A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques1 Polêmicas e Curiosidades da História da Química Fatos que permearam a vida de grandes personalidades da.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques1 Polêmicas e Curiosidades da História da Química Fatos que permearam a vida de grandes personalidades da."— Transcrição da apresentação:

1

2 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques1 Polêmicas e Curiosidades da História da Química Fatos que permearam a vida de grandes personalidades da História da Ciência

3 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques2 Convite Acomoda-te confortavelmente no luxuoso e imbatível “school yellow bus” de tantas viagens. Vem, vamos passear pelos caminhos da história, trilhados por aqueles que fizeram da ciência química uma profissão de fé.

4 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques3 E ra uma vez... A nossa história da química começa há dezesseis bilhões de anos com o Big Bang e a nucleossíntese: formação do hidrogênio, do hélio de outros elementos e a conseqüente formação do universo.

5 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques4 Depois disso, o planeta Terra foi povoado por muitas e estranhas criaturas

6 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques5 E tornou-se um lugar exuberante e de extraordinária beleza. Um paraíso...

7 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques6 E o homem descobriu e domou o fogo I luminou sua tenebrosa caverna, preparou seus alimentos. E inventou a roda...

8 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques7 E Deus ordenou: “Fiat Lux ” E surgiram os filósofos, os matemáticos, os físicos, os biólogos, os alquimistas,os químicos, etc

9 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques8 Roteiro da nossa viagem GRÉCIA - Epicuro: o morto que incomoda EGITO - Maria, a Judia: entre dibikos, tribikos e a invenção do banho- maria EUROPA - Paracelsus: o cavaleiro andante rebelde da medicina e da alquimia FRANÇA - Marie Anne Lavoisier: química e outras paixões RÚSSIA - Mendeleev: o sonho revela a tabela periódica FRANÇA - Marie Curie: amores, sofrimentos e conquistas ESTADOS UNIDOS - Linus Pauling: o equívoco fatal na disputa pelo DNA INGLATERRA - Rosalind Franklin: a grande injustiçada BRASIL - José Bonifácio, o Patriarca, a política e a química

10 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques9 Epicuro, o morto que incomoda Epicuro (341 a 270 a.C) nasceu na ilha de Samos- Grécia Criou os Jardins, abertos à Comunidade onde defendia o prazer, a amizade e a justiça social Condenou a escravidão e a desigualdade entre homens e mulheres e entre gregos e bárbaros Teoria atômica: tudo era constituída de átomos e vácuo, inclusive a alma

11 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques10 A maldição continua... Marx: “Epicuro foi o maior iluminista grego...” Segundo Epicuro,os deuses não interferem na atividade humana Só chegaram até nós quatro pequenos manuscritos: Cartas a Heródoto (teoria atômica), resgatada por Lucretius (sec.I a.C), Carta a Meneceu (ética) Carta a Pítocles (cosmologia), e regras (aforismos) sobre epicurismo Karl Marx: tese de doutorado em Epicuro x Demócrito

12 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques11 Maria a judia: entre dibikos, tribikos e a invenção do banho-maria Há dúvidas sobre a sua época: sec. I ou sec II a.C Citada por Zósimo de Panápolis (sec. IV) Viveu em Alexandria e era uma egípcia “helenizada” Considerada a “Eva” da História da Alquimia

13 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques12 Existiu ou não existiu Maria a Judia? Zósimo atribui a ela o livro Magia Prática Citada por Georges de Synceles(sec. VII) como iniciadora de Demócrito Mencionada pelo enciclopedista Al-Nadim no catálogo do ano 897 Retratada no tratado “Viridianum Chymicum” Admite-se também que pode ser um personagem composto de vários ou várias alquimistas

14 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques13 Mas, se ela não existiu... quem inventou o dibikos, o tribikos, o banho- maria e descobriu o ácido sulfúrico?

