A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Caso 6 AEROPORTO DE DENVER, EUA. Recursos Humanos e Comunicações  Subestimação da complexidade real envolvida no projeto;  Equipe sem experiência prévia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Caso 6 AEROPORTO DE DENVER, EUA. Recursos Humanos e Comunicações  Subestimação da complexidade real envolvida no projeto;  Equipe sem experiência prévia."— Transcrição da apresentação:

1 Caso 6 AEROPORTO DE DENVER, EUA. Recursos Humanos e Comunicações  Subestimação da complexidade real envolvida no projeto;  Equipe sem experiência prévia na área;  O engenheiro civil era responsável por todo o projeto e não se concentrou no sistema de bagagens;  Rejeição de 3 propostas de fornecedores externos com prazo maior;  Informações de peritos experientes descartadas (aeroporto de Munique);

2 Caso 6 AEROPORTO DE DENVER, EUA. Tempo  Atraso na licitação necessária para a construção do aeroporto;  Pressão para o cumprimento do prazo de 2 anos (apesar do atraso);

3 Caso 6 AEROPORTO DE DENVER, EUA. Escopo  Mudança no escopo: em vez das companhias cuidarem das suas próprias instalações, o aeroporto assumiria este controle (aumento da complexidade);  Premissa de que não era possível utilizar um modelo manual convencional para aquele tamanho de aeroporto;  Ausência de controle do escopo durante a execução. Apenas na verificação final (auditoria), após a abertura do aeroporto, um especialista interviu e cortou o projeto modificