A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO (EST ) DEPARTAMENTO: CONTABILIDADE (STC) DISCIPLINA: ÉTICA GERAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO (EST ) DEPARTAMENTO: CONTABILIDADE (STC) DISCIPLINA: ÉTICA GERAL."— Transcrição da apresentação:

1 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO (EST ) DEPARTAMENTO: CONTABILIDADE (STC) DISCIPLINA: ÉTICA GERAL E PROFISSIONAL PONTO: ÉTICA NORMATIVA E DESCRITIVA

2 OBJETIVO  PRETENDE INTRODUZIR O ALUNO NO ESTUDO DOS PROBLEMAS FUNDAMENTAIS DA ÉTICA

3 CURRICULO RESUMIDO DO PROFESSOR ALBERTO PIRES  MESTRE EM ENSINO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E AMBIENTE  ESPECIALISTA EM CONTABILIDADE E AUDITORIA

4 ÉTICA  OS SERES HUMANOS AGEM CONSCIENTEMENTE, E CADA UM É SENHOR DE SUA PRÓPRIA VIDA.  MAS COMO RESOLVEMOS O QUE FAZER?  A FILOSOFIA PODE NOS AJUDAR A PENSAR SOBRE A NOSSA VIDA.

5 CHAMA-SE ÉTICA A PARTE DA FILOSOFIA QUE SE DEDICA A PENSAR AS AÇÕES HUMANAS E SEUS FUNDAMENTOS. CHAMA-SE ÉTICA A PARTE DA FILOSOFIA QUE SE DEDICA A PENSAR AS AÇÕES HUMANAS E SEUS FUNDAMENTOS.

6 > Em outras palavras, ÉTICA e MORAL referem-se ao conjunto de costumes tradicionais de uma sociedade e que, como tais, são considerados valores e obrigações para a conduta de seus membros. > Os costumes por serem anteriores ao e formarem o tecido da sociedade em que vivemos, são considerados inquestionáveis e quase sagrados. > Se pudermos entender a MORAL como valores instituídos pela sociedade que nos educou e nos formou, a ÉTICA de ser entendida como algo mais amplo. > A ÉTICA leva em consideração também o sujeito consciente.

7 CARÁTER E MORAL  Tanto caráter e moral indicam um tipo de comportamento propriamente humano que não é natural, o homem não nasce com ele como se fosse um instinto, mas que é “adquirido ou conquistado por hábito”.

8 ÉTICA NORMATIVA E DESCRITIVA  Normativas, procura a a justificação moral; apresentam padrões de ações boas ou más.  Descritivas, descreve os fenômenos morais, relatando aquilo em que as pessoas acreditam e como elas agem.  Metaética, que reflete sobre os métodos e a linguagem utilizada pela própria ética.

9 ÉTICA CIENTÍFICA E FILOSÓFICA  A Ética pode ser apresentada como Ciência, e como Atividade Filosófica.  A Ética Científica, como ciência dos fatos, ações e processos éticos, que explicam como ocorrem e em que condições se manifestam.  A outra forma é a Ética Filosófica, que estuda as normas e as leis, e explica porque ocorrem ou devem ocorrer as relações.  No campo da Ética Filosófica encontramos a Ética Normativa e a Ética Especulativa (Integrando a Metaética).  Nas atividades da Ética Científica encontramos a Ética Descritiva.

10 “SENTIDO DE CORRESPONDÊNCIA”  Entre as afirmações e a realidade. Nos conduz a Ética Normativa e Descritiva.  Ética Normativa: Numa afirmação normativa pretende-se fazer corresponder a realidade à afirmação. Por exemplo: "Não devemos maltratar os animais" é uma afirmação normativa, pois pretende que aconteça na realidade o que se afirma;

11 “SENTIDO DE CORRESPONDÊNCIA”  Ética Descritiva:  Numa afirmação descritiva pretende-se fazer corresponder a afirmação à realidade. Por exemplo: "A Terra é redonda" é uma afirmação descritiva, pois pretende que a afirmação represente a realidade.

12 ÉTICA NORMATIVA  Definição:  A que busca estabelecer princípios constantes e universalmente válidos de valorização da vida, definindo o bem moral como o ideal do melhor agir ou do melhor ser.

13 ÉTICA NORMATIVA SE INDAGA:  “Quais normas gerais para a orientação e a avaliação da conduta devem ser moralmente aceitas e por que razões?”;  “O que faz certas as ações consideradas certas?”;  “Como podemos dizer o que é certo?”;  “Como posso ser moral?”;  “Ser moralmente certo é sempre ser eticamente certo?”.

14 ÉTICA NORMATIVA  A ética kantiana e a utilitarista são exemplos amplamente conhecidos, não descrevem o modo como as pessoas pensam ou se comportam; antes prescrevem o modo como as pessoas devem pensar e comportar-se. Por isso se chama "ética normativa": o seu objetivo principal é formular normas válidas de conduta e de avaliação do caráter

15 ÉTICA NORMATIVA  A Ética normativa é mais do que prescrever regras e leis, pois procura enunciar as normas que assegurem e satisfaçam a autoridade do que deve ser, para que a sociedade atinja seus objetivos.

16 ÉTICA NORMATIVA  Leva em conta todos os demais conhecimentos, tradições, usos e costumes, mas seu objetivo é enunciar as regras dentro das quais o ser humano deve ou pode desenvolver-se.  Por isso que ela não dispensa as informações e nem se deixa conduzir apenas pela racionalidade.  Pretende dominar os dados para a partir daí enunciar, elaborar e criar normas e leis.  Em outras palavras, a Ética Normativa considera a MORAL como um conteúdo a ser recomendado.

17 DEONTOLOGIA  O termo Deontologia surge das palavras gregas “déon, déontos” que significa dever e “lógos” que se traduz por discurso ou tratado.  É um dos dois ramos principais da Ética Normativa, juntamente com a Axiologia (Ramo da filosofia que estuda os valores).  A Deontologia é o conjunto codificado das obrigações impostas aos profissionais de uma determinada área, no exercício de sua profissão.  É conhecida também sob o nome de “Teoria do Dever”.

18 ÉTICA DESCRITIVA  A Ética Descritiva escreve a forma como as pessoas agem e explicam sua ação, em termos de seus julgamentos de valor e pressuposições.  Desta forma, a Ética Descritiva aprimora o conhecimento da cultura humana, está voltada para o que é, para a explicação, para o comportamento.  Ela se utiliza de técnicas científicas para estudar como as pessoas raciocinam e agem.

19 CONCLUSÃO  A Ética Normativa não indaga por aquilo que é, mas por aquilo que deve ser.  É considerada a Ética do Dever, pois desenvolve critérios para o Juízo Moral.  Dentro dela, há a Deontologia, cujo objeto de estudo são os fundamentos do dever e as normas morais, como as adotada por um grupo de profissionais.  Quanto à Ética Descritiva, entende-se a apreensão empírica e descritiva da moral existente, ou seja, descrevem-se atitudes e convicções morais.

20 FINALIZANDO  Quando se busca descrever o modo como as pessoas se comportam de fato em assuntos morais, correspondente nesse caso um enfoque à Ética Descritiva.  Ao passo que quando se argumenta sobre o modo como as pessoas devem se comportar, há uma análise própria de Ética Normativa.


Carregar ppt "UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO (EST ) DEPARTAMENTO: CONTABILIDADE (STC) DISCIPLINA: ÉTICA GERAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google