A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Calços de Segurança. Estrutura do PPRPS n 6.1-Elaborar e manter à disposição da cipa e autoridades competentes n 6.1.1-procedimento escrito para definir.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Calços de Segurança. Estrutura do PPRPS n 6.1-Elaborar e manter à disposição da cipa e autoridades competentes n 6.1.1-procedimento escrito para definir."— Transcrição da apresentação:

1 Calços de Segurança

2

3

4 Estrutura do PPRPS n 6.1-Elaborar e manter à disposição da cipa e autoridades competentes n procedimento escrito para definir a seqüência lógica e segura das atividades c/ prensa e similares n 6.2-planta baixa e/ou relação com todos os equipamentos, identificados e descritos individualmente, constando:

5 Estrutura - cont.1 n A) Tipo de prensa ou similar n B) modelo n C) fabricante n D) ano de fabricação n E) capacidade

6 Estrutura- cont.2 n 6.3. Definição o sistema de proteção para cada prensa, devendo conter seu princípio de funcionamento n Para os casos de implantação do sistema de proteção deve ter um cronograma com etapas e prazos para cada prensa

7 Estrutura- cont.3 n Nos casos de conversão de engate por chaveta para freio/fricção, fazer cronograma conforme item anterior n Para trabalhos a frio, as proteções para evitar o acesso do operador devem estar instaladas antes do seu funcionamento

8 Estrutura- cont.4 n 6.4 plano de manutenção de cada prensa deve ser registrado em livro próprio, ficha ou informatizado n selo de adequação, conforme o padrão de segurança exigido, conforme definição ????

9 6.5. Treinamento p/ operadores - currículo: n A) tipos de prensa ou similar n B) princípio de funcionamento n C) sistemas de proteção n D) possibilidades de falhas do equipamento n E) responsabilidade do operador n F) responsabilidade da chefia imediata

10 6.5. Treinamento p/ operadores - currículo: n G) riscos na movimentação e troca de estampos n H) calços de proteção n I) outros

11 Treinamento p/ - movimentação e troca de estampos - currículo: n A) tipos de estampos e matrizes n B) movimentação/transporte n C) responsabilidade na supervisão e operação de troca dos estampos e matrizes n D) meios de fixá-los à máquina n E) calços de segurança n F) check-list de montagem

12 Treinamento n O treinamento para operadores (6.5) terá validade de 1 (um) ano, devendo passar por reciclagem após esse período. (capacitação continuada)

13 7. Responsabilidades n 7.1. O responsável pelo PPRPS é a pessoa jurídica (empregador) n 7.2 a coordenação do PPRPS : engenheiro de segurança do trabalho n 7.3 quando o SESMT não comporta Engº, a coordenação poderá ser do técnico de segurança

14 7. Responsabilidades- cont. n 7.4. Onde não há SESMT o PPRPS será coordenado por Engº de Segurança do Trabalho n 7.5 A montagem dos estampos é momento crítico, o responsável pela supervisão da troca de estampos deve acompanhar a montagem, e conferir que todos os procedimentos específicos foram cumpridos, para liberar a máquina para operação.

15 Injetoras n ABNT - NBR Máquinas injetoras para plásticos e elastômeros - Requisitos Técnicos de segurança para projeto, construção e utilização. n Convenção Coletiva sobre prevenção de acidentes em máquinas injetoras de plástico. n NR12 - Portaria 9 de 30/3/2000

16 Injetoras - NR12 n Os fabricantes e importadores de máquinas injetoras de plástico, devem atender ao disposto na norma NBR 13536/95. n Os fabricantes e importadores devem afixar em lugar visível, uma identificação com as seguintes características: ESTE EQUIPAMENTO ATENDE AOS REQUISITOS DE SEGURANÇA DA NR-12

17 INJETORAS de Plástico n Riscos Mecânicos: n mecanismo de fechamento n área do molde n unidade de injeção n área da descarga de peças

18 Injetoras: Outros Riscos n Elétricos n Térmicos n Químicos n Ruído n Queda

19 Injetoras - Segurança n Mecânica: dispositivo que quando acionado pela abertura de uma proteção, impede mecanicamente o movimento de fechamento n Elétrica: dispositivo que detecta a posição de uma proteção e produz um sinal que é usado no circuito de comando. Pode ser de 1 ou 2 sensores, com especificação de segurança (contra acionamento acidental ou neutralização voluntária, ruptura positiva)

20 Injetoras - Segurança n Hidráulica: sistema que deve atuar sobre a unidade de potência,impedindo o movimento de fechamento da máquina injetora, quando a proteção que o comanda estiver aberta, através do desvio do fluxo de óleo para tanque.( máquinas novas)


Carregar ppt "Calços de Segurança. Estrutura do PPRPS n 6.1-Elaborar e manter à disposição da cipa e autoridades competentes n 6.1.1-procedimento escrito para definir."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google