A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Porque se faz uma guerra? Os porquês do ataque americano ao Iraque em 1991 Fonte: curso de “Análise de Modelos e Gestão dos Recursos naturais 1", Politécnico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Porque se faz uma guerra? Os porquês do ataque americano ao Iraque em 1991 Fonte: curso de “Análise de Modelos e Gestão dos Recursos naturais 1", Politécnico."— Transcrição da apresentação:

1 Porque se faz uma guerra? Os porquês do ataque americano ao Iraque em 1991 Fonte: curso de “Análise de Modelos e Gestão dos Recursos naturais 1", Politécnico de Milão

2 Custos da Guerra do Golfo 40 mil milhões de dólares Quer dizer, 40 mil milhões de euros

3 Quem pagou? À primeira vista, pode parecer que os 40 mil milhões foram pagos pelos E.U.A. Em parte, isso foi verdade. Com efeito: 40 MIL MILHÕES 25% dos custos foram cobertos pelos E.U.A. (10 MIL MILHÕES) 75% dos custos foram suportados pelos países árabes, em particular pelo Kuwait e Arábia Saudita (30 MIL MILHÕES)

4 O preço do petróleo antes da guerra rondava os 15 dólares por barril. Mas, durante a Guerra do Golfo chegou a atingir os 42 dólares por barril, gerando uma receita EXTRA estimada em 60 mil milhões de dólares. Quem beneficiou destes lucros? Nos países árabes vigora a lei dos 50%: 50% para o governo e 50% para a multinacional que explora a jazida. Logo… Mas, aonde foram buscar o dinheiro?

5 Receita líquida derivada do aumento do petróleo: 60 MIL MILHÕES de dólares 30 MIL MILHÕES de dólares para as companhias petrolíferas 30 MIL MILHÕES de dólares para os governos do Kuwait e da Arábia Saudita Mas, aonde foram buscar o dinheiro?

6 Mas, quem são os donos das companhias petrolíferas? No Médio Oriente a extracção e comércio do petróleo estão totalmente controlados pelas 7 Irmãs (Shell, Tamoil, Ello.), todas americanas, 5 das quais controladas pelo governo americano. 30 MIL MILHÕES de DÓLARES 21 mil milhões de dólares ao governo americano 9 mil milhões de dólares a empresas privadas americanas

7 Vamos a contas. Gastos de Guerra Lucros devidos à subida do petróleo Ganhos e perdas Países Árabes 30 mil milhões 0 Governo E.U.A. 10 mil milhões 21 mil milhões Privados E.U.A. 0 9 mil milhões Ganho de 9 mil milhões Começa a fazer sentido. Os E.U.A. ganharam 20 mil milhões de dólares com a guerra! Será que apenas queriam libertar o Kuwait? Ganho de 11 mil milhões

8 Mas, não ficámos por aqui… 1. Quem acabou por pagar a guerra contra o Iraque? Os que utilizam o petróleo. Ou seja, nós!!!

9 Logo, os E.U.A., entre o aumento do preço do crude e as receitas derivadas da guerra, ganharam: 11 mil milhões de dólares directamente 49 mil milhões de dólares derivados da guerra!!! Mas, não ficámos por aquí…

10 2. Aonde foram parar os 40 mil milhões de dólares que se gastaram com a guerra? À indústria de armamento que, por acaso, é maioritariamente AMERICANA Mas, não ficámos por aquí…

11 Considerações finais Hoje em dia faz sentido pensar que a guerra do Golfo apenas existiu por motivos económicos e não por razões humanitárias ou de defesa da liberdade. Torna-se fácil compreender os motivos da guerra do Afeganistão e da eminente guerra contra o Iraque.

12 No caso do Afeganistão, o objectivo foi o de implementar um governo «amigo» capaz de facilitar a construção de um oleaduto americano com km de extensão. Este oleoduto, de importância estratégica para as empresas americanas, tinha como alternativa um outro com 5500 km de comprimento que, além de ficar mais caro na sua construção, também encareceria na sua exploração devido às rendas que os países atravessados iriam pedir às companhias petrolíferas. Tornou-se mais fácil arrasar um país já ele destruído devido a 30 anos de conflitos internos e externos, colocar uma administração manobrada por Washigton e, simultaneamente, construir e administrar tranquilamente o oleaduto. Considerações finais

13 Mas, porque quer Bush declarar novamente guerra ao Iraque? Porque a Arábia Saudita, o maior exportador mundial de petróleo, também é um dos países mais fundamentalistas do Islão. E, por muito que custe aos E.U.A., um dos principais fornecedores em meios humanos e financeiros da maior ameaça ao status-quo americano: os grupos terroristas dos quais Bin Laden se tornou cabeça de cartaz. Também se está a tornar mais difícil vender ao resto do mundo uma Arábia Saudita democrática quando a opinião pública internacional cada vez mais se apercebe da violação dos mais elementares direitos humanos por parte do regime árabe. Considerações finais

14 A forma mais fácil, obviamente, é provocar uma guerra com o Iraque e establecer um regime directamente dependente dos E.U.A. Surge então a pergunta: Porquê o Iraque? Por 3 simples motivos:  É um país que está impedido de se defender: a pobreza causada pelo embargo mata de fome e de doenças crianças por ano.  Tem um pretexto sonante: a presença de armas de destruição massiva (apenas possíveis com elevada tecnologia de ponta e vastos recursos financeiros), tentando lançar areia aos olhos da opinião pública mundial e escamoteando assim o verdadeiro motivo que é o controle do petróleo.  Com a queda da URSS existe um desiquilíbrio mundial ao ponto de, neste momento, nenhuma potência se interessar em proteger o Iraque, tornando-o assim um alvo fácil. Considerações finais

15 Nos últimos meses estalou uma revolta social na Venezuela como consequência das desastrosas condições de vida da população ditadas pelas multinacionais norteamericanas do petróleo Na verdade, a Venezuela é o principal abastecedor de crude dos Estados Unidos. Tornou-se pois prioridade da administração Bush encontrar urgentemente uma alternativa à Venezuela e à Arábia Saudita para os seus fornecimentos de petróleo. Considerações finais

16 Que fazer? Antes de mais, dar a conhecer ao maior número de pessoas as verdadeiras causas da guerra. Se uma pessoa vive na ignorância é facilmente manipulada. Se em contrapartida começar a pensar, é capaz de tomar medidas e posições contra actos cujo objectivo final é o dinheiro. Apoiar todas as iniciativas que visam evitar esta nova e inútil guerra. Bastam pequenos gestos, como amarrar um lenço branco à mochila ou ao cinto e exibir o símbolo da paz. Ir ao site: E assinar o abaixo-assinado contra a guerra


Carregar ppt "Porque se faz uma guerra? Os porquês do ataque americano ao Iraque em 1991 Fonte: curso de “Análise de Modelos e Gestão dos Recursos naturais 1", Politécnico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google