A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

2000-10-11Mainframe como Servidor1 O Mainframe como Servidor Uma alternativa Segura, Rápida, Barata, e Estrategicamente Correta.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "2000-10-11Mainframe como Servidor1 O Mainframe como Servidor Uma alternativa Segura, Rápida, Barata, e Estrategicamente Correta."— Transcrição da apresentação:

1 Mainframe como Servidor1 O Mainframe como Servidor Uma alternativa Segura, Rápida, Barata, e Estrategicamente Correta.

2 Mainframe como Servidor2 Arquiteturas Cliente/Servidor Clássica: três segmentos: –Base de Dados corporativa. –Base de Dados local e Servidor de aplicações. –Cliente final: PC com programas locais. Alternativa: apenas dois segmentos: –Base de Dados, Servidor de Dados, e Servidor de Aplicações integrados. –Cliente final: um simples browser.

3 Mainframe como Servidor3 Solução implantada No Mainframe: há solução completa IBM –Servidor WEB –Ambiente UNIX –Java. –Acesso direto aos arquivos VSAM. –Acesso a arquivos DB2, se tivessemos o DB2. –Acesso a arquivos Oracle em máquinas Unix. Novidade: Acesso ao Adabas c/driver JDBC

4 Mainframe como Servidor4 Segurança Física Replicação em andamento. Operadores e Suporte 24x7. Site com acesso controlado. Equipamentos e Arquivos ao abrigo de roubo físico. Energia garantida. Defesas contra incêndio, etc.

5 Mainframe como Servidor5 Segurança Técnica Arquitetura de HW e SW com longa tradição de confiabilidade e disponibilidade. Equipe de suporte 24x7, Backups diários. Capacidade de absorver picos de uso sem travar (apenas fica lento). Sincronismo e consistência dos dados manipulados pelas diversas aplicações.

6 Mainframe como Servidor6 Segurança Lógica Usar os arquivos diretamente no Mainframe elimina a replicação descontrolada para outros ambientes menos seguros. Permite real controle e registro dos acessos. Evita roubo de arquivos. Permite registro do uso dos dados. Permite criar vários indicadores.

7 Mainframe como Servidor7 Eficiência Integração do Servidor de BD com o Servidor de Aplicação elimina os custos e o tempo da comunicação entre os dois. Acesso direto Mainframe - TCP/IP - cliente. Mainframe absorve bem picos de carga. Garantia de tempo de resposta. Capacidade do Mainframe usada 24x7.

8 Mainframe como Servidor8 Simplicidade Do lado do mainframe: –Servidor de aplicações logicamente separado. Do lado do cliente: –Browser comum, sem depender de extensões proprietárias. Uma prisão é uma casa com extensões proprietárias. Muito obrigado, prefiro aprender a viver sem estas.

9 Mainframe como Servidor9 Controle dos Aplicativos Facilitação do controle dos fontes, já que ficam residentes no Mainframe, onde há longa tradição de controle externo das equipes de desenvolvimento. Impede a existência de códigos malignos. Permite verificação da qualidade e do desempenho por equipe independente.

10 Mainframe como Servidor10 Repartição de Tarefas Cada servidor pode contribuir com o que ele tem de melhor. Visualização, Processamento, Acesso a diferentes Bancos de Dados feitos na plataforma mais adequada a cada caso. Processamento realmente distribuído.

11 Mainframe como Servidor11 Redução de custos Para cada novo serviço, não há necessidade de comprar e instalar mais um novo servidor, mais um novo site e mais uma nova equipe, aumentando ainda mais a complexidade e o tráfego na Rede. Redução do tempo entre decisão gerencial sobre serviço e implantação operacional. TIME IS MONEY.

12 Mainframe como Servidor12 Comunicação ao Público Interno Fazer palestras, emitir uma correspondência para todas as Chefias, explicando as possibilidades e limitações desta nova opção de prestação de serviços. Emitir uma correspondência para os Analistas e Programadores, incentivando o auto-estudo da linguagem Java.

13 Mainframe como Servidor13 Visão estratégica 1: Mainframe Funciona. Capacitação já existe. Sem custos incrementais para cada serviço. Precisa dizer mais ?

14 Mainframe como Servidor14 Visão Estratégica 2: Java Linguagem e Ambiente implantados em todas as plataformas. Facilite o remanejamento do pessoal. Bom para a Empresa: elimina as barreiras entre sistemas, facilita o recrutamento. Bom para o Pessoal: abre perspectivas de mobilidade e promoção profissional.

15 Mainframe como Servidor15 Visão Estratégica 3: Browser Usar no PC cliente um browser simples SEM extensões proprietárias (como VB), abre um futuro sem os problemas do PC: –dificuldade de real controle centralizado. –inchaço sem limites. –custo de propriedade. Viva o Network Computer.

16 Mainframe como Servidor16 Implementação Mapa dos processos internos relevantes: –processo ……………fala com –Adabas……………. Base de Dados –EDA Server………. Outras máquinas –Open Edition (EDA Client) –WEB server (Java)… Arquivos VSAM –TCP/IP ……………. Intranet …….Browser

17 Mainframe como Servidor17 Exemplo de resultado Consulta aos arquivos de chamadas telefônicas (CDRs, Call Data Records) CDRs Horário de pico de uso Máquina: 4 * 110 MIPS Consulta em 7 a 10 segundos

18 Mainframe como Servidor18 Demonstração Visitar a página “IBMWEB” na Intranet. 5 tipos diferentes de soluções Java desenvolvidas pela Iara Regina. Fonte aberto aos desenvolvedores internos. Já temos aplicações internas em produção, com consultas a BDs reais e volumosos. Medidas de desempenho: excelentes.

19 Mainframe como Servidor19 Conclusão Objetivo: fazer cada vez mais (e fazer mais seguro) gastando cada vez menos. Resposta 1: passar a usar o Mainframe como Servidor de Dados e de Aplicações. Resposta 2: pensar em NCs ao invés de engordar indefinitivamente os PCs, já que a Embratel vende comunicações e não processamento local.

20 Mainframe como Servidor20 Obrigados Iara Regina de Azevedo Fernandes , Pierre J. Lavelle ,


Carregar ppt "2000-10-11Mainframe como Servidor1 O Mainframe como Servidor Uma alternativa Segura, Rápida, Barata, e Estrategicamente Correta."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google