A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O PARALELISMO ENTRE A RELIGIÃO CELTA E A DOUTRINA ESPÍRITA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O PARALELISMO ENTRE A RELIGIÃO CELTA E A DOUTRINA ESPÍRITA."— Transcrição da apresentação:

1 O PARALELISMO ENTRE A RELIGIÃO CELTA E A DOUTRINA ESPÍRITA

2 OBJETIVO: ANÁLISE COMPARATIVA DOS PRINCIPAIS PONTOS DE CONVERGÊNCIA ENTRE A RELIGIÃO CELTA (DRUIDISMO - SÉC. VI A.C.) E A DOUTRINA ESPÍRITA (KARDECISMO - SÉC. XIX). ÓTICA: O AMPARO DA MISERICÓRDIA DIVINA EM TODAS AS ETAPAS DA CAMINHADA DA HUMANIDADE EM BUSCA DO SEU DESENVOLVIMENTO ESPIRITUAL. BIBLIOGRAFIA: -O LIVRO DOS ESPÍRITOS (ALLAN KARDEC). -A GÊNESE (ALLAN KARDEC). -ALLAN KARDEC, O DRUIDA REENCARNADO (EDUARDO C. MONTEIRO). -OS EXILADOS DE CAPELA (EDGARD ARMOND). -A CAMINHO DA LUZ (CHICO XAVIER/EMMANUEL). -OS DRAGÕES (WANDERLEY OLIVEIRA/MARIA MODESTO CRAVO).

3 O POVO CELTA -DO SÉCULO XII A.C. RECEBEMOS AS PRIMEIRAS REFERÊNCIAS ÀS TRIBOS CÉLTICAS NO NORTE DOS ALPES. -DESCENDENTES DOS ÁRIAS (5ª. RAÇA MÃE), TINHAM PELE BRANCA, OLHOS CLAROS E CABELOS RUIVOS. -GUERREIROS DESTEMIDOS, POR ACREDITAREM QUE A MORTE É SÓ UMA PASSAGEM, CONQUISTARAM TERRITÓRIOS QUE IAM DA TURQUIA À GRÃ-BRETANHA. -O APOGEU DA CIVILIZAÇÃO CELTA SE DEU DE 600 A 52 A.C., ANO EM QUE OS ROMANOS DERAM INÍCIO À DOMINAÇÃO DE SEUS TERRITÓRIOS.

4 O DRUÍDA -OS DRUÍDAS ERAM CONSIDERADOS PESSOAS SAGRADAS PELOS CELTAS, APESAR DE PERTENCEREM A ETNIAS DIFERENTES (A LINHAGEM DRUÍDICA VÊM DA 4ª. RAÇA MÃE – OS ATLANTES). -TRÊS CATEGORIAS DE DRUÍDAS EXISTIAM NO APOGEU DA CULTURA CELTA: -BARDOS (Poetas, Músicos, Zeladores da Tradição). -OVADOS (Filósofos, Professores, Médicos). -DRUÍDAS (Autoridade em Cultos e Cerimônias). -O DRUÍDA, POR SUA AUTORIDADE, CENTRALIZAVA A UNIDADE DO POVO CELTA.

5 O DRUIDISMO -O DRUIDISMO SE FUNDAMENTA EM DOIS PRINCÍPIOS BÁSICOS: O RESPEITO À NATUREZA E A CRENÇA NA IMORTALIDADE DA ALMA. -O CARVALHO, CONSIDERADO SAGRADO PELO DRUIDÍSMO, SIMBOLIZA A IMORTALIDADE DA ALMA, POIS QUANDO MORRE, DE DENTRO DO TRONCO MORTO GERMINA A SEMENTE DE UMA NOVA ÁRVORE. -A VIDA APÓS A MORTE E A COMUNICAÇÃO COM OS MORTOS ESTÃO PRESENTES NO DRUIDISMO. -O REPOSITÓRIO DA CULTURA CELTA ESTÁ CONTIDO NAS TRÍADES BÁRDICAS.

