A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNIVERSIDADE CAAR PROREXT Pró-reitoria de extensão PROREXT Pró-reitoria de extensão PROPESQ Pró-reitoria de pesquisa PROPESQ Pró-reitoria de pesquisa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNIVERSIDADE CAAR PROREXT Pró-reitoria de extensão PROREXT Pró-reitoria de extensão PROPESQ Pró-reitoria de pesquisa PROPESQ Pró-reitoria de pesquisa."— Transcrição da apresentação:

1

2 UNIVERSIDADE CAAR

3 PROREXT Pró-reitoria de extensão PROREXT Pró-reitoria de extensão PROPESQ Pró-reitoria de pesquisa PROPESQ Pró-reitoria de pesquisa CAMEXT Câmara de Extensão PROGRAD Pró-reitoria de graduação PROGRAD Pró-reitoria de graduação DECORDI Departamento de Consultoria em Registros Discentes CAMPESQ Câmara de Pesquisa CAMGRAD Câmara de Graduação CPPD Comissão Permanente de Pessoal Docente SAE Secretaria de Assistência Estudantil

4 Campanha pela PARIDADE : polêmicas em 2011

5

6  SER ALUNO DA GRADUAÇÃO,DEVIDAMENTE MATRICULADO  TER CONCLUÍDO PELO MENOS 20% DOS CRÉDITOS DO CURSO  NÃO ESTAR EM SEMESTRE DE COLAÇÃO DE GRAU (o aluno deve cursar, no mínimo, mais um semestre na instituição de origem após retornar do intercâmbio)

7 Manual do intercambista  Opções de intercambio com a UFRGS  Pré-requisitos, documentação, editais  Custo de vida  Aproveitamento de créditos  Informações úteis Manual do intercambista  Opções de intercambio com a UFRGS  Pré-requisitos, documentação, editais  Custo de vida  Aproveitamento de créditos  Informações úteis

8  Convênio ANDIFES e o Banco Santander  Aluno Visitante: máximo de 2 semestres  Possibilidade de Bolsas de R$ 2.500,00 para todo o período  Possibilidade de cursar um ano letivo em diversas universidades do Brasil(UFSC, UnB, UFRJ, UFSM, etc)

9  Ser aluno(a) da UFRGS e ter integralizado as disciplinas previstas para o 1º e 2º semestres de seu curso  Ter no máximo uma reprovação por período letivo (ano ou semestre) O aluno será avaliado por sua carta de intenções, histórico escolar, atividades realizadas na Universidade que representem o Tripé Acadêmico, plano de estudos para o semestre de mobilidade Mais info. No setor de atendimento ao Público do DECORDI ou no Departamento de Programas Acadêmicos da Prograd.

10 DIREITO CAAR

11 CONSUNI Conselho da Unidade CONSUNI Conselho da Unidade COMGRAD - Comissão de Graduação COMPESQ - Comissão de Pesquisa COMEX - Comissão de Extensão DIR 1 – Departamento de Ciências Penais DIR 2 – Departamento de Direito Privado e Processo Civil DIR3 – Departamento de Direito Público e Filosofia do Direito DIR4 – Departamento de Direito Econômico e do Trabalho SPPP – Serviço de Pesquisa e Preparação Profissional NAU – Núcleo de Avaliação da Unidade COBIBLI – Comissão da Biblioteca

12  Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais

13 Objetivos Aumento da permanência (conclusão) nas universidades Mecanismo Ampliação do acesso à universidade Ampliação de vagas por curso Infraestrutura Pessoal (professores e técnicos) VERBA

14 Ampliação de vagas no Vestibular 70 Diurno Noturno 2012 Até (70 no 1º sem. e 70 no 2º)

15 Ampliação de vagas no Vestibular Diurno Noturno (70 no 1º sem. e 70 no 2º) (70 no 1º sem. e 140 no 2º)

16 Infraestrutura: prédio novo VERBA Pessoal: 11 professores novos (Política de professores temporários) cc ? Ampliação de vagas no Vestibular

