A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Uso da vírgula entre as orações do período Profª. Célia Trindade de Araújo e Silva.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Uso da vírgula entre as orações do período Profª. Célia Trindade de Araújo e Silva."— Transcrição da apresentação:

1 Uso da vírgula entre as orações do período Profª. Célia Trindade de Araújo e Silva

2 Uso da vírgula entre a oração subordinada e a principal 1. Entre a oração principal e a subordinada substantiva não se usa vírgula, com exceção da substantiva apositiva que pode vir separada por vírgula ou dois pontos. Ex.: O juiz foi favorável a que o réu se pronunciasse. Oração principalOração subordinada substantiva completiva nominal Seu lema é este: que se viva o presente com alegria. Oração principal Oração subordinada substantiva apositiva Há no país uma legenda, que ladrão se mata com um tiro. Oração principal Oração subordinada substantiva apositiva

3 2. Não se usa vírgula entre a oração principal e a subordinada adjetiva restritiva. Ex.: A mulher / que se perfuma / torna-se mais atraente Or. subordinada adjetiva restritiva ATENÇÃO! Pode ocorrer vírgula depois da oração subordinada adjetiva, especialmente se ele for extensa ou se terminar por um verbo se- guido imediatamente pelo verbo da oração principal. Ex.: Os livros que não interessavam, eram todos queimados Or. subordinada adjetiva restritiva

4 3. As orações subordinadas adjetivas explicativas vêm sempre separadas por vírgulas. Ex.: O vento, / que assoviava lá fora,/ nos assustava O uso da vírgula entre a oração principal e a oração subordinada adverbial nem sempre é obrigatório, mas é sempre correto. Ex.: A sala parecia na penumbra, / embora houvesse luz. Oração principal Oração subordinada adjetiva explicativa Oração subordinada adverbial concessiva ATENÇÃO! Se a oração subordinada adverbial vier depois da oração principal, a vírgula pode ser dispensada. Ex.: Treinou vários meses a fim de que vencesse no campeonato.

5 Observação: As regras de vírgula que são empregadas nas orações desenvolvidas, valem também para as reduzidas. 5. As coordenadas assindéticas são separadas por vírgula entre si. Ex.: Olhou as árvores, / não viu as folhagens As coordenadas sindéticas, normalmente separam-se por vírgulas, com exceção das aditivas introduzidas pela conjunção e. Ex.: Aproveite / e traga a cobertura de caramelo. 12 Volte logo ao trabalho, / que o relatório é pra hoje. 12 Uso da vírgula entre as orações coordenadas

6 ATENÇÃO! As coordenadas sindéticas aditivas, iniciadas pela conjunção e podem vir separadas por vírgulas nos seguintes casos: a) Quando as orações ligadas pela conjunção e tiverem sujeitos diferentes. Ex.: Os juros subiram, / e os preços estão mais altos. b) Quando a conjunção e vier repetida várias vezes. Ex.: Trabalha, / e teima, / e lima, / e sofre, / e sua. (Olavo Bilac) Bom estudo! Profª. Célia


Carregar ppt "Uso da vírgula entre as orações do período Profª. Célia Trindade de Araújo e Silva."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google