímulo. Ser humano Biopsicossocial HereditariedadeMenteOutros

14 Os seres humanos “crescem num jogo adaptativo “ entre as tendências naturais (natureza/hereditariedade) e a sociedade (cultura). Desde cedo que o seu humano “sente” o peso das tradições culturais, que lhe impõem regras. As respostas podem começar a carecer de originalidade no entanto isso não acontece porque o ser humano tem a capacidade de se adaptar ao meio em que está inserido. Diversidade cultural e comportamento Ser Humano Produtor Produto

15 Diversidade cultural e comportamento Um ser auto-organiza-se tendo em mente a influência da cultura e da própria natureza, mas estes factores nunca comprometem a sua singularidade. Auto-organização O ser humano ao longo do tempo constrói uma identidade em função dos traços culturais e experiência que viveu. Ao nos desenvolvermos numa cultura ficamos condicionados na nossa formação psicológica e social.

16 PT&tbo=d&biw=1440&bih=740&tbm=isch&tbnid=6X7ImZqdZArecM:&imgrefurl=http://www.comospesnomundo.co m/casamento-indiano/&docid=AqsoU9laDmz8zM&imgurl=http://www.comospesnomundo.com/wp- content/uploads/2009/01/wedding3.jpg&w=640&h=427&ei=95b0UJfHHsSQhQefsIDgCw&zoom=1&iact=hc&vpx=11 24&vpy=461&dur=365&hovh=183&hovw=275&tx=165&ty=153&sig= &page=1&tbnh=143 &tbnw=198&start=0&ndsp=30&ved=1t:429,r:22,s:0,i:215 PT&tbo=d&biw=1440&bih=740&tbm=isch&tbnid=rNNQSiB2dqqrRM:&imgrefurl=http://ideiasparaocasamento.blogsp ot.com/2012/04/casamento-indiano.html&docid=CNBxWgDJ0m6qLM&imgurl=http://1.bp.blogspot.com/- qFVHyCzwAkE/Tl1yVbJgwPI/AAAAAAAAAt8/U0E7RaOClBo/s1600/larockphotography.jpg&w=1152&h=768&ei=95b0UJ fHHsSQhQefsIDgCw&zoom=1&iact=hc&vpx=166&vpy=367&dur=604&hovh=183&hovw=275&tx=188&ty=103&sig= &page=2&tbnh=130&tbnw=192&start=30&ndsp=36&ved=1t:429,r:38,s:0,i:263 Webgrafia

17 PT&tbo=d&biw=1440&bih=740&tbm=isch&tbnid=Ri2o3I3dSlcoeM:&imgrefurl=http://pt.dreamstime.com/foto-de- stock-pares-chineses-do-casamento- image &docid=Zak3Hnfqat9OgM&itg=1&imgurl=http://thumbs.dreamstime.com/x/pares-chineses-do- casamento jpg&w=301&h=450&ei=9pj0UKHbIZO5hAfCnoCgDg&zoom=1&iact=hc&vpx=640&vpy=298&dur=1073&h ovh=275&hovw=184&tx=118&ty=173&sig= &page=3&tbnh=146&tbnw=91&start=68&nd sp=38&ved=1t:429,r:79,s:0,i:320 casamentos-pelo-mundo Abrunhosa, Maria Antónia; Leitão, Miguel; Psicologia B 12; Edições Asa; 2009


Carregar ppt "Escola Secundária S. João da Talha Psicologia B Prof. Manuela Arriaga Diversidade Cultural Casamento nas diversas culturas Trabalho realizado por: Catarina."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google