17 Como sempre ocorria...

18 ...até esse semestre (2012/1)... No próximo semestre (2012/2)... Em 2013/1... Em 2013/2... Em 2014/1... e assim por diante

19 Em 2018/1, sem o REUNI......e com o REUNI... onde estudarão tantos alunos?

20 Na Faculdade de Direito da UFRGS ATRASOS OPÇÕES

21 ACADEMIA CAAR

22 BOLSA DE MONITORIA REMUNERADA Possibilita que o estudante assessore o professor nos afazeres de sua disciplina, contribuindo nas mais diversas atividades pedagógicas. Carga horária: 20h/semanais Remuneração: R$ 380,00 mensais. Requisito: - Já ter cursado a disciplina. - Possuir 20 horas semanais disponíveis para a atividade. - Não ter nenhum vínculo de bolsa ou estágio remunerado.

23 BOLSA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA A bolsa possibilita que o estudante assessore o professor nos afazeres de sua disciplina, contribuindo nas mais diversas atividades pedagógicas. Carga horária: 20h/semanais Remuneração: não há Requisito: - Já ter cursado a disciplina. - Possuir 20 horas semanais disponíveis para a atividade.

24 Grupos registrados no CNPQ (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico). Grupos de Estudo Não são registrados no CNPQ. Exemplos: Grupo de Obrigações e contratos empresariais com o Prof. Gerson Branco, nas terças-feiras às 17h na Sala 08 Grupo e Seminários do Direito do Estado III com o Prof. César Saldanha, nos sábados às 13h30 na Sala 11. Grupos de Pesquisa Pesquisa “tradicional” x Eu sou neutro e imparcial. Observo práticas e busco Informações sem Interação direta com meu objeto de estudo. Objetivo geral: Produção de conhecimento Pesquisa-Ação Eu adquiro conhecimento a partir do objeto de meu estudo e intervenho na sua realidade, definindo-a

25 RES SEVERA VERUM GAUDIUM É a revista científica do Centro Acadêmico André da Rocha. Criada em 2009, foi desenvolvida com o intuito de estimular a produção acadêmica dos discentes da faculdade. Ela possibilita que os acadêmicos publiquem artigos já no âmbito graduação e estimulando à pesquisa acadêmica desde o início da sua formação.

26 GRUPOS DE PESQUISA PROF. RESPONSÁVELDEPARTAMENTONOME DO GRUPOCONTATO 1. Luiz Fernando Barzotto Dir 03 - PúblicoDireito e 2. Cezar Saldanha Junior Dir 03 - PúblicoSupremacia do Direito br 3. Cláudia Lima Marques Dir 03 - Público Mercosul e o Direito do Consumidor r 4. José Alcebíades de Oliveira Junior Dir 03 - Público Direitos Fundamentais e Novos Direitos 5. Augusto Jaeger Junior Dir 03 - Público Direito Internacional da Concorrência 6. Daniel MitidieroDir 02 - Civil Processo Civil e Estado Constitucional m.br 7. Tupinambá Pinto de Azevedo Dir 01 - Penal Ciência Penal Contemporânea

27 GRUPOS DE PESQUISA PROF. RESPONSÁVEL DEPARTAMENTONOME DO GRUPOCONTATO 8. Véra Maria Jacob de Fradera Dir 02 – Civil A Arbitragem como Meio de Solução de Controvérsias 9. Augusto Jaeger Junior Dir 03 – Público Comércio Internacional, Mercados, Investimentos Internacionais e Circulação de Riquezas m 10. Leandro de Dornelles Dir 04 - Trabalho Direito do Trabalho e o Mundo Contemporâneo l.com 11. Alfredo de Jesus Flores Dir 03 – Público A Metodologia Jurídica na Pós-Modernidade 12. Igor DanileviczDir 04 - Trabalho Direito Tributário: Tributação sobre o Consumo 13. Fábio da Costa Morosini Dir 02 - Civil Direito, Globalização e Desenvolvimento r

