A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GIPSITA NO BRASIL ESTADOS PRODUTORES DE GIPSITA: ESTADOS % PRODUÇÃO Municípios Pernambuco95 Araripina, Trindade Ouricuri, Ipubi Bodocó Maranhão3 Grajau,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GIPSITA NO BRASIL ESTADOS PRODUTORES DE GIPSITA: ESTADOS % PRODUÇÃO Municípios Pernambuco95 Araripina, Trindade Ouricuri, Ipubi Bodocó Maranhão3 Grajau,"— Transcrição da apresentação:

1

2 GIPSITA NO BRASIL ESTADOS PRODUTORES DE GIPSITA: ESTADOS % PRODUÇÃO Municípios Pernambuco95 Araripina, Trindade Ouricuri, Ipubi Bodocó Maranhão3 Grajau, Codó Balsas Ceará1,5 Nova Olinda Tocantins0,3 Filadelfia

3 MAPA DE LOCALIZAÇÃO DO SERTÃO DO ARARIPE

4 CristalinoSub-Solo: Epicentro do Semi-árido Localização: Número de habitantes: Empregos indiretos: Empregos diretos:

5 GIPSITA NO BRASIL Dados Oficiais (DNPM-2008) PaísProd.2006(10 3 t)Prod.2007(10 3 t) BRASIL (+12,4%) Estados Unidos Espanha Irã Canadá9.500 Tailândia China

6 Observações em relação aos dados oficiais: 1- Ausência efetiva do estado como controlador da geração de riquezas e comércio na região. 2- Se existem entre 100 e 140 empresas produtoras de gesso na região e estimando uma produção média de ton/mês teremos produção anual de gesso entre 2,4 e 3,4 mi de toneladas = 2,9 a 4,0 mi ton. de gipsita p/gesso. 3- Crescimento em 2008 = 25%

7

8 A Boa Notícia: No início 2009, o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), com o apoio do DNPM e do Sindusgesso, iniciou o projeto Gesso na Chapada do Araripe a fim de reavaliar as reservas e identificar os potenciais depósitos de gipsita, bem como de outros minerais na Região. A ação, que inclui a elaboração de um mapa geológico, cadastro de minas existentes, ocorrências de novas jazidas, além de avaliação dos impactos ambientais causados nas áreas de exploração de gipsita, conta com investimento inicial de R$ ,00.

9

10 AMEAÇA PARA O APL DO GESSO DO ARARIPE – PE (Citado no V Seminário Nacional de APL de Base Mineral em Recife – PE) 1- MATRIZ ENERGÉTICA (Situação Atual): 1.1- O APL do Gesso do Araripe, precisa urgentemente, indentificar matrizes energéticas renováveis, de baixo custo e de alta eficiência, para continuar aquecendo os fornos e produzindo o gesso de forma competitiva. Resultado: Em Junho/2009 a CNI/FIEPE/SENAI, proporciona ao APL a contratação de consultoria para DIAGNÓSTICO ENERGÉTICO PARA O APL DO GESSO DO ARARIPE.

11 AMEAÇA PARA O APL DO GESSO DO ARARIPE – PE (Citado no V Seminário Nacional de APL de Base Mineral em Recife – PE) 1- MATRIZ ENERGÉTICA (Situação Atual): – Empresas associadas ao Sindusgesso/Assogesso, com apoio do Sebrae e ONG’s, promovem estudo para redução de consumo de lenha nos fornos “Barriga Quente”, a partir da lenha picada e seca, oriundas de manejo florestal sustentado. Resultados obtidos indicam possibilidade de redução de até 30% de consumo de lenha e aumento de mais de 50% na eficiência do forno.

12 AMEAÇA PARA O APL DO GESSO DO ARARIPE – PE (Citado no V Seminário Nacional de APL de Base Mineral em Recife – PE) 1- MATRIZ ENERGÉTICA (Situação Atual): O Governo do Estado, através da Secretaria de Articulação Social, de Recursos Hídricos e Desenvolvimento Econômico, promove encontro entre o Sindusgesso e o Ministério da Integração Nacional, para viabilizar a destinação da lenha oriunda do desmatamento da abertura dos canais da Transposição do Rio São Francisco para o APL do Gesso de Pernambuco, em troca de ações sociais, como forma de reduzir a pressão sobre a caatinga A SDEC, através da AD-Diper, aprova o Projeto Triturador para o APL do Gesso. Consiste em picar a lenha para inserir nos fornos de gesso automaticamente. Implica na redução do custo de transporte da lenha em mais de 30%.

13 EM 2008: 1.2- Pesquisas precisam ser realizadas, com apoio da Academia, com o objetivo de eficientização dos fornos, a fim de reduzir o consumo energético. Ideal: uso de bio-massa, madeiras de reflorestamento (clones de eucalipto, poda de cajueiro, etc.) ou manejo florestal sustentável, com queima direta nos fornos de gesso.

14 Situação Atual: A- O Itep está promovendo a pesquisa para desenvolvimento de um combustor para Biomassa.

15 Situação Atual: B- Existe tecnologia na Espanha. Apresentado na Expogesso em 03/10/09.

16

17 2- BUSCA DE ALTERNATIVAS: 2.1- Modernização Tecnológica do Parque Produtivo: A- Novos equipamentos para a produção de placas de teto:

18 2- BUSCA DE ALTERNATIVAS: 2.1- Modernização Tecnológica do Parque Produtivo: B- Tendência de novos equipamentos para a produção de gesso, com alta tecnologia:

19 2- BUSCA DE ALTERNATIVAS: 2.1- Modernização Tecnológica do Parque Produtivo: C- Empresas do APL já investem na produção de Drywall:

20 2- BUSCA DE ALTERNATIVAS: 2.2- Crescimento do mercado: Obras Todas em Alvenaria de Gesso ganham confiança no mercado:

21 (81) (81) (81)


Carregar ppt "GIPSITA NO BRASIL ESTADOS PRODUTORES DE GIPSITA: ESTADOS % PRODUÇÃO Municípios Pernambuco95 Araripina, Trindade Ouricuri, Ipubi Bodocó Maranhão3 Grajau,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google