A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Inorgânica. Funções Bases  Liberam OH - (aq) : Na OH, Ca( OH ) 2. Ácidos  Liberam H + (aq) : H Cl, H 2 SO 4. Óxidos  Composto binário com Oxigênio:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Inorgânica. Funções Bases  Liberam OH - (aq) : Na OH, Ca( OH ) 2. Ácidos  Liberam H + (aq) : H Cl, H 2 SO 4. Óxidos  Composto binário com Oxigênio:"— Transcrição da apresentação:

1 Inorgânica

2 Funções Bases  Liberam OH - (aq) : Na OH, Ca( OH ) 2. Ácidos  Liberam H + (aq) : H Cl, H 2 SO 4. Óxidos  Composto binário com Oxigênio: Ca O, Na 2 O, S O 3, C O 2. Sais  Ânion do ácido e cátion da base: NaCl, CaSO 4, MgCO 3.

3 Ácidos H +

4 Ácidos Liberam o hidroxônio ou hidrônio em solução aquosa  H + (aq). Ionização:  Dissolução em água: HCl (g)  H +1 (aq) + Cl -1 (aq). Fórmula:  H + y Anion -y. Ác. _______ ídrico. Nomenclatura:  Ác. _______ ico. Ác. _______ oso.

5 Ácidos Classificação Quanto ao número de H ionizáveis

6 Ácidos Monoácidos ou monopróticos  1 H ionizável. HCl, HBr, HI, HNO 3, HClO 3, H 3 PO 2. Diácidos ou dipróticos  2 H ionizáveis. H 2 SO 3, H 2 S, H 2 CO 3, H 3 PO 3. Triácidos ou tripróticos  3 H ionizáveis. H 3 BO 3, H 3 PO 4.

7 Ácidos Triácidos ou tripróticos  3 H ionizáveis. H 3 PO 4.

8 Ácidos Diácidos ou dipróticos  2 H ionizáveis. H 3 PO 3. H não-ionizável

9 Ácidos Monoácido ou monoprótico  2 H ionizáveis. H 3 PO 2. H não-ionizável

10 Ácidos Monoácidos ou monopróticos  1 H ionizável. HCl, HBr, HI, HNO 3, HClO 3, H 3 PO 2. Diácidos ou dipróticos  2 H ionizáveis. H 2 SO 3, H 2 S, H 2 CO 3, H 3 PO 3. Triácidos ou tripróticos  3 H ionizáveis. H 3 BO 3, H 3 PO 4.

11 Ácidos Classificação Quanto à presença de oxigênio

12 Ácidos HIDRÁCIDOSOXIÁCIDOS Não tem oxigênio Tem oxigênio HCl H 2 S HCN HNO 3 H 2 SO 4 H 2 CO 3 H 3 PO 4

13 Ácidos Classificação Quanto à volatilidade

14 Ácidos FixosVoláteis Os ácidos com alto ponto de ebulição mais importantes são: H 2 SO 4 H 3 PO 4 que ferve a 338ºC. Outros são H 3 BO 3,, H 3 PO 3, Ácidos com baixo ponto de ebulição. São gases na temperatura ambiente que dissolvidos em água dão soluções ácidas. Hidrácidos em geral: HF, HCl, HBr, HI, H 2 S, HCN... HNO 3 (ferve a 86ºC) e HNO 2. CH 3 COOH (ferve a 118ºC) e a maioria dos orgânicos.

15 Ácidos Classificação Quanto á força

16 Ácidos Ionização dos ácidos:  Dissolução em água: HCl (g)  H +1 (aq) + Cl -1 (aq). início: 100 final: 8 92 92 α = 92% HCN (g)  H +1 (aq) + CN -1 (aq). início: 100 final: 99 1 1 α = 1% α = grau de ionização.

17 Ácidos Ácidos Fortes  α > 50 %. Hidrácios: HCl, HBr e HI. Oxiácidos: H 2 SO 4, HNO 3, HClO 4, HClO 3.. Ácidos Moderados  50% > α > 5%. Hidrácidos: HF. Oxiácidos: H 3 PO 4, H 2 SO 3, HNO 2, HClO 2.. Ácidos Fracos  α < 5%. Hidrácidos: H 2 S, HCN.. Oxiácidos: HClO, H 2 CO 3..

18 Ácidos Para os hidrácidos G17 => HF HCl HBr HI moderado, forte, muito forte Outros => fracos. Para os oxiácidos HxAOy => y – x : 0 fraco, HClO, y – x : 1 moderado, HClO 2, y – x : 2 forte, HClO 3, H 2 SO 4, y – x : 3 muito forte, HClO 4,

19 Ácidos As exceções: Pela regra o H 2 CO 3 seria moderado (y – x : 1) Mas o ácido carbônico de decompõem facilmente: H 2 CO 3  H 2 O + CO 2 . O H 3 PO 3 e H 3 PO 2 deve considerar apenas os hidrogênios ionizáveis. H 3 PO 3 é um diácido: 3 – 2 = 1 moderado H 3 PO 2 é um monácido: 2 – 1 = 1 moderado

20 Ácidos Dica do Rossoni Lembrar pelo menos 3 ácidos fortes: HCl - ác clorídrico HNO 3 - ác nítrico H 2 SO 4 - ác sulfúrico

21 Ácidos Nomenclatura

22 Ácidos Liberam o hidroxônio ou hidrônio em solução aquosa  H + (aq). Ionização:  Dissolução em água: HCl (g)  H +1 (aq) + Cl -1 (aq). Fórmula:  H + y Anion -y. Ác. _______ ídrico. Nomenclatura:  Ác. _______ ico. Ác. _______ oso.