6 O PARALELISMO ANOS (600 A.C. A 1800 D.C.) SEPARAM A ENCARNAÇÃO DO DRUÍDA ALLAN KARDEC NA GÁLIA, E A DO PROFESSOR DENIZARD HIPOLLYTE LÉON RINAIL, NA FRANÇA. -O DRUIDISMO, ASSIM COMO O ESPIRITISMO, ESTÃO ALICERÇADOS NO TRIPÉ FILOSOFIA, CIÊNCIA E RELIGIÃO E SÃO INÚMEROS OS PONTOS DE CONVERGÊNCIA ENTRE AS DUAS DOUTRINAS. -HÁ ANOS ATRÁS, NO AUGE DA DECADÊNCIA DA CIVILIZAÇÃO CELTA, A HUMANIDADE RECEBEU UMA PROMESSA:

7 PROMESSA DE JESUS “-SE ME AMAIS, GUARDAI OS MEUS MANDAMENTOS. -EU ROGAREI AO PAI, E ELE VOS DARÁ OUTRO CONSOLADOR, PARA QUE FIQUE ETERNAMENTE CONVOSCO, O ESPÍRITO DA VERDADE, A QUEM O MUNDO NÃO PODE RECEBER, PORQUE NÃO O VÊ, NEM O CONHECE. -VÓS O CONHECEREIS, PORQUE ELE FICARÁ CONVOSCO E ESTARÁ EM VÓS. -O CONSOLADOR, QUE É O ESPÍRITO SANTO, A QUEM O PAI ENVIARÁ EM MEU NOME, VOS ENSINARÁ TODAS AS COISAS, E VOS FARÁ LEMBRAR DE TUDO O QUE VOS TENHO DITO.” (JOÃO XIV: 15a17;26)

8 O PARALELISMO ENTRE A RELIGIÃO CELTA E A DOUTRINA ESPÍRITA 8 PONTOS PRINCIPAIS FORAM ANALISADOS: -O QUE É DEUS?; -DA PROGRESSÃO DOS ESPÍRITOS; -DA IMPOSIÇÃO DAS PENAS; -DA TRANSIÇÃO DOS ESPÍRITOS; -DO DESTINO E A LEI DA CAUSA E EFEITO; -DO RETORNO DOS ESPÍRITOS DE LUZ; -DA VISÃO DE DEUS; -DA REENCARNAÇÃO.

9 O QUE É DEUS? VISÃO NA DOUTRINA ESPÍRITA: “DEUS É A INTELIGENCIA SUPREMA, CAUSA PRIMÁRIA DE TODAS AS COISAS, SOBERANAMENTE JUSTO E BOM. DEUS É ETERNO, IMUTÁVEL, IMATERIAL, ÚNICO, TODO-PODEROSO, ONISCIENTE E ONIPRESENTE.” VISÃO NA RELIGIÃO CELTA: “CREIO NA EXISTÊNCIA DE UM SÓ SER, TODO-PODEROSO, INFINITAMENTE SÁBIO, INFINITAMENTE BOM, FONTE E CONSERVADOR DE TODOS OS SERES EMANADOS E QUE DESIGNO PELAS TRÊS LETRAS SANTAS: “OIW”.” COMENTÁRIO: A CONSCIÊNCIA DE UM DEUS QUE NOS AMPARA NAS NOSSAS NECESSIDADES É INATA, OU SEJA, TODO SER, MESMO INCONSCIENTEMENTE BUSCA ESSA ESSÊNCIA, E TODOS SÃO INDISTINTAMENTE LIGADOS A ELA.

