A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Maria Eduarda Cabral e Sofia matioli 4º ano b. Bandeira de Sergipe.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Maria Eduarda Cabral e Sofia matioli 4º ano b. Bandeira de Sergipe."— Transcrição da apresentação:

1 Maria Eduarda Cabral e Sofia matioli 4º ano b

2 Bandeira de Sergipe

3 Hino Alegrai-vos, sergipanos, Eis que surge a mais bela aurora Do áureo jucundo dia Que a Sergipe honra e decora. O dia brilhante Que vimos raiar, Com cânticos doces Vamos festejar. A bem de seus filhos todos, Quis o Brasil se lembrar De o seu imenso terreno Em províncias separar

4 O dia brilhante Que vimos raiar, Com cânticos doces Vamos festejar. Isto se fez, mas, contudo Tão cômodo não ficou, Como por más consequências Depois se verificou. O dia brilhante Que vimos raiar, Com cânticos doces Vamos festejar.

5 Cansado da dependência Com a província maior, Sergipe ardente procura Um bem mais consolador. O dia brilhante Que vimos raiar, Com cânticos doces Vamos festejar. Alça a voz que o trono sobe, Que ao Soberano excitou; E curvo o trono a seus votos, Independente ficou.

6 O dia brilhante Que vimos raiar, Com cânticos doces Vamos festejar. Eis, patrícios sergipanos, Nossa dita singular, Com doces e alegres cantos Nós devemos festejar. O dia brilhante Que vimos raiar, Com cânticos doces Vamos festejar.

7 Mandemos porém ao longe Essa espécie de rancor Que ainda hoje alguém conserva Aos da província maior. O dia brilhante Que vimos raiar, Com cânticos doces Vamos festejar. A união mais constante Nos deverá consagrar, Sustentando a liberdade De que queremos gozar.

8 O dia brilhante Que vimos raiar, Com cânticos doces Vamos festejar. Se vier danosa intriga Nossos lares habitar, Desfeitos aos nossos gostos Tudo em flor há de murchar. O dia brilhante Que vimos raiar, Com cânticos doces Vamos festejar.

9 Sobre Sergipe BRASÃO A Lei nº 02, de 5 de julho de 1892 instituiu o Brasão de Armas de Sergipe. Coube ao professor Brício Cardoso a criação do Brasão, oficializado em 5 de julho de 1892 pela Assembléia Legislativa. Sua simbologia está representada pelo índio Serigi embarcando em um balão; em seu centro a palavra PORVIR - o futuro. Abaixo do cesto do balão a legenda Sub Lege Libertas - Sob a Lei a Liberdade. Encerrando a faixa a data da primeira Constituição do Estado - 18 de maio de O índio representa o passado e o balão o futuro e a civilização.

10 BRASÃO DE SERGIPE

11 MARAVILHAS DE SERGIPE

12

13

14

15

16

17

18

19


Carregar ppt "Maria Eduarda Cabral e Sofia matioli 4º ano b. Bandeira de Sergipe."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google