A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Plano de Aula Conhecimento O que é? Como adquirir Características Tipos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Plano de Aula Conhecimento O que é? Como adquirir Características Tipos."— Transcrição da apresentação:

1 Plano de Aula Conhecimento O que é? Como adquirir Características Tipos

2 O Conhecimento é... Uma capacidade (e uma necessidade) inerentes ao ser humano. Uma relação que supõe 3 elementos: O sujeito O objeto A imagem da realidade.

3 Como adquirir conhecimento? Através de Várias fontes... sensação, percepção, imaginação, memória, linguagem, raciocínio e intuição. Papel da Linguagem Fazendo Pesquisa!

4 Como Adquirir Conhecimento?

5 E tem mais de um tipo de Conhecimento? Senso-comum Artístico Filosófico Teológico Científico

6 Conhecimento Empírico Também chamado de vulgar, intuitivo, de senso comum ou ordinário. Conhecimento dos fatos sem lhes inquirir as causas... É superficial, acontece por informação ou experiência casual. É ametódico e assistemático. Constitui a maior parte do conhecimento de um ser humano.

7 Conhecimento Empírico... II Conhecimento gerado para resolver problemas imediatamente. Ex. Homem abrigando-se nas cavernas. Elaborado de forma instantânea e instintiva. O sujeito é um expectador passivo. Conhecimento vivencial.

8 Conhecimento Empírico... III Tem um caráter utilitarista... Ex. Os “médicos” que todos conhecemos... Tem objetividade limitada Muito ligado à vivência, à ação, à percepção. Subordinado a um envolvimento afetivo do sujeito. Incapacidade de se submeter a uma crítica sistemática e imparcial.

9 Conhecimento Empírico... IV Linguagem vaga... Difícil determinar o que se encaixa e o que escapa de sua significação. Significado dos termos depende do contexto. Conduz a uma dificuldade de controle e avaliação experimental. O que implica (muitas vezes) na impossibilidade de diálogo crítico.

10 Conhecimento Científico Intuição Função da mente, age sem estar fundamentada por formação técnica. Forma de obter conhecimento sem o necessário uso da razão. Empirismo Conhecimento vem da Experiência  Experimentar, testar, medir

11 Conhecimento Científico... Racionalismo... A razão é a única fonte de conhecimento. Os sentidos nos enganam! Conhecimento é verdade só quando é logicamente necessário e universalmente aceito. E o que fazer? Usar o trinômio Intuição + Empirismo + Racionalismo

12 No caso do Conhecimento Científico... A qualidade do conhecimento depende da forma de aquisição... Método! O melhor é combinar as três formas... Intuição – idéias sobre novos processos Experimentação – protótipos Racionalização – descrição formal... O porquê da coisa

13 Conhecimento Científico x Conhecimento Técnico

14 Algumas características do conhecimento Científico É crítico Busca causas para os fenômenos É genérico Divulga resultados (intersubjetividade) Relata como chegou aos resultados! Este caminho é o método científico.

15 Conhecimento Científico vs Conhecimento Empírico CC é contingente... CC é programado, sistemático, metódico CC é crítico, rigoroso, objetivo CC verificável, falível e aproximadamente exato CE atinge um fato, um fenômeno CE gera certezas intuitivas CE associa analogias globais.

16 O Método Científico Método: conjunto de passos a serem seguidos ordenadamente na busca da verdade. Conduzir à descoberta; Permitir demonstração e Prova; Permitir a verificação de conhecimento; Técnica se refere aos procedimentos utilizados dentro das etapas do método. Mais sobre método nos próximos capítulos!

17 Conhecimento Intuitivo e Conhecimento Científico Intuere = ver No conhecimento intuitivo, chegamos ao objeto sem passar pelos meios. É possível ter intuição intelectual! CI é um ato, de ordem subjetiva, enquanto que no CC, um ato é o princípio de um longo processo.