10 ANKN (Abismo) ABRED (Progressão) GWENVED (Puros) KEUGANT (Deus) OS CÍRCULOS DAS EXISTÊNCIAS

11 DA PROGRESSÃO DOS ESPÍRITOS VISÃO NA DOUTRINA ESPÍRITA (Escala de ascensão espiritual): 01ª. CLASSE - ESPÍRITOS PUROS 02ª. CLASSE - ESPÍRITOS SUPERIORES 03ª. CLASSE - ESPÍRITOS DE SABEDORIA 04ª. CLASSE - ESPÍRITOS SÁBIOS 05ª. CLASSE - ESPÍRITOS BENEVOLENTES 06ª. CLASSE - ESPÍRITOS BATEDORES E PERTURBADORES 07ª. CLASSE - ESPÍRITOS NEUTROS 08ª. CLASSE - ESPÍRITOS PSEUDO-SÁBIOS 09ª. CLASSE - ESPÍRITOS LEVIANOS 10ª. CLASSE - ESPÍRITOS IMPUROS VISÃO NA RELIGIÃO CELTA (C írculos das existências): KEUGANT - SEDE DE OIW (DEUS) GWENVED - SEDE DOS BEM-AVENTURADOS ABRED - CÍRCULO DAS MIGRAÇÕES OU DAS DIVERSAS EXISTÊNCIAS CORPÓREAS ANKN - ABISMO, PONTO DE PARTIDA DAS ALMAS. SEDE DE TODOS OS REINOS Comentário: Nos diz a Doutrina Espírita que o Espírito evolui de Impuro a Puro (Cristico) segundo um processo evolutivo regido pelas Leis de Deus. Na Religião Celta, no Círculo de ANKN (Abismo) dá-se início ao processo da Progressão dos Espíritos, quando os Espíritos ainda são “Almas-Grupo”, migrando pelos reinos mineral, vegetal e animal, não existindo a individualidade. Ao ingressar no Círculo de Abred (Progressão), o Espírito recebe o Livre Arbítrio e passa através da sua individualidade à Fonte da Vida. No Círculo de Gwenved (Puros), o Espírito se torna Crístico e recebe partes de Deus.

12 DA IMPOSIÇÃO DAS PENAS VISÃO NA DOUTRINA ESPÍRITA: “AS PENAS IMPOSTAS AOS ESPÍRITOS NÃO SÃO ETERNAS, ELAS DURAM O TEMPO NECESSÁRIO AO SEU APERFEIÇOAMENTO.” VISÃO NA RELIGIÃO CELTA: “NA TRAJETÓRIA PELOS TRÊS CÍRCULOS DAS EXISTÊNCIAS, O ESPÍRITO SE DEPARA COM TRÊS GÊNEROS EXISTENCIAIS: EM ANKN - ESTADO DE SUBMISSÃO À FATALIDADE EM ABRED - ESTADO DE LIBERDADE E LIVRE ARBÍTRIO TOTAL EM GWENVED - ESTADO DE FELICIDADE SUPREMA E AMOR PERFEITO, PONTO DE PERFEIÇÃO QUE TODOS OS ESPÍRITOS ALCANÇARÃO UM DIA” COMENTÁRIO: FICA CLARO NAS DUAS VISÕES, A MANIFESTAÇÃO DA LEI DE CAUSA E EFEITO. À MEDIDA QUE INTERAGIMOS COM AS VERDADES DAS LEIS DIVINAS, PRATICANDO-AS, VAMOS ASCENDENDO AOS REINOS SUPERIORES.

13 DA TRANSIÇÃO DOS ESPÍRITOS VISÃO NA DOUTRINA ESPÍRITA: “O ESPÍRITO DORME NA PEDRA, SONHA NA PLANTA, MOVE-SE NO ANIMAL E DESPERTA NO HOMEM”. LÉON DENIS REINO MINERAL - CONSTITUTIVA (MATÉRIA INERTE) REINO VEGETAL - VEGETATIVA (ANTERIOR + VITALIDADE) REINO ANIMAL - SENSITIVA (ANTERIOR + INTELIGÊNCIA INSTINTIVA) REINO HOMINAL - RACIONAL (ANTERIOR + INTELIGÊNCIA SUPERIOR)” VISÃO NA RELIGIÃO CELTA: “TODAS AS COISAS TÊM “ALMA”. MINERAIS, PLANTAS, ANIMAIS E OS HOMENS DETÉM PARCELAS DE ENERGIA DIVINA, EM GRAUS DIFERENTES. A ALMA MINERAL É PURAMENTE CONSTITUTIVA (AGLOMERA), A VEGETAL É VEGETATIVA (REPRODUÇÃO) E A ANIMAL É SENSITIVA (EXPANSÃO). CADA SER DETÉM RUDIMENTOS DO ANTERIOR. A ALMA HUMANA, ATRAVÉS DE SUAS REENCARNAÇÕES, TRABALHA SUA QUALIDADE DE ALMA RACIONAL A CAMINHO DE GWENVED.” Comentário: As duas visões deixam claro que a evolução se dá tanto na condição Compulsória quanto na Consciente, ou seja, à medida que cresce em nós o vivenciamento das Leis de Deus, compreendemos que somente chegaremos ao Pai interagindo com elas.