28 Grupos de Extensão

29 UFRGSMUN - UFRGS Model United Nations - Nações Unidas; Temática: debate e negociações de assuntos da agenda internacional. Professora coordenadora: Prof. Paulo Vicentini Reuniões (horário, dias da semana e frequência): Não há reuniões predeterminadas, mas há reuniões. Metodologia: Dividido em duas áreas: administrativo e acadêmico. A primeira cuida da organização do evento (busca patrocínios, logística). Já a segunda escreve guias de estudo em inglês como se fossem para representantes da ONU (ou seja, procura-se imparcialidade) e durante o evento moderam os debates. Pré-Requisitos: Para o administrativo não há pré-requisitos; para o acadêmico conhecimentos de inglês são recomendáveis. É preciso ser aluno da UFRGS. Forma de inscrição no grupo: No final de cada ano abrem inscrições para participar do staff do ano seguinte, a princípio depois disso as inscrições fecham, mas dá pra conversar Há bolsas: Não. Há monitoria: Não.

30 SAJU - Serviço de Assessoria Jurídica Universitária Temática: Direitos Humanos e Acesso à Justiça Professor Coordenador: Carmen Caminno Reuniões: Todos os dias, todos os turnos. Metodologia: Pesquisa-ação Pré-requisitos: Não há Forma de Inscrição no grupo: Seleção unificada, duas vezes ao ano Há bolsas: Sim, disponibilizadas através de edital interno Há monitoria: Sim.

31 NEDEP - O Núcleo de Extensão em Direito, Economia e Políticas Públicas Realizamos seminários, debates e pesquisas orientadas por professores e eventos externos lidando com questões atuais relativas ao tema central do projeto, que tem por proposta o estabelecimento de um fórum de discussões e estudos acerca de temas que possibilitem uma análise interdisciplinar de políticas públicas implementadas no Brasil e no exterior atentando para seus aspectos jurídicos, sociais e econ. Professor coordenador: Prof. Dr. Fábio Costa Morosini Reuniões: semanais, das 11h30min às 13h. Normalmente na quarta-feira para o grupo 1 e na quinta-feira para o grupo 2. Além das reuniões semanais são realizados eventos ao longo do semestre centrados em temas afins aos discutidos no grupo. Metodologia: centra-se na realização de debates, com temas previamente definidos. Para cada tema é definido um relator, incumbido de selecionar algum material e enviar ao grupo para conhecimento e discussão por todos os participantes. Pré-Requisitos: Não há pré-requisitos. Forma de inscrição no grupo: São realizadas entrevistas para seleção a cada início de semestre. Bolsas: não há Monitoria: Não há monitoria.

32 O Salão de Extensão é o espaço dedicado para que os extensionistas demonstrem as suas atuações e as reflexões geradas delas. Como no SIC, há bancas conforme áreas semelhantes, porém elas são divididas conforme as áreas de atuação (direitos humanos, educação, arte, etc). Além do tradicional Salão de Extensão da UFRGS, o CAAR executou, em parceria com a Faculdade, a primeira edição do Salão de Extensão do Direito neste ano. O Salão de Iniciação Científica (SIC) é o espaço dedicado para que os pesquisadores demonstrem as suas pesquisas efetuadas durante o ano. No SIC há a divisão em grandes áreas jurídicas (como constitucional, civil, penal, etc) e cada pesquisador dispõe de 10min para a apresentação oral de sua pesquisa para a banca de professores, os quais tecem comentários e perguntas e, ao final, elegem um ou dois destaque(s) da banca. Atenção: há 2 edições do SIC: a da Faculdade de Direito, em parceria com o CAAR, e a da UFRGS. Em 2011 houve a 1ª edição do Fórum de Pesquisa desta Faculdade. O evento, tradicional em outras Universidades, propõe constituir um espaço mais aprofundado para a pesquisa jurídica desenvolvida pelos acadêmicos, dispondo eles de cerca de 20 minutos para as suas apresentações orais. Além disso, a inscrição exige como pré-requisito um artigo científico, que fará parte de edição especial da Revista do CAAR, a Res Severa Verum Gaudium. Salão de Extensão Salão de Iniciação Científica (SIC) Fórum de Pesquisa

