A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

“Há muitas moradas na casa de meu Pai” Capítulo III itens 1 a 7 “Deus não abandona nenhuma das suas criaturas” Instruções dos Espíritos Mundos Superiores.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "“Há muitas moradas na casa de meu Pai” Capítulo III itens 1 a 7 “Deus não abandona nenhuma das suas criaturas” Instruções dos Espíritos Mundos Superiores."— Transcrição da apresentação:

1 “Há muitas moradas na casa de meu Pai” Capítulo III itens 1 a 7 “Deus não abandona nenhuma das suas criaturas” Instruções dos Espíritos Mundos Superiores e Inferiores Resumo do ensinamento dos Espíritos Superiores “Deus não abandona nenhuma das suas criaturas” Instruções dos Espíritos Mundos Superiores e Inferiores Resumo do ensinamento dos Espíritos Superiores

2 “Não se turbe o vosso coração. Crede em Deus, crede também em mim. Há muitas moradas na casa de meu Pai; assim não fosse, eu vo-lo teria dito, pois me vou para vos preparar o lugar. Depois que me tenha ido e que vos houver preparado o lugar, voltarei e vos retirarei para mim, a fim de que onde eu estiver, vós aí estejais.” (S. João, cap. XIV, vv. 1 a 3.)

3 Jornada do nascimento e da morte da morte ao novo nascimento

4 A casa do Pai é o Universo.

5 As diferentes moradas são os mundos que circulam no espaço infinito, oferecendo aos Espíritos desencarnados estações apropriadas ao seu adiantamento.

6 Mundos Diferentes condições uns dos outros Grau evolutivo dos seus habitantes

7 Terra Superior Inferior

8 Classificação relativa dos mundos Quanto as condições física e moral Mundos inferiores a Terra Mundos no mesmo grau evolutivo Mundos mais avançados que a Terra

9 Primitivos Provas e Expiações Regeneração Felizes Divinos

10 Há outros mundos na mesma condição que a Terra

11 Mundos intermediários O bem e o mal se misturam, e um predomina sobre o outro, segundo o grau de adiantamento dos habitantes

12 Mundos Primitivos Primeiras encarnações da alma humana

13 Mundos inferiores à Terra Existência toda material Reinam as paixões inferiores A vida moral quase não existe

14 Predomínio dos instintos; ausência de sentimentos nobres; não tem noção de justiça; força bruta é a lei

15 Dedicam-se a busca de alimentos e proteção; Inteligência latente; Vaga intuição da existência de Deus. A medida em que se desenvolve física e moralmente, a influência da matéria diminui.

16 Mundos de Expiações e Provas Mundo ainda inferior, onde os Espíritos encarnam a fim de prosseguir em seu estágio evolutivo, passando a maioria por provas, e, conforme a necessidade, por expiações, com o intuito de se despojarem de suas imperfeições

17 Mundo de Regeneração As almas que ainda têm o que expiar, adquirem novas forças, repousando das fadigas da luta

18 Mundos Felizes O bem supera o mal

19 Mundos Celestes ou Divinos Morada dos Espíritos Superiores

20 Espíritos Não estão ligados a um determinado mundo indefinidamente; Não passam nesse mundo por todas as fases do progresso que devem realizar para chegar a perfeição

21 Quando atingem o grau de adiantamento necessário passam para um mundo mais adiantado. Sucessivamente. Objetivo:Espírito Puro

22 Os mundos são as estações em que os Espíritos encontram elementos de progresso proporcionais ao seu adiantamento

23 É uma recompensa passarem a um mundo de ordem mais elevada; um castigo prolongarem sua permanência num mundo mais infeliz; relegados a um mundo ainda mais infeliz, por se haverem obstinado no mal.

24 Destino da Terra e causas das misérias humanas

25 a a TERRA MaldadesMisérias Enfermidades Paixões

26 “...miserável coisa é a espécie humana.” Julgamento – visão estreita Toda a humanidade não vive na Terra

27 A espécie humana abrange todos os seres dotados de razão, que povoam os inumeráveis mundos do Universo.

28 a a ArrabaldeHospital PenitenciáriaPantanal Terra

29 Não se enviam aos hospitais as pessoas sadias, nem as casas de correção os que não praticaram crimes, (...) não são lugares de delícias.

30 E como saímos do hospital quando estamos curados e da prisão quando cumprimos pena, o homem sai da Terra para mundos mais felizes, quando se achar curado de suas enfermidades morais.

31 “Há muitas moradas na casa de meu Pai” Capítulo III itens 1 a 7 “Deus não abandona nenhuma das suas criaturas” Instruções dos Espíritos Mundos Superiores e Inferiores Resumo do ensinamento dos Espíritos Superiores “Deus não abandona nenhuma das suas criaturas” Instruções dos Espíritos Mundos Superiores e Inferiores Resumo do ensinamento dos Espíritos Superiores

32

33 Lemniscata Adotada por diversas linhas espirituais, ela simboliza, para os rosa-cruzes, a evolução quando observada de dois lados: o físico e o espiritual. Um dos anéis de lemniscata é a jornada do nascimento à morte, o outro da morte ao novo nascimento. O ponto central é considerado o portal entre os dois mundos. Essa figura aparece em antigos desenhos celtas e no caduceu (cetro) de Hermes, o deus grego da comunicação (que leva as mensagens dos mortais para os deuses).


Carregar ppt "“Há muitas moradas na casa de meu Pai” Capítulo III itens 1 a 7 “Deus não abandona nenhuma das suas criaturas” Instruções dos Espíritos Mundos Superiores."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google