14 DO DESTINO E A LEI DE CAUSA E EFEITO VISÃO NA DOUTRINA ESPÍRITA: “AGIR COM OS OUTROS COMO QUERERÍAMOS QUE OS OUTROS AGISSEM CONOSCO”. LIVRO DOS ESPÍRITOS “DEUS CRIOU OS ESPÍRITOS SIMPLES E IGNORANTES. A OPÇÃO PELO BEM OU PELO MAL É FRUTO DO PATRIMÔNIO GERADO PELO LIVRE ARBÍTRIO DE CADA UM.” VISÃO NA RELIGIÃO CELTA: “ACREDITO QUE EM VIRTUDE DESTA LIBERDADE E DA ESCOLHA QUE DELA DECORRE, E ENQUANTO ELES SE ENCONTRAM DENTRO DO CÍRCULO DE ABRED, SUBMETIDOS À EXPERIÊNCIA, À DOR E À MORTE TRANSMUTADORA, OS HOMENS PODEM, POR SUA ACEITAÇÃO OU SUA RECUSA, POR SUA ESCOLHA INTELIGENTE OU IRRACIONAL ELEVAR-SE OU DECAIR DENTRO DA ESCALA HUMANA.” Comentário: Nas duas visões, percebemos que o Processo Evolutivo Consciente se dá a partir do Reino Hominal ou Círculo de Abred, e à medida que interagimos no Amor Maior ou não, transitamos entre as várias faixas da Progressão Espiritual tantas vezes quantas necessárias à purificação do Espírito.

15 DO RETORNO DOS ESPÍRITOS DE LUZ VISÃO NA DOUTRINA ESPÍRITA: “OS ESPÍRITOS PUROS, JÁ NA ESCALA FINAL DA EVOLUÇÃO, POR AMOR À HUMANIDADE, PEDEM PARA VOLTAR À TERRA ENCARNADOS, PARA AJUDAR NA EVOLUÇÃO COLETIVA OU INDIVIDUAL DOS HOMENS.” VISÃO NA RELIGIÃO CELTA: “ACREDITO QUE, ALCANÇANDO PELA PRIMEIRA VEZ O CÍRCULO DE GWENVED, O MUNDO DA PLENITUDE, O SER PODE DESCER DE NOVO, VOLUNTARIAMENTE, AO CÍRCULO DE ABRED, E SÓ EM ABRED, E AÍ REENCARNAR EM FORMA HUMANA, SEJA COM FINS DE EXPERIÊNCIAS NOVAS E DO BENEFÍCIO ESPIRITUAL E INTELECTUAL DAÍ DECORRENTES, SEJA COM A META ALTRUÍSTA DE AJUDAR OS HOMENS E OS SERES INFERIORES A SE APARTAREM DE ABRED. ISTO, QUANTAS VEZES QUISER, PROTEGIDO PELO ESQUECIMENTO.” Comentário: Fica claro nas duas visões a presença do Princípio da Misericórdia Divina nas Encarnações Missionárias, que é a expressão máxima da Fraternidade.

16 DA VISÃO DE DEUS VISÃO NA DOUTRINA ESPÍRITA: “AS COISAS DE ESSÊNCIA ESPIRITUAL NÃO PODEM SER PERCEBIDAS POR ORGÃOS MATERIAIS, MAS SIM PELA VISÃO ESPIRITUAL. A VISÃO DE DEUS É PRIVILÉGIO DAS ALMAS PURAS.” VISÃO NA RELIGIÃO CELTA: “COMO SERES DE CARNE, NOS É IMPOSSÍVEL VER “OIW”, NO ENTANTO, PODEMOS CONHECE-LO PELA RAZÃO E PELA FÉ MÍSTICA. CONHECE-LO PELA RAZÃO É ADMIRAR OS SERES QUE ELE CRIOU. CONHECE-LO PELA FÉ MÍSTICA É PERCEBE-LO PELA MEDITAÇÃO E ILUMINAÇÃO.” Comentário: O sentimento da Divindade, que é inato, se manifesta cada vez mais no homem à medida que ele permite que a sua essência que é divina, se manifeste, ou seja, a razão se unindo às emoções puras ou superiores.