33 MOVIMENTO ESTUDANTIL CAAR

34 Como ele se organiza no Brasil?

35 Associação

36 CAAR Desde 1917

37 Todos os estudantes de direito do Brasil Federação

38 Federação Nacional de Estudantes de Direito Todos os estudantes de direito do Brasil Federação

39 Federação Nacional de Estudantes de Direito A FENED é gerida por uma coordenação composta de vários CAs, eleitos anualmente no ENED

40 Federação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Nacional de Estudantes de Direito A FENED é gerida por uma coordenação composta de vários CAs, eleitos anualmente no ENED

41 A CONED reúne-se, ordinariamente, 5 vezes ao ano no CONERED Federação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Nacional de Estudantes de Direito

42 A CONED reúne-se, ordinariamente, 5 vezes ao ano no CONERED Federação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Nacional de Estudantes de Direito Conselho Nacional das Entidades Representativas de Estudantes de Direito

43 Federação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Nacional de Estudantes de Direito Conselho Nacional das Entidades Representativas de Estudantes de Direito Uma das atribuições da FENED é organizar, anualmente, o ENED

44 Federação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Nacional de Estudantes de Direito Conselho Nacional das Entidades Representativas de Estudantes de Direito Encontro Nacional de Estudantes de Direito Esse ano, teremos o 32º ENED.

45 Federação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Nacional de Estudantes de Direito Conselho Nacional das Entidades Representativas de Estudantes de Direito Encontro Nacional de Estudantes de Direito A FENED é subdividida em 14 coordenações, cada qual atuando em sua região

46 Federação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Regional de Estudantes de Direito Conselho Nacional das Entidades Representativas de Estudantes de Direito Encontro Nacional de Estudantes de Direito A FENED é subdividida em 14 coordenações, cada qual atuando em sua região

47 Federação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Regional de Estudantes de Direito Conselho Nacional das Entidades Representativas de Estudantes de Direito Encontro Nacional de Estudantes de Direito As COREDs também reúnem-se 5 vezes ao ano nos COREREDs

48 Federação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Regional de Estudantes de Direito Conselho Nacional das Entidades Representativas de Estudantes de Direito Conselho Regional das Entidades Representativas de Estudantes de Direito Encontro Nacional de Estudantes de Direito As COREDs também reúnem-se 5 vezes ao ano nos COREREDs

49 Federação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Regional de Estudantes de Direito Conselho Nacional das Entidades Representativas de Estudantes de Direito Conselho Regional das Entidades Representativas de Estudantes de Direito Encontro Nacional de Estudantes de Direito Cada CORED deve organizar, anualmente, seu Encontro regional (ERED). No RS, o ERED é chamado de EGED.

50 Federação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Nacional de Estudantes de Direito Coordenação Regional de Estudantes de Direito Conselho Nacional das Entidades Representativas de Estudantes de Direito Conselho Regional das Entidades Representativas de Estudantes de Direito Encontro Nacional de Estudantes de Direito Encontro Gaúcho de Estudantes de Direito Cada CORED deve organizar, anualmente, seu Encontro regional (ERED). No RS, o ERED é chamado de EGED.

51 IMPORTANTE! Nos CONEREDs e COREREDs VOZ: todos os estudantes! VOTO: apenas os CAs que compõem as coordenações

52  Esse ano, o CAAR e outros CA’s gaúchos realizam o encontro na cidade.  De 07 a 10 de junho, com o tema: DEMOCRACIA REAL  Fique atento às inscrições!

53  De 23 a 30 julho, realizado na UFPB. DIREITOS HUMANOS E MODELO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO Mais informações: página do ENED no Facebook!

54 Obrigado a todos pela atenção!


Carregar ppt "UNIVERSIDADE CAAR PROREXT Pró-reitoria de extensão PROREXT Pró-reitoria de extensão PROPESQ Pró-reitoria de pesquisa PROPESQ Pró-reitoria de pesquisa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google