A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESENVOLVIMENTO EGIONAL NTEGRADO DRIDRI. OBJETIVO - PDRI.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESENVOLVIMENTO EGIONAL NTEGRADO DRIDRI. OBJETIVO - PDRI."— Transcrição da apresentação:

1 ESENVOLVIMENTO EGIONAL NTEGRADO DRIDRI

2 OBJETIVO - PDRI

3 O PDRI - SUDOESTE  Perspectiva de tempo: médio a longo prazo  O foco está na solução de problemas ou oportunidades regionais específicas  Busca desenvolver uma estratégia orientada e única para implementação  Deve servir de base para grandes questões onde as estruturas de decisão adequadas não estejam alinhadas

4 ATUAÇÃO DRI  Um problema central do desenvolvimento regional é o desperdício de possibilidades por causa da falta de integração das diferentes instituições e projetos  O DRI ajuda a estabelecer prioridades consensuais e atuar na construção da sinergia e na obtenção de recursos para as prioridades estratégicas. Extraído e adaptado de Integrated Regional Development Concepts: A practical guide for the elaboration and implementation of Regional Development Concepts.Silke Brocks, Antonia Schulitz. Brussels, June 2006

5 ANÁLISE - SUDOESTE  PESQUISA E AVALIAÇÃO QUALITATIVA Pesquisa junto às lideranças do Sudoeste Avaliação sobre as dimensões  Econômica  Social  Ambiental  Institucional  Indicadores de desenvolvimento IFDM – Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal IFGF – Índice Firjan de Gestão Fiscal  Outros dados relativos ao desenvolvimento do Sudoeste

6 IFDM Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal PARANÁIFDM Emprego & Renda EducaçãoSaúde PARANÁ 0,82260,80220,77590,8898 Mediana 0,69930,41920,77210,8884 Máximo 0,87310,99810,93711, Mínimo 0,50340,00000,56020,6665 Ranking IFDM UF Ranking PARANÁ Ano 2009 IFDM Emprego & Renda EducaçãoSaúde NacionalEstadual 71º6ºPRPato Branco0,84820,84140,84390, º17ºPRFrancisco Beltrão0,81100,69620,82210, º25ºPRRealeza0,78170,50820,88480, º27ºPRSão João0,77940,60310,84320, º32ºPRDois Vizinhos0,77110,63970,79570, º38ºPRBom Sucesso do Sul0,76300,50800,82000, º55ºPRVitorino0,75570,52380,79330, º63ºPRChopinzinho0,74800,47780,85960, º85ºPRMariópolis0,73910,54360,78650, º93ºPRFlor da Serra do Sul0,73450,48050,75910, º104ºPRPinhal de São Bento0,72960,36940,82430, º115ºPRBarracão0,72720,47510,77880, º127ºPRSanta Izabel do Oeste0,72340,46700,76580, º136ºPRMarmeleiro0,72120,50260,75630, º150ºPRCoronel Vivida0,71730,52410,74530, º166ºPREnéas Marques0,71290,46210,80100, º169ºPRNova Prata do Iguaçu0,71240,52130,74800, º175ºPRCapanema0,71060,48310,76830, º184ºPRBom Jesus do Sul0,70800,37040,78170, º185ºPRBoa Esperança do Iguaçu0,70730,51840,80710, º191ºPRSalgado Filho0,70440,45330,74340,9166

