A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Quatro exemplos da oferta existente Bruno Tiago Fátima Nº 6774 MMORPG’s Infantis.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Quatro exemplos da oferta existente Bruno Tiago Fátima Nº 6774 MMORPG’s Infantis."— Transcrição da apresentação:

1 Quatro exemplos da oferta existente Bruno Tiago Fátima Nº 6774 MMORPG’s Infantis.

2 O que é um MMORPG infantil? É um jogo “multiplayer” online (Massively Multiplayer Online Role Playing Game); É orientado a pré-adolescentes; Por norma, é menos orientado à competitividade do que um MMORPG convencional; É usual, também, existirem mecanismos de segurança (fomenta-se a supervisão dos pais) na componente social do jogo (chat no mundo aberto); Costuma conter muitos mini-jogos.

3 Hello Kitty Online

4 Este é um MMO onde o utilizador tem vários caminhos diferentes para progredir no jogo (“level up”). Um ponto importante é que realizar um não impede realizar qualquer outro. Entre essas escolhas de progressão é possivel: Realizar “quests”; Ter e desenvolver a sua quinta; Pôr monstrinhos giros a dormir, sob o risco de porem eles o jogador a dormir. Recolhendo materiais espalhados pelo mapas do jogo; Recolhendo materiais de minas; Ser lenhador; Ser carpinteiro; Ser forjador; Ser cozinheiro; Ser Alfaiate. Em termos de protecção contra linguagem ofensiva, este jogo dispõe de “keyword filter”.

5 Pandanda Este jogo é ligeiramente diferente do Hello Kitty no aspecto da evolução. Pode-se dizer, até, que não se equadra tanto na categoria de MMORPG como se enquadra em MMOSG (massively multiplayer social game). Achei por bem referi-lo ainda assim. Este jogo também é dotado de um mundo onde o utilizador pode explorar e realizar quests. Este jogo contém varios minijogos espalhados pelo mapa, jogos estes que abrangem todos os jogadores que estão no local num dado momento (os jogos activam-se automaticamente e são multiplayer, caso esteja mais do que uma pessoa na sala onde é iniciado).

6 Pandanda De referir que este jogo tem uma forma de introduzir os pais na experiência, fazendo com que tenham de ser estes a permitir (ou não) que a criança utilize o chat do jogo, através confirmação do seu ; Para segurança, o jogo utiliza, também, moderadores. Os moderadores andam pelo jogo certificando-se que toda a gente “se porta bem”.

7 Pandanda

8 ToonTown Online

9 Este jogo é da Disney; O jogador começa por criar um “Toon”, que irá ser o seu personagem. Os “Toons” são animais ao estilo da disney que podem ser porcos, patos, coelhos, cães, macacos, etc,... Podendo os jogadores escolher várias estaturas e cores para o seu; No mundo de “ToonTown”, os jogadores irão poder interagir com vários personagens da Disney, entre estas Mickey, Pateta e Donald (NPC’s); Não existe qualquer forma de competição entre jogadores; Neste mundo, os inimigos são os “Cogs”, que são Robots que só pensam em negócios em detrimento de divertimento. O jogador terá de os enfrentar ao pregar-lhes partidas e, para isso, tem várias “skills” disponíveis, entre estas atirar tartes. Este é o substituto, não violento, que este jogo apresenta para batalhas;

10 ToonTown Online Existem várias situações (equivalentes a “Instances” de mmorpg’s usuais) onde os jogadores se juntam em equipa para derrotar COGs maiores e mais fortes; Quanto à garantia de um ambiente apropriado para uma criança estar, os chats estão limitados a frases pré-definidas que são bastante abrangentes. É possível activar o chat entre duas pessoas que se conheçam fora do jogo, ao combinarem uma “password” entre si e depois utilizá-la “ingame”. Para além disso, o “Nickname” criado pelo jogador só passa a ser visto dentro do universo após ser aprovado; Este jogo pareceu-me ser fiel ao universo da Disney, tanto no grafismo como na música; Este jogo tem duas diferenças com os outros dois apresentados: todo ele é em 3D e não é “free to play”.

11 ToonTown Online

12 Moshi Monsters

13 Este jogo é “free to play”; É uma espécie de Tamagoshi online (“Online Virtual pet”); O boneco que o jogador cuida é criado por este e o seu comportamento depende de como é tratado; Cada jogador possui uma casa, que pode costumizar comprando itens com dinheiro virtual; Brincar com o Pet e fazer os mini-jogos disponíveis faz com que o jogador progrida (faz “level up”) e ganhe esse mesmo dinheiro; Fomenta aumentar a “friends list”, havendo o “Monstar of the week”. O jogador cuja casa foi mais visitada durante uma semana ganha esse título. Para ser visitado, o jogador terá de ter amigos dentro do universo. Para isso, o jogador tem de os adicionar, tendo de saber previamente o seu “Nickname”;

14 Moshi Monsters Os mini-jogos são muito variados e a sua maioria ajuda no desenvolvimento da criança (jogos respectivos a cores, números, trivia, etc,...). Estes mini-jogos podem ser encontrados em todo o mundo explorável que está disponivel a todos os jogadores à distancia de simples cliques (ao contrário dos outros jogos falados, as deslocações não são visíveis); Se o jogador tratar mal o pet, este não morrerá, mas começa a desobedecer ao jogador, o que me parece algo engraçado no que toca a mostrar as consequências de não cumprir os objectivos básicos do jogo; Neste jogo, o chat está restringido aos “friends” e aos foruns.

15 Moshi Monsters


Carregar ppt "Quatro exemplos da oferta existente Bruno Tiago Fátima Nº 6774 MMORPG’s Infantis."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google