18 Conhecimento Teológico Mesmo objeto de estudo dos outros conhecimentos. É valorativo Inspiracional Infalível Exato Sistemático Não verificável

19 Conhecimento Teológico e Conhecimento Científico CT exige autoridade divina. CC não pressupõe dons especiais para conhecimento da natureza. CC estuda fenômenos e se renova com as novas descobertas. CC pede entendimento a partir da evidência. CT procura rever os ensinamentos para não contradizer CC.

20 Conhecimento Filosófico Filósofo : amigo da sabedoria. Filosofia: esforço da razão para questionar os problemas humanos e discernir entre o certo e o errado. Mesmo objeto das outras ciências, mas finalidades diferentes.

21 Características do CF Valorativo Não verificável Racional Sistemático Infalível e Exato

22 Conhecimento Científico e Conhecimento Filosófico CF tem por objetos as idéias, relações conceituais, exigências lógicas. Não passíveis de experimentação! CF usa o método racional! CC busca o específico e CF busca o mais geral. CF tem por objetivo questionar a própria ciência. CF pergunta; CC avança.

23 Conhecimento

24 Um trinômio famoso O que é a Verdade? Há verdade quando percebemos o que está se desenrolando a nossa volta e o conseguimos comunicar. Nunca conheceremos a verdade absoluta! A nossa interpretação da verdade muitas vezes gera erros...

25 Um trinômio famoso...II Verdade só é encontrada quando houver evidência. A evidência é o que aparece do objeto de estudo. Cuidado! Nem tudo se desvela por completo – não podemos “ inventar” coisas sobre o que não vimos!

26 Um trinômio famoso...III A Certeza é a confiança na verdade – está fundamentada na evidência! Quando não há certeza temos... Ignorância Dúvida Opinião Queremos chegar a verdades que possam ser afirmadas com certeza!

27 Esta coisa de Ciência... Scientia...palavra latina, significa ”aprender ou alcançar conhecimento” Do grego Scirem, conhecimento criticamente fundamentado “caracteriza-se pelo conhecimento racional, sistemático, exato, verificável, e falível” “É a atividade que propõe a aquisição sistemática do conhecimento sobre a natureza biológica, social e tecnológica”

28 Metodologia Científica Ciência “ O conhecimento nunca é definitivo.”

29 “ Melhoria da qualidade de vida material e intelectual.” Objetivos da Ciência

30 Ciência... Como definir? Todas as ciências possuem: Objetivo ou finalidade – distinguir as leis que regem determinados fenômenos. Função – uma utilidade Objetos, que se subdividem em:  Material – o que se pretende estudar;  Formal – o enfoque especial, necessário em face das várias ciências que possam possuir o mesmo objeto material.

31 Então... Ciência como pensamento racional, objetivo, lógico, confiável e falível! Metodologia que determina como produzir novo conhecimento de forma confiável. Assim... Uma ciência é reconhecida por 3 critérios: Confiabilidade em seu corpo de conhecimentos. Sua organização. Seu método.

32 Princípios da Ciência O conhecimento científico pode sempre ser modificado ou substituído A exatidão do conhecimento é obtida com a construção de modelos sucessivamente mais próximos… Um conhecimento é válido até que novas observações o substituem.

33 Uma primeira definição de Ciência Atividade que propõe a aquisição sistemática de conhecimento sobre a natureza biológica, social e tecnológica.

34 Função da Ciência Aperfeiçoar o Conhecimento nas diversas áreas, afim de tornar a existência humana mais significativa... Ou seja, Melhoria da Qualidade de Vida Intelectual Melhoria da qualidade de vida material Através de Novas descobertas e novos produtos!

35 O desafio da Astrologia Virgem “Uma época da sua vida vem chegando ao fim. Você acha que ultrapassou a pior parte, mas ainda há que melhorar e conseguir a estabilidade de suas conquistas”. Se a Lua influencia as pessoas, porque os astros não influenciariam as pessoas? A Astrologia é uma teoria científica?

36 A Astrologia é uma Ciência? A Astrologia é uma Ciência porque... possui métodos e técnicas estabelecidas Tem teorias e objeto definido Cada pessoa tem um mapa astral... formulada?

