A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Reforma Religiosa. Causas da Reforma Causas da Reforma A exploração dos camponeses pela Igreja - a Senhora feudal. O desejo em possuir terras leva os.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Reforma Religiosa. Causas da Reforma Causas da Reforma A exploração dos camponeses pela Igreja - a Senhora feudal. O desejo em possuir terras leva os."— Transcrição da apresentação:

1 Reforma Religiosa

2 Causas da Reforma Causas da Reforma A exploração dos camponeses pela Igreja - a Senhora feudal. O desejo em possuir terras leva os campesinos a apoiar a Reforma; Interesses da nobreza alemã nas terras eclesiásticas; A condenação da usura pela Igreja feria os interesses da burguesia comercial; O processo de centralização política: interessava aos reis o enfraquecimento da autoridade papal; A centralização desenvolve o nacionalismo, aumentando a crítica sobre o poder de Roma em outras regiões.

3 Lutero e a Reforma Lutero e a Reforma Monge agostiniano que rompeu com a Igreja Católica em virtude da venda de indulgências, para a construção da basílica de São Pedro pelo papa Leão X. Lutero protestou através da exposição de suas 95 teses, condenando, entre outras coisas o luxo e a venda das indulgências - em 1517 fixou suas teses na porta da Igreja de Wittenberg. Perseguido pela Igreja, refugiou-se em Wartburg, onde escreveu alguns panfletos e traduziu a Bíblia para o alemão. Lutero foi excomungado, em 1520, pela Bula Papal Exsurge Domine. Suas principais idéias reformistas foram: Justificação pela fé - a única coisa que salva o homem é a fé, o homem está diante de Deus sem intermediários; Vocação: cabe ao indivíduo demonstrar a grandeza de Deus através de uma vida correta nos âmbitos profissional e social.

4 A idéia de livre-exame - significa que todo homem poderia interpretar livremente a Bíblia, segundo a sua própria consciência; sendo assim, a Igreja e o Papado perdem sua função. As idéias de Lutero agradaram a nobreza alemã que passou a se apropriar das terras eclesiásticas. Também inspirados pela reforma, os camponeses alemães – liderados por Thomas Müntzer, passaram a exigir terras e melhores condições de vida (1524). As revoltas só acabariam em As reivindicações camponesas são duramente criticadas por Lutero. Confissão de Augsburgo (1530) : Melanchton, monge de Lutero, apresentou os fundamentos da doutrina luterana: salvação pela fé, pela confiança na bondade de Deus e pelo sofrimento interior. Lutero e a Reforma Lutero e a Reforma

5 Culto : Salmos e leitura da bíblia como forma de contato direto com Deus. Sacramentos : Batismo e comunhão. Na Eucaristia (comunhão) acreditavam na presença de Jesus no pão e no vinho, mas não na transformação de ambos no corpo e sangue de Cristo. Lutero e a Reforma Lutero e a Reforma

6 Reforma Calvinista Reforma Calvinista Calvino foi obrigado a sair da França por defender reformas no catolicismo. Em 1536, fixou residência em Genebra e conseguiu a base de apoio necessária para as mudanças religiosas que defendia. Dentre suas idéias, destacou-se a teoria da predestinação : o destino do homem é condicionado por Deus. Calvino afirmava que a vontade de enriquecimento e o sucesso material, eram as principais características de um indivíduo predestinado por Deus para alcançar a salvação. Acreditava-se que a pobreza era tida como um desfavorecimento divino. A valorização do trabalho, implícita na teoria, bem como a defesa do empréstimo de dinheiro a juros, contribuem para o desenvolvimento da burguesia e representam um estímulo para o acúmulo de capitais.

7 Doutrina da Predestinação: somente os indivíduos escolhidos por Deus serão salvos. O ser humano é um instrumento da vontade divina. Conduta moral puritana: baseada numa vida planejada e sistemática, ou seja, viver de forma regrada para evitar o pecado - negação do ciclo católico de: pecado, arrependimento, reparação e relaxamento. Evitar o erro moral é criar um método para viver de acordo com a vontade divina. Estrutura da Igreja Calvinista: pastores e fiéis dirigem o culto. A prática religiosa é orientada por um conselho de fiéis idosos. Reforma Calvinista Reforma Calvinista

8 Reforma Anglicana Henrique VIII reformou a religião na Inglaterra através do Ato de Supremacia de A Igreja estava agora sob a autoridade real - nascimento da Igreja Anglicana. A justificativa para o rompimento com o catolicismo romano, foi a negativa do papa Clemente VII em dissolver seu casamento com Catarina de Aragão. Além disto, havia um enorme interesse do Estado inglês em confiscar as propriedades eclesiásticas para expandir a produção de lã. Elizabeth I ( ) consolida a reforma Anglicana e institui um livro de oração comum aos fiéis. A influência Calvinista no Anglicanismo pode ser notada pela adoção da idéia de salvação pela fé, no apego às sagradas escrituras e no direito dos padres formarem família.

9 Princípios do Protestantismo autoridade da Sagrada Escritura; justificação pela fé; comprometimento intramundano; decréscimo da preocupação cotidiana pela salvação. religião mais social que contemplativa.

10 Contra-Reforma Diante do sucesso e da difusão das idéias protestantes, a Igreja Católica inicia a sua reforma, conhecida como Contra- Reforma. As principais medidas tomadas no Concílio de Trento ( ) foram: proibição da venda de indulgências; criação de seminários para a formação do clero; formulação de um Index de obras proibidas - censura de livros; restabelecimento da Inquisição;

11 manutenção dos dogmas católicos; proibição da livre interpretação da Bíblia; reafirmação da infalibilidade papal. Contra-Reforma Com base na Contra-Reforma, o religioso Inácio de Loyola fundou a Companhia de Jesus em Os objetivos desta instituição eram o de fortalecer a posição da Igreja romana nos países católicos e de difundir o catolicismo na Ásia e América.

12 Questionário 1- Quem são os precursores da Reforma? 2- Quais são as causas da Reforma? 3- Por que o movimento protestante inicia na Alemanha? 4- Quem foi Lutero e qual papel desempenhou na Reforma Protestante?

13 Questionário 5- Quais são as principais idéias reformistas defendidas por Lutero? 6- O que foi a Confissão de Augsburgo (1530)? 7- Descreva a Reforma Calvinista. 8- Explique a Doutrina da Predestinação de Calvino.

14 9- Como é a conduta moral puritana? 10- Defina a Reforma Anglicana. 11- Quais são as principais ideias defendidas na Reforma Protestante? 12- Explique a Contra-Reforma e aponte as suas principais ações. Questionário


Carregar ppt "Reforma Religiosa. Causas da Reforma Causas da Reforma A exploração dos camponeses pela Igreja - a Senhora feudal. O desejo em possuir terras leva os."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google