A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O QUE É SGC ? Sociedade de garantia de Crédito Modalidades de Crédito Capital de Giro: Investimento Fixo Prazo: até 24 meses Prazo: até 36 meses Taxa:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O QUE É SGC ? Sociedade de garantia de Crédito Modalidades de Crédito Capital de Giro: Investimento Fixo Prazo: até 24 meses Prazo: até 36 meses Taxa:"— Transcrição da apresentação:

1

2 O QUE É SGC ? Sociedade de garantia de Crédito

3 Modalidades de Crédito Capital de Giro: Investimento Fixo Prazo: até 24 meses Prazo: até 36 meses Taxa: 1,8% a.m. fixo Taxa: 0,85% + CDI a.m. Valor: até R$ ,00 Valor: até R$ ,00 Investimento Misto Prazo: até 30 meses Taxa: 0,85% + CDI a.m. Valor: até R$ ,00 * Garantido até 75% por operação.

4 Objetivos Proporcionar condições de acesso ao crédito, através da concessão do certificado de garantia junto aos agentes financeiros. Acesso a outorgas de garantias Reduzir o custo do dinheiro com menores juros e maior prazo

5 Objetivos Dinheiro aplicado na produção/investimentos e melhorias. Há necessidade de o banco fazer o seu verdadeiro papel (produção, desenvolvimento, inovação, tecnologia e outras melhorias) SGC é uma forma de fazer com que o dinheiro seja investido localmente e na região.

6 Objetivos Desenvolver o associativismo e cooperativismo Fomentar as parcerias Dinheiro concedido com apoio de consultorias, seja administrativa, finanças ou controles internos. Acesso ao assessoramento financeiro empresarial

7 Objetivos Valorização do empresário local, especialmente o Empreendedor individual e o micro e pequeno empresário Estímulo ao investimento e consumo local. Promover o desenvolvimento econômico e social no município

8 Objetivos Fomento de novos negócios. Novos empreendedores e novos empresários. Melhoria da competitividade; integração a uma rede empresarial.

9 Objetivos A SGC contribuirá para o desenvolvimento do Empreendedor individual, das micros e pequenas empresas, fazendo com que haja maior sustentabilidade dos empregos, dos negócios e da economia. Precisamos das grandes empresas e grandes negócios, e juntos podemos construir uma economia mais ativa, dinâmica e justa.

10 A CACISPAR fez parte desde os primeiros passos da SGC. Juntos SEBRAE, Agência de Desenvolvimento e AMSOP formamos o grupo gestor da entidade, com 32 parceiros (associações, sindicatos, bancos e cooperativas.) Fomos os que deram sustentabilidade para a SGC acontecer. CONTRIBUIÇÃO DA CACISPAR

11 A CACISPAR e a Agência de desenvolvimento fizeram a divulgação da idéia em 16 municípios, reunindo mais de 850 empresários, dito como Chamada pública para o apóio da Implantação da SGC, que na seqüência foi realizado um diagnóstico para avaliar a realidade econômica dos empresários.

12 CONTRIBUIÇÃO DA CACISPAR Foram 512 questionários respondidos, (A CRESOL FOI QUEM PATROCIONOU A PESQUISA JUNTO COM O SEBRAE) tendo como propósito ter uma matriz da potencialidade regional, quais restrições para concessão de crédito, qual a classificação da qualidade do crédito e o horizonte do planejamento das empresas.

13 CONTRIBUIÇÃO DA CACISPAR A CACISPAR com a Agência de desenvolvimento, contribui com mão de obra para auxiliar nos controles de documentos, agendas de reuniões, convites e controle financeiro. O SICOOB sempre foi um grande parceiro desde o inicio auxiliando financeiramente para cobrir alguns custos operacionais da SGC. Fomos grandes motivadores para que a SGC se tornasse realidade.

14 São 32 parceiros, Associações, sindicatos, bancos e Cooperativas. Foram convidadas pelo grupo gestor para participar de uma reunião cujo objetivo era de buscar apoio a implantação da Sociedade de Garantia de Credito; Assumir o compromisso de apoiar também as ações e demais iniciativas necessárias a obtenção da consolidação da Nova entidade ( orientações técnicas e metodológicas, missões técnicas, planejar e definir metas etc...). MOBILIZAÇÃO E PARCEIROS REGIONAIS.