15 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques14 Paracelsus, o cavaleiro andante da alquimia Philippus Aureolus Theophrastus Bombastus de Von Hohenhein ( )nasceu em Einsieldeln Suiça) Filho de médico, foi iniciado por seu pai e pelo abade Tritêmio que era alquimista, “psicólogo” e nigromante Escolheu o nome Paracelsus em confronto com Aulus Cornélius Celsus, médico romano do sec.I,autor de De Medicine - a bíblia dos médicos

16 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques15 O Lutero da medicina Paracelsus perambulou pela Europa (Alemanha, França e Itália, Espanha e Portugal) e esteve na Tartária curando o filho do Grande Kan e foi divinizado Acusado de charlatanismo na Alemanha, foi preso e depois de solto foi para rua curar, ensinar e insultar os inimigos Esteve na Itália, nos Países baixos, na Dinamarca, na Suécia e na Boêmia

17 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques16 Rebeldia e contribuições Foi protegido por ter curado pessoas influentes como o editor Johannes Froben e Erasmus de Rotterdam Esteve professor da Universidade de Basiléia onde admitiu os cirurgiões-barbeiros Queimou os livros de Galeno ( ) e Avicena-Ibn Siba- ( ) que eram os gurus da medicina Com a morte de Froben, fugiu de Basiléia em 1528, com a roupa do corpo, para escapar à fogueira Em Nurenberg escreve O Livro da Cirurgia, combate a peste e cria as bases do uso das vacinas e da homeopatia

18 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques17 O legado de Paracelsus Transforma-se em lenda viva, é assediado por aristocratas e torna-se respeitado e rico Escreve sobre a peste, as epidemias,as chagas,as úlceras dos olhos e o glaucoma. Escreve tratados sobre análises e livros como A Arte de Receitar,escreve também sobre ninfas, duendes,salamandras e um livro de profecias Morre em Salzburgo onde seu corpo foi enterrado na igreja de Santo Estêvão Paracelsus antecipou em 500 anos a cura da sífilis e foi o grande catalisador da transição para o Renascimento Em 1841 Karl Marx escreveu sua biografia em comemoração aos trezentos anos de sua morte

19 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques18 Companhia Teatral Medievo anuncia: Brevemente, em qualquer local da UECE: EGO SUM PARACELSUS (EU SOU PARACELSUS) ou O JULGAMENTO DE PARACELSUS Peça teatral em 2 atos, sobre aspectos relevantes da vida e da obra do maior alquimista da idade média Dr. Philippus Aureolus Theophrastus Bombastus de Von Hohenhein

20 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques19 Marie Lavoisier: química e outras paixões Marie Anne Paulze( ) casou com Lavoisier em 1771, com treze anos Após a coroação de Luis XVI vai morar no arsenal onde Lavoisier trabalha como administrador da Pólvora Trabalha no laboratório com o marido ajudando na tradução de textos latinos e ingleses e desenhando equipamentos Durante o Terror, Lavoisier e Jacques Paulze (pai de Marie) são presos e guilhotinados na véspera do natal de 1793

21 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques20 Contribuições de Marie Anne Traduz o livro “Essay on Phlogiston” de Richard Kiwans Desenha 13 equipamentos para o livro Traité Elementaire de Chimie Publica dois volumes de Memoires: o primeiro sobre calor e formação de líquidos e o segundo sobre combustão, ar, calcinação de metais, ação de ácidos e composição da água

22 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques21 Depois de Lavoisier... Rumford cientista que trabalhava com condução de calor, radiação, termometria e foi o primeiro a estudar a dilatação irregular da água, inventou uma luminária e a garrafa térmica. Casamento com Benjamin Thompson,conde de Rumford O plágio de alguns trabalhos de Lavoisier causou o rompimento e o fim do casamento

23 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques22 Mendeleiev: o sonho revela a Tabela periódica Dmitri Ivanovich Mendeleiev ( ) nasce em Tobolsk, Sibéria Perde o pai e a fábrica de vidro da família foi destruída em 1847 Em 1849 muda-se para Moscou mas teve de ir estudar em São Petersburgo, formando-se professor de ciências Estuda com Kirchoff e Robert Bunsen Interessa-se em organizar os elementos, buscando uma lei de recorrência entre eles

24 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques23 A proposta da tabela Aos 32 anos, professor de Química Geral da Universidade de S Petersburgo Escreve Princípios de Química e em 14 de fevereiro de 1869 já tinha algumas anotações e muitas dúvidas sobre a tabela Trabalha exaustivamente e adormece sobre seus manuscritos “Vi num sonho uma tabela em que todos os elementos se encaixavam como o requerido”

25 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques24 Contribuição de Mendeleev Embora não conheça ainda o conceito de número atômico, faz previsões sobre novos elementos: gálio (eca-alumínio), germânio (eca-silício) e escândio (eca-boro) Organiza os elementos de acordo com suas propriedades químicas sem se importar com a ordem crescente de suas massas atômicas