17 DA REENCARNAÇÃO VISÃO NA DOUTRINA ESPÍRITA: “NASCER, VIVER, MORRER, RENASCER E PROGREDIR SEMPRE, TAL É A LEI.” ALLAN KARDEC VISÃO NA RELIGIÃO CELTA: “TRÊS CONDIÇÕES INDISPENSÁVEIS PARA CHEGAR À PLENITUDE: TRANSMIGRAR EM ABRED, TRANSMIGRAR EM GWENVED, E RECORDAR-SE DE TODAS AS COISAS PASSADAS DESDE ANKN.” COMENTÁRIO: NAS DUAS VISÕES, O PROCESSO EVOLUTIVO DOS ESPÍRITOS PRESSUPÕEM EXPERIÊNCIAS NA MATÉRIA FÍSICA OBJETIVANDO O DESENVOLVIMENTO DO APRENDIZADO DAS LEIS DIVINAS.

18 O PARALELISMO ENTRE A RELIGIÃO CELTA E A DOUTRINA ESPÍRITA CONSIDERAÇÕES: - PODEMOS CONSIDERAR O DRUIDISMO COMO PRECURSOR DO ESPIRITISMO, TAL O PARALELISMO EXISTENTE ENTRE AMBOS. -A FRANÇA, ANTIGA GÁLIA, BERÇO DOS GAULESES, SUCESSORES DOS CELTAS NA EUROPA, FOI PREPARADA PELA ESPIRITUALIDADE SUPERIOR NO SENTIDO DE ADQUIRIR AS CONDIÇÕES NECESSÁRIAS AO ADVENTO DO CONSOLADOR PROMETIDO POR JESUS (CODIFICAÇÃO DA DOUTRINA ESPÍRITA). ESTA REGIÃO DA EUROPA GUARDA ATÉ HOJE TODA A HERANÇA ESPIRITUAL DOS DRUÍDAS CELTAS. -O ESPIRITISMO SURGIU NA FRANÇA POR ELA SER NAQUELE MOMENTO, O BERÇO CULTURAL DA HUMANIDADE, O QUE DARIA À NOVA DOUTRINA A CREDIBILIDADE NECESSÁRIA. -APÓS O DESENCARNE DE KARDEC, MUITOS ESPÍRITOS QUE ESTIVERAM LIGADOS A JESUS E A KARDEC, MIGRARAM DA FRANÇA PARA O BRASIL QUANDO DA TRANSFERÊNCIA PARA CÁ DA ÁRVORE EVANGÉLICA JUDAICO/CRISTÃ, PARA DAR GUARIDA AO ENCARNE DO NOSSO QUERIDO CHICO XAVIER. -O DRUIDISMO COMO PRECURSOR DO ESPIRITISMO VEM NOS MOSTRAR QUE SEMPRE, EM QUALQUER ÉPOCA DE NOSSAS DIVERSAS EXISTÊNCIAS, ESTIVEMOS AMPARADOS PELA MISERICÓRDIA DIVINA, ATRAVÉS DE SEUS MISSIONÁRIOS, DESDE A LEMÚRIA AOS DIAS DE HOJE. ENC. BC

19 BENÇÃO CELTA “QUE OS VENTOS SOPREM SEMPRE EM SUAS COSTAS, IMPULSIONANDO-O AVANTE. QUE O SOL, COMO HOJE, SEMPRE BRILHE EM SEU ROSTO, TRAZENDO-LHE LUZ, ESPERANÇA E ALEGRIA DE VIVER EM SUA VIDA MUITAS VEZES DIFÍCIL. QUE AS CHUVAS, TÃO NECESSÁRIAS NOS DIAS DE HOJE, CAIAM SEMPRE EM SEUS CAMPOS, E ATÉ NOS ENCONTRARMOS DE NOVO, EM UMA OUTRA OPORTUNIDADE, QUE DEUS O TENHA OU QUE DEUS A TENHA, SUAVE E SEGURO, NA PALMA DE SUA MÃO.”


Carregar ppt "O PARALELISMO ENTRE A RELIGIÃO CELTA E A DOUTRINA ESPÍRITA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google