37 Ou não? A Astrologia não é uma Ciência Aprovação científica Qual é a capacidade preditiva?  Quanto mais genérico, menos verificável  Mesma teoria leva a diferentes predições  Impossibilidade de separar o observador do fenômeno observado Levar a conclusões regulares Consistência da teoria não é bem formulada

38 As Muitas Pseudo-Ciências… São aquelas onde Os achados são vagos, exagerados ou impossíveis de testar Não há definições operacionais (passíveis de medição) Uso abusivo do jargão As explicações são muito rebuscada (a gente perde a conta do número de hipóteses usadas!

39 Continuando… confiança em testemunhos e anedotas Uso seletivo da evidência experimental A responsabilidade de provar que não é válido é do crítico Evasão de críticas antes de publicar resultados Falta de expectativas de progresso Ataques ao caráter dos críticos

40 A Astrologia é uma Ciência? Poder explicativo Teoria científica precisa dizer porque algo acontece, e não apenas o que acontece... Resultado precisa ser validado... Como se vai saber que o “uma época da vida está chegando ao fim?”

41 A Atitude Científica A ciência desconfia das nossas certezas! Vê o mundo através de problemas e obstáculos. O Conhecimento Científico... É Objetivo – busca estruturas universais É Quantitativo – busca medidas e padrões. É Homogêneo – busca leis gerais de funcionamento. É Generalizador – reúne coisas percebidas como diferentes sob leis semelhantes.

42 A Atitude Científica... II Ainda sobre o conhecimento Científico... É diferenciador – pois pode separar coisas aparentemente semelhantes. Só estabelece relações depois de estudar a natureza dos fatos. Procura apresentar explicações racionais, simples e claras. Procura renovar-se e modificar-se continuamente – construtivista!

43 Os Fatos Científicos São construídos pela investigação (pesquisa) científica. Investigação é baseada em métodos que possibilitam:  Separar o objetivo do subjetivo;  Construir o fenômeno de maneira controlável e verificável.  Demonstrar e provar os resultados obtidos.  Relacionar um fato com outros  Formular uma teoria geral sobre o conjunto de fenômenos e fatos investigados.

44 A Teoria Científica É um sistema ordenado de proposições baseados em um pequeno número de princípios. Serve para descrever, explicar e prever do modo mais completo possível um conjunto de fenômenos, oferecendo suas leis. A teoria da relatividade... Quem se lembra de outro exemplo?

45 Validade do Trabalho Científico

46 Além disso… Teoria Científica Diz o que não pode acontecer. Limitação da nossa capacidade de explicação Produz o avanço do conhecimento  Eu sei hoje mais do que sabíamos ontem...

47 Classificação e Divisão da Ciência A complexidade do universo levou ao surgimento de diversos ramos da Ciência. É necessário classificá-las, quer seja por sua complexidade, por seu conteúdo, por objeto, diferenças ou metodologias. Algumas classificações: Comte, Carnap Bunge

48 Uma outra classificação Primeira classificação foi a de Aristóteles: Ausência ou presença de ação humana nos seres investigados. Dividiu as ciências em teoréticas e práticas Imutabilidade ou Movimento. Dividiu entre matemática e ciências naturais Modalidade Prática – ciências que estudam a Práxis e técnicas

49 Esquematicamente... Factuais Filosofia Naturais Sociais Formais Matemática Do Artificial Sociologia, Psicologia, Administração Biologia Química Física Geologia, Astronomia, Bioquímica, Farmácia Medicina, Botânica, Veterinária Nós!

50 Ciências do Artificial Ciências naturais objetivo: analisar e descrever a natureza (observação)  “ mostrar que a complexidade é apenas uma máscara da simplicidade” ex.: Química, Física, Botânica, etc. Ciências do artificial objetivo: prescrever e sintetizar “artefatos” (transformação)  criar artefatos que satisfaçam as necessidades humanas, de acordo com as leis naturais  ex. cadeira de madeira, cura da AIDS, um programa de computador, etc metodologia: essencialmente empírica  compreensão por construção/simulação e avaliação do resultado


Carregar ppt "Plano de Aula Conhecimento O que é? Como adquirir Características Tipos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google