26 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques25 Marie Curie, amores sofrimentos e conquistas Mania Sklodowska ( ) nasce em Varsóvia na Polônia Filha de pai professor mãe pianista e professora Trabalha como governanta para pagar os estudos da irmã Bronia e depois vai estudar em Paris Trabalha na Sorbonne, casa com Pierre Curie e ganha o premio Nobel em física (1903) partilhado com ele e Becquerel por descobertas na área de radioatividade

27 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques26 Prêmio Nobel e perseguição Em 1904 Pierre é nomeado professor da Sorbonne e em 1906 é atropelado e morto por um pesado carroção Marie Curie namora o colega físico Paul Langevin (1910) e se torna objeto de difamação da imprensa anti-semita Marie recebe sozinha o Nobel de Química em 1911 por ter produzido rádio puro Em 1918 Marie se torna diretora do Instituto de Rádio de Paris e em 1922 é eleita para a Academia Francesa de Medicina. Sua filha Irene, iniciada pela mãe, também ganha um Premio Nobel dividido com o marido em Frédéric Joliot em Marie Curie tem como causa mortis a leucemia

28 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques27 Linus Pauling e o equívoco fatal na corrida pelo DNA Pauling ( ), Oregon,USA Nobel de Química (1954): A Natureza das Ligações Químicas e Nobel da Paz (1962). Erra quando considera os grupos fosfatos sem ionização,sem carga elétrica para manter as cadeias ligadas e assim haveria uma “desintegração” Impedido de viajar para a Inglaterra não tem tempo de corrigir o erro

29 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques28 Estrutura do DNA O equívoco no modelo provisório de Pauling

30 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques29 Os personagens do DNA O físico inglês Francis Crick estava mais interessado nos resultados O biólogo americano James Watson foi revelado no Chicago Quiz Kid Show e aos 15 anos já estava matriculado na Universidade Conheceu Maurice Wilkins em Nápoles e foi para o laboratório Cavendish em Cambridge onde se reuniu com Crick Crick só tinha 2 anos de biologia e Watson nada sabia de química

31 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques30 Rosalind Franklin: a grande injustiçada Rosalind trabalha com Wilkins no King’s College Descobre a estrutura do DNA através da difração do Raio X Morre de câncer em 1958 sem o reconhecimento de sua descoberta Em 1953 Watson e Crick publicam “a descoberta” na revista Nature e Wilkinson protesta. Em 1962 Watson, Crick e Wilkinson recebem o prêmio Nobel de Medicina pela descoberta do DNA

32 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques31 A estrutura do DNA de Franklin Veja a foto obtida por Rosalind Franklin por difração de raios X

33 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques32 E o nosso Brasil brasileiro? O nosso país também contribuiu para a História da Química de muitas maneiras. A mais inusitada foi a participação de José Bonifácio de Andrada e Silva. Cursou a Real Academia de Minas de Freiberg, Saxônia (1792) com Alexandre von Humboldt. Descobre dois minerais petalita(Quixeramobim) e espumodêmio, de onde J.A. Arfwedson, pesquisando nos laboratórios de Berzelius, descobre o Lítio. O Brasil tem mais: Simão Mathias, Ricardo Ferreira, Matheus Ventura, Letícia Parente, Attico Chassot e Paulo Rouquayrol

34 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques33 Bibliografia e fontes: MEWALDT, Johannes (org) O Pensamento de Epicuro Editora Iris – RJ NATALE, Adriano e VIEIRA, Cassio Leite – O Universo sem Mistério- Vieira e Lent – R.J PACHTER, Henry M. – The History of Paracelsus – Henry Schuman – N.Y POIRIER, Jean-Pierre - La Science et l'Amour. Madame Lavoisier, Paris, Éditions Pygmalion, 2004 READ, John From Alchemy to Chemistry – Dover Publications N.Y. STRATHERN, Paul - Crick, Watson e o DNA - Jorge Zahar Editor, 2001 STRATHERN, Paul – O Sonho de Mendeleiev – Jorge Zahar Editor WHITE, Michael – Rivalidades Produtivas – Ed Record – R.J. 2003

35 16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques34 Créditos: Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques Visite o blog: Este trabalho foi produzido originalmente para a III Escola de verão de Química da Universidade Estadual do Ceará Música:Sinfonia n.9 – Beethoven – Domínio Público Animações: gifmania (free):


Carregar ppt "16/8/2014 Prof. Gilberto Telmo Sidney Marques1 Polêmicas e Curiosidades da História da Química Fatos que permearam a vida de grandes personalidades da."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google