A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

C OMO D ESENVOLVER A L IDERANÇA A GORA COM R ESULTADOS E TERNOS Bob Lemon – Tesoureiro Associação Geral.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "C OMO D ESENVOLVER A L IDERANÇA A GORA COM R ESULTADOS E TERNOS Bob Lemon – Tesoureiro Associação Geral."— Transcrição da apresentação:

1

2 C OMO D ESENVOLVER A L IDERANÇA A GORA COM R ESULTADOS E TERNOS Bob Lemon – Tesoureiro Associação Geral

3 • Meu reconhecimento a: – Lowell Cooper – Pastor Frederick • Por partilharem materiais que contribuíram para esta apresentação. Você pode encontrar a apresentação completa, não editada, do Pastor Cooper no website de Desenvolvimento da Liderança da Associação Geral, em:

4 A Maior Necessidade do Mundo • A maior necessidade do mundo é a de homens - homens que se não comprem nem se vendam; homens que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus. – Educação, p.57

5  “Tom elevado” estabelecido pelos oficiais  Celebrar a identidade global e local  Mentalidade de serviço  Buscar a excelência  Atitude de trabalho em equipe  Clima ético: integridade, respeito, confiança  Administrar conflitos de interesses  Oportunidade para a criatividade, a inovação 5 Desenvolver a Cultura da Organização

6 Liderança Cristã

7 Tornando-se um Líder Servo • Os não servos buscam títulos. • Os servos buscam trabalho.

8 História de Moisés • Nascimento e treinamento nos primeiros anos • Treinamento nas cortes do Egito • 40 anos de treinamento no deserto • O chamado de Deus na Sarça Ardente • As desculpas de Moisés

9 A liderança vista por cada um dos indivíduos na equipe de liderança de Moisés. 9

10 GENERAL CONFERENCE OF SEVENTH-DAY ADVENTISTS ANONYMOUS DIVISION OPERATING FUND Balance Sheet December 31, 2001 and 2000

11 GENERAL CONFERENCE OF SEVENTH-DAY ADVENTISTS ANONYMOUS DIVISION OPERATING FUND Balance Sheet December 31, 2001 and 2000

12 GENERAL CONFERENCE OF SEVENTH-DAY ADVENTISTS ANONYMOUS DIVISION OPERATING FUND Balance Sheet December 31, 2001 and 2000

13 Liderança de Servo O líder servo está disposto a desistir de seus direitos. 1.O direito de ser o primeiro 2. O direito de reclamar 3. O direito de fazer o que lhe apraz 4. O direito de guardar ressentimento 5. O direito de viver por suas próprias normas 6. O direito de compreender o plano de Deus antes de obedecer 7. O direito de ser honrado e servido 8. O direito à popularidade 9. O direito da vingança pessoal

14 Liderança— Uma Questão de Confiança 14 General Conference of Seventh-day Adventists Office of Global Leadership Development Prepared by: Lowell C Cooper January 2010

15 O coração e a alma do sucesso na liderança é a confiança.

16 A falta de confiança cria: – Agendas ocultas – Política – Conflito interpessoal – Rivalidades departamentais – Pensamento de ganhar-perder – Comunicação defensiva e protecionista

17 “Você pode ter todos os fatos e números, toda a evidência de apoio, todo o endosso que desejar, mas se você não merecer a confiança, não chegará a lugar algum.” --Naill Fitzgerald, Ex-presidente, Unilever

18 “As técnicas e a tecnologia são importantes, mas o acréscimo da confiança é a questão da década.” —Tom Peters, Autor Empresarial

19 Credibilidade: Integridade Intenção Capacidades Resultados

20 “Busco três coisas ao contratar pessoas. A primeira é a integridade pessoal, a segunda é a inteligência, e a terceira é o elevado nível de energia. Mas se você não tiver a primeira, as outras duas irão matá-lo.” —Warren Buffett, CEO, Berkshire Hathaway

21 “A integridade não necessita de normas.” —Albert Camus

22 “A pessoa humilde está mais preocupada com o que é certo do que com estar certa; com a realização das boas ideias do que com ter boas ideias; com abraçar uma nova ideia do que com defender posições obsoletas; com formar a equipe do que com exaltar o eu; com reconhecer a contribuição do que com ser reconhecido.” —Stephen M R Covey, The Speed of Trust

23 “Não é difícil tomar decisões quando você sabe quais são seus valores.” —Roy Disney, Ex vice-presidente, Walt Disney Company

24 Comportamentos que estabelecem a confiança: 1.Falar de forma direta 2.Demonstrar respeito 3.Criar transparência 4.Corrigir os erros 5.Mostrar lealdade 6.Entregar resultados 7.Melhorar 8.Confrontar a realidade 9.Esclarecer expectativas 10.Prestar contas 11.Ouvir primeiro 12.Manter os compromissos 13.Ampliar a confiança

25 “Ser confiável é um elogio maior do que ser amado.” —George Macdonald (1824–1905) 25

26 Confiança— uma necessidade da organização: • A percepção da honestidade, da abertura e da confiança ou confiabilidade. • Floresce no relacionamento indireto e passa para interações significativas. • Leva tempo para se desenvolver e pode ser facilmente quebrada ou debilitada. • É o lubrificante da organização. 26

27 Julgamo-nos por nossas intenções. Julgamos os outros por seu comportamento. Uma das formas mais rápidas de restaurar a confiança é fazer e manter compromissos.