7 IFDM Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal PARANÁIFDM Emprego & Renda EducaçãoSaúde PARANÁ 0,82260,80220,77590,8898 Mediana 0,69930,41920,77210,8884 Máximo 0,87310,99810,93711, Mínimo 0,50340,00000,56020,6665 Ranking IFDM UF Ranking PARANÁ Ano 2009 IFDM Emprego & Renda EducaçãoSaúde NacionalEstadual 1414º192ºPRVerê0,70400,42170,81420, º205ºPRCruzeiro do Iguaçu0,69590,46210,80090, º234ºPRHonório Serpa0,68900,38530,73000, º247ºPRNova Esperança do Sudoeste0,68400,36850,71480, º249ºPRSulina0,68330,53220,66080, º265ºPRRenascença0,68030,38820,76440, º266ºPRPranchita0,68020,39040,77970, º267ºPRSão Jorge d'Oeste0,67970,39890,76850, º277ºPRPlanalto0,67590,40000,81030, º284ºPRBela Vista da Caroba0,67230,34770,71440, º300ºPRSalto do Lontra0,66320,33870,76980, º314ºPRManfrinópolis0,65720,42250,69960, º317ºPRSanto Antônio do Sudoeste0,65570,40550,73770, º319ºPRAmpére0,65490,39090,75280, º320ºPRPérola d'Oeste0,65470,37430,75180, º322ºPRClevelândia0,65350,35900,69250, º332ºPRMangueirinha0,64640,39900,69920, º343ºPRPalmas0,63640,38430,69850, º346ºPRItapejara d'Oeste0,63530,40800,72370, º369ºPRCoronel Domingos Soares0,62200,39550,63790, º393ºPRSaudade do Iguaçu0,55800,00000,74910,9248

8 IFGF Índice FIRJAN de Gestão Fiscal PARANÁIFGF Receita Própria PessoalInvest.Liquidez Custo da Dívida Média 0,54130,26430,67050,58310,58920,6714 Mediana 0,54470,21110,66350,58640,70240,6742 Máximo 0,89401, Mínimo 0,09750,03090,00000,03940,0000 Ranking IFGF UF Ranking PARANÁ Ano 2012 IFGF Receita Própria PessoalInvest.Liquidez Custo da Dívida NacionalEstadual 207º10ºPRRealeza0,76310,27910,84031,00000,90180, º16ºPRMariópolis0,74720,23130,86200,88850,96880, º23ºPRCoronel Vivida0,73530,35970,68731,00000,92030, º24ºPRFrancisco Beltrão0,73490,46830,80890,78690,88980, º36ºPRChopinzinho0,71250,24470,79120,82010,96050, º42ºPRRenascença0,70160,13400,77640,88241,00000, º51ºPRPinhal de São Bento0,69180,06190,91890,70260,99980, º56ºPRMarmeleiro0,67170,31170,75121,00000,55590, º61ºPRBom Jesus do Sul0,66770,09660,71991,00000,70681, º64ºPRNova Esperança do Sudoeste0,66530,12600,66011,00000,80430, º72ºPRPato Branco0,65390,52470,85070,33260,85410, º82ºPRBom Sucesso do Sul0,64480,13120,75881,00000,65910, º97ºPRCruzeiro do Iguaçu0,63090,19750,78700,65760,85520, º106ºPRCoronel Domingos Soares0,62460,08870,86570,80080,70420, º108ºPRBoa Esperança do Iguaçu0,62340,06010,75340,67190,93170, º111ºPRBarracão0,62060,24050,73091,00000,47560, º113ºPRSanta Izabel do Oeste0,61800,38370,71021,00000,38090, º117ºPRItapejara d'Oeste0,61490,16470,91671,00000,34540, º119ºPRCapanema0,61130,25500,57790,66050,82260, º128ºPRNova Prata do Iguaçu0,60310,24110,78531,00000,39500, º132ºPRSão João0,60100,22460,72531,00000,40710,7067