23 Ácidos Ânions:  Ácidos: Hidrácidos (sem oxigênio) Cl -1 clor eto HCl ácido clor ídrico Oxiácidos (com oxigênio) CO 3 -2 carbon ato H 2 CO 3 ácido carbôn ico NO 2 -1 nitr ito HNO 2 ácido nitr oso

24 Ácidos Ânions  Ácidos: Mosquito odioso te mato, te pico te meto no vídrico

25 F -1 - fluoreto Cl -1 - cloreto Br -1 - brometo I -1 - iodeto CN -1 - cianeto S -2 - sulfeto Ácidos Tabela de ânions não-oxigenados

26 F -1 fluoreto  HF ác. Fluorídrico Cl -1 cloreto  HCl ác. clorídrico Br -1 brometo  HBr ác. Bromídrico I -1 iodeto  HI ác. Iodídrico CN -1 cianeto  HCN ác. cianídrico S -2 sulfeto  H 2 S ác. sulfídrico Ácidos

27 HF ác. fluorídrico  Gravar vidros, guardar em plásticos. HCl ác. clorídrico  ác. muriático, suco gástrico, estômago, ativador. HCN ác. cianídrico  gás da morte, nazistas, injeção letal, pena de morte, eutanásia. H 2 S ác. sulfídrico  Ovo podre, fermentação das proteínas. Ácidos

28 PO 4 -3 - fosfato SO 4 -2 - sulfato NO 3 -1 - nitrato ClO 3 -1 - clorato CO 3 -2 - carbonato HPO 3 -2 - fosfito SO 3 -2 - sulfito NO 2 -1 - nitrito ClO 2 -1 - clorito CO 2 -2 - não existe Ácidos Tabela de ânions oxigenados O carbono não tem ito

29 PO 4 -3 fosfato  H 3 PO 4 ác. fosfórico (adubo, conservante, acidulante) SO 4 -2 - sulfato  H 2 SO 4 ác. sulfúrico (chuva ácida, bateria, índice econômico) NO 3 -1 - nitrato  HNO 3 ác. nítrico (adubo, chuva ácida, explosivo) CO 3 -2 - carbonato  H 2 CO 3 ác. carbônico (refrigerante, bebidas gasosas) Ácidos

30 PO 4 -3 - fosfato SO 4 -2 - sulfato NO 3 -1 - nitrato ClO 3 -1 - clorato CO 3 -2 - carbonato HPO 3 -2 - fosfito SO 3 -2 - sulfito NO 2 -1 - nitrito ClO 2 -1 - clorito CO 2 -2 - não existe Ácidos Tabela de ânions oxigenados O carbono não tem ito

31 Ácidos Diácidos ou dipróticos  2 H ionizáveis. H 3 PO 3. H não-ionizável

32 Ácidos Ionização em etapas: H 3 PO 4  H + + H 2 PO 4 –. (dihidrogenofosfato) H 2 PO 4 –  H + + HPO 4 –2. (hidrogenofosfato) HPO 4 –2  H + + PO 4 –3. do que escrevemos a ionização total: H 3 PO 4  3 H + + PO 4 –3.

33 Ácidos O ácido fosforoso, H 3 PO 3 possui apenas dois hidrogênios ionizáveis. Sua ionização será então: 1ª etapa H 3 PO 3  H + + H 2 PO 3 –. 2ª etapa H 2 PO 3 –  H + + HPO 3 –2. do que escrevemos a ionização total: H 3 PO 3  2 H + + HPO 3 –2. Obs: não existe o íon PO 3 –3 !

34 Ácidos Diácidos ou dipróticos  2 H ionizáveis. H 3 PO 3. H não-ionizável

35 PO 4 -3 - fosfato SO 4 -2 - sulfato NO 3 -1 - nitrato ClO 3 -1 - clorato CO 3 -2 - carbonato HPO 3 -2 - fosfito SO 3 -2 - sulfito NO 2 -1 - nitrito ClO 2 -1 - clorito CO 2 -2 - não existe Ácidos Tabela de ânions oxigenados O carbono não tem ito

36 Outros ácidos: BO 3 -3 borato  H 3 BO 3 ác. bórico (limpeza, água boricada) CH 3 COO -1 - acetato  CH 3 COOH ác. acético (vinagre ROSSONI) Ácidos

37 Como transformar em TIO: - Tirar um oxigênio - Colocar um enxofre H 2 SO 4  ác. sulfúrico. H 2 S 2 O 3  ác. tiossulfúrico. Na 2 SO 4  sulfato de sódio. Na 2 S 2 O 3  tiossulfato de sódio.

38 Ácidos Propriedades gerais: Sabor: azedo Solubilidade: todos são solúveis Instabilidade frente ao calor: H 2 CO 3  H 2 O + CO 2 . H 2 SO 3  H 2 O + SO 2 . 8 H 2 S 2 O 3  8 H 2 O + 8 SO 2  + S 8 .

39 Ácidos Condutividade elétrica: ácidos fortes  alto α  mais íons  melhor corrente elétrica  brilho da lâmpada mais intenso.


Carregar ppt "Inorgânica. Funções Bases  Liberam OH - (aq) : Na OH, Ca( OH ) 2. Ácidos  Liberam H + (aq) : H Cl, H 2 SO 4. Óxidos  Composto binário com Oxigênio:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google