28 “Preservar os que estão presentes, ser leal com os ausentes.” —Stephen R Covey

29 “Os analfabetos do século XXI não são aqueles que não podem ler e escrever, mas os que não podem aprender, desaprender e reaprender.” —Alvin Toffler

30 Estabelecer a confiança é uma das principais tarefas da liderança nas organizações voluntárias. É uma tarefa da liderança global na Igreja Adventista do Sétimo Dia. 30

31 Realidades Mudadas: Velha realidade: A organização da Igreja tinha a presunção de ser necessária e de realizar um bom trabalho. Nova realidade: A estrutura organizacional é suspeita e consome montantes enormes de recursos. 31

32 “Na indústria do serviço, a lealdade é estabelecida a partir de como você lida com os erros.” Seria diferente na Igreja? 32

33 “Os empregados deixaram atordoada a maioria dos acadêmicos ao dizerem que o código de ética de sua empresa exercia pouca influência quanto às escolhas eticamente corretas que faziam. Foram a cultura da empresa e os exemplos dados pelos líderes que lhes influenciaram a conduta.” 33

34 Criar uma cultura organizacional de autocrítica construtiva não é uma escolha, mas uma obrigação dos líderes. 34

35 “Só podemos enxergar uma pequena distância à nossa frente, ‘todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos dAquele com quem temos de tratar’. Heb. 4:13. Ele nunca fica confundido. Paira acima da confusão e das discórdias da Terra, e todas as coisas estão abertas à Sua divina observação; e lá de Sua grande e calma eternidade pode comandar o que em Sua providência considera ser o melhor.”

36 “Se devêssemos planejar por nós mesmos, cometeríamos enganos. Nossos preconceitos, fraquezas, enganos e ignorância tornar-se-iam manifestos em muitos sentidos. Mas a obra é do Senhor, a causa é Sua; Ele nunca deixa Seus obreiros sem a direção divina. …” Minha Consagração Hoje, p. 10

37 • Perguntas ou Comentários

38 Referências: • Ethics Resource Center, • Greenlee, Janet; Fishcer, Mary; Gordon, Teresa, Keating, Elizabeth; How to Steal from a Nonprofit: Who Does It and How to Prevent It, The Nonprofit Quarterly, inverno de • Harshbarger, Scott and Crafts, Amy; The Whistle-blower: Policy Challenges for Nonprofits, The Nonprofit Quarterly, inverno de • Jennings, The Seven Signs of Ethical Collapse • Markkula Center for Applied Ethics at Santa Clara University, A Framework for Thinking Ethically, os principais contribuidores incluem Manuel Velasquez, Dennis Moberg, Michael J. Meyer, Thomas Shanks, Margaret R. McLean, David DeCosse, Claire André e Kirk O. Hanson. • Moberg, Dennis J, When Good People Do Bad Things At Work, • Winningham, Wade; Temptation Next Exit, Discipleship Journal, janeiro-fevereiro de • Várias conversas com líderes da Igreja Adventista do Sétimo Dia. 38

39 Declaração Legal e Termos de Uso • Direitos autorais 2010 da General Conference of Seventh-day Adventists®. Todos os direitos reservados. A informação é provida somente para fins de treinamento e não se destina a ser usada como parecer legal. Este programa não pode ser usado ou reformulado para quaisquer fins comerciais; nem tampouco será publicado por qualquer pessoa ou agência que não a unidade organizacional oficial da Igreja Adventista® do Sétimo Dia, salvo por autorização escrita antecipada obtida do Departamento de Liderança Global da Associação Geral dos Adventistas® do Sétimo Dia. Sujeito aos termos precedentes, a permissão ilimitada para copiar ou usar este programa é aqui garantida mediante a inclusão dos direitos autorais acima. “Adventistas do Sétimo Dia” e “Adventistas” são marcas registradas da Associação Geral dos Adventistas® do Sétimo Dia e não podem ser usadas por entidades não adventistas do sétimo dia, sem autorização escrita prévia da Associação Geral. O uso integral ou de partes deste programa constitui aceitação desses termos por parte do usuário.


Carregar ppt "C OMO D ESENVOLVER A L IDERANÇA A GORA COM R ESULTADOS E TERNOS Bob Lemon – Tesoureiro Associação Geral."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google