15 Foram realizadas quatro pré-assembléias regionais nas ACEs para divulgação das ações finais que levaria a concretização da SGC, com a Agência de desenvolvimento, e seu propósito foi de fortalecer o compromisso das ACEs.

16 Dois Vizinhos Francisco Beltrão Pato Branco Coronel Vivida Na seqüência todos os municípios onde existem PACs do SICOOB Aos poucos atender todo o Sudoeste do Paraná. ACEs ENVOLVIDAS

17 Falta de conhecimento do assunto Falta de metodologia para alinhar a seqüência das ações Falta de recursos para auxiliar nos despesas de viagens, transporte e custos operacionais. DIFICULDADES ENCONTRADAS:

18 Poucas pessoas envolvidas no cumprimento das ações Demora no convencimento de muitas lideranças sobre a importância do assunto O Sudoeste é composto por pequenos municípios, conseqüentemente pequenas ACEs, e nenhuma com condições de ajudar financeiramente, diferentemente da região da CACIOPAR.

19 DESAFIOS SUPERADOS Custos operacionais iniciais, como fazer, conseguir e sustentar até viabilizar Tempo de implantação - Descrédito – burocracia Auxílio dos parceiros – Sicoob

20 DESAFIOS SUPERADOS Muita vontade, persistência e entendimento que a SGC seria uma grande alternativa de desenvolvimento econômico e social da região em função do acesso ao crédito orientado Não basta a idéia, precisa dinheiro, gente e coragem. Precisa os que assumem, são as lideranças que façam o início, meio e o fim.

21 PASSOS PARA A CONSOLIDAÇÃO DA SGC Auxilio dos parceiros e das ACEs. Buscar e ampliar novos parceiros Comprometimento da diretoria da entidade Ética e seriedade

22 PASSOS PARA A CONSOLIDAÇÃO DA SGC Viabilizar o plano de negócio, com ênfase no marketing, divulgar o papel e importância da SGC para o Sudoeste do Paraná Sentimento e percepção de orientação e desenvolvimento empresarial.

23 A CACISPAR COMO INDUTORA NO PROCESSO DE CONSTITUIÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DA SGC Fazer parte do grupo gestor. Representatividade empresarial, principalmente do pequeno empresário Fazer parte da diretoria. O empresário deve ser o agente de liderança nessa continuidade da caminhada SGC

24 A CACISPAR COMO INDUTORA NO PROCESSO DE CONSTITUIÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DA SGC Motivar e ampliar as parcerias Apoiar as ACEs nos trabalhos locais, melhorar a capacitação dos seus agentes Apoiar e participar na busca de mais recursos para o fundo garantidor (municípios, governo do estado e federal).

25 A CACISPAR COMO INDUTORA NO PROCESSO DE CONSTITUIÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DA SGC Incluir nos portifólios de serviços das ACEs a SGC – Garantia de crédito Oportunidade de aumentar o número de sócios e fidelizá-los Ser a promotora para o desenvolvimento do Empreendedor individual e do micro e pequeno empresário

26 A CACISPAR COMO INDUTORA NO PROCESSO DE CONSTITUIÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DA SGC Estimular o associativismo com a formação de pequenas cooperativas, associações, redes e núcleos A SGC junto com a ACE serem as agentes e promotoras do desenvolvimento local

27 A CACISPAR COMO INDUTORA NO PROCESSO DE CONSTITUIÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DA SGC Divulgar nos sites das ACEs, portais locais, jornais, rádio, nos informativos, s, site e informativo da Cacispar, nas visitas aos empresários. Distribuição de folders Fazer o lançamento exclusivo da SGC em cada uma das quatro ACEs, convidando seus associados e empresários de um modo geral.

28 Obrigado!


Carregar ppt "O QUE É SGC ? Sociedade de garantia de Crédito Modalidades de Crédito Capital de Giro: Investimento Fixo Prazo: até 24 meses Prazo: até 36 meses Taxa:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google