9 IFGF Índice FIRJAN de Gestão Fiscal PARANÁIFGF Receita Própria PessoalInvest.Liquidez Custo da Dívida Média 0,54130,26430,67050,58310,58920,6714 Mediana 0,54470,21110,66350,58640,70240,6742 Máximo 0,89401, Mínimo 0,09750,03090,00000,03940,0000 Ranking IFGF UF Ranking PARANÁ Ano 2012 IFGF Receita Própria PessoalInvest.Liquidez Custo da Dívida NacionalEstadual 1906º133ºPRVerê0,60070,11260,79471,00000,45030, º137ºPRSão Jorge d'Oeste0,59570,11470,91240,47350,87800, º138ºPRSanto Antônio do Sudoeste0,59480,18010,73910,89080,51390, º144ºPRPérola d'Oeste0,59160,15530,72480,60480,73590, º155ºPRSalgado Filho0,57910,12300,64090,60370,77210, º162ºPRClevelândia0,57250,19780,56640,66630,85140, º170ºPRPlanalto0,56420,13270,78250,61140,61110, º187ºPRPranchita0,54680,14400,67880,75910,48660, º191ºPRHonório Serpa0,54560,06070,66440,70260,60640, º203ºPRAmpére0,53690,26920,81950,34010,66470, º208ºPRVitorino0,52950,18810,68921,00000,17900, º235ºPRSulina0,50720,10050,76080,61340,41160, º236ºPRPalmas0,50700,33390,83990,38240,55690, º249ºPRFlor da Serra do Sul0,49360,12760,78040,90820,00000, º258ºPRManfrinópolis0,48570,05210,76561,00000,00000, º270ºPREnéas Marques0,47440,10550,66250,24890,74420, º304ºPRSaudade do Iguaçu0,44220,08970,68560,83360,00000, º305ºPRDois Vizinhos0,44130,33130,67610,47820,21920, º310ºPRBela Vista da Caroba0,43630,05990,75780,39580,36070, º341ºPRMangueirinha0,38790,18410,84480,38620,07760, º348ºPRSalto do Lontra0,37300,21110,55640,71530,08680,1989

10 VISÃO DE FUTURO

11 “O que estamos fazendo hoje nos levará a viver e a proporcionar um futuro melhor para o povo do Sudoeste?”

12 SUDOESTE 2020

13 Eixos estruturantes

14  Capacitar empresários e trabalhadores para elevar a qualidade da produção e renda  Estimular a adoção da tecnologia e inovação para inserção competitiva do Sudoeste no mercado

15  Incorporação da cultura regional para agregação de valor à produção  Valorização das manifestações culturais para viabilizar atividades produtivas  Incentivar a Cultura Empreendedora por meio da educação  Desenvolver e oportunizar a inserção de novas lideranças

16  Definir o modelo da matriz logística para o Sudoeste  Incentivar a criação de uma matriz regional para o planejamento urbano

17  Estimular estratégias que promovam a melhoria do IDEB nos municípios  Estimular a adoção da "Gestão Plena" da Saúde nos municípios do Sudoeste  Fomentar práticas de desenvolvimento sustentável na região, com ênfase no saneamento e tratamento de resíduos  Elevar a qualidade da gestão pública dos municípios  Incentivar o desenvolvimento de um ambiente legal favorável aos negócios  Ampliar as relações do Sudoeste com suas fronteiras

18 PROXIMAS ETAPAS

19 Próximas Grandes Etapas  Estratégias e priorizações (como vamos alcançar os nossos objetivos);  Implementação (ações estratégicas);  Controle e monitoramento (alcançamos os nossos objetivos?).

20 Estas 2013/214  Captação de recursos financeiros para custear as despesas da gestão 2013/14 – em andamento;  Assegurar a existência de um corpo técnico, interno e/ou externo, cujo papel será de estimular, o andamento do processo (não das ações);  Criar um grupo para monitoramento dos avanços do PDRI, que terá um caráter deliberativo de apoio e animação do processo;  Construir a Matriz de Programas, Projetos e Ações emanados do PDRI, com o objetivo de definir em quais iniciativas cada instituição contribuirá e promover o seu engajamento no processo

21 O que será preciso para o PDRI dar certo  Definir quais são as prioridades para o Sudoeste  Envolvimento dos Prefeitos, via AMSOP  Capacitação das equipes na gestão pública  Participação e interação da iniciativa privada  Articular as forças regionais

22 ESENVOLVIMENTO EGIONAL NTEGRADO DRIDRI


Carregar ppt "ESENVOLVIMENTO EGIONAL NTEGRADO DRIDRI. OBJETIVO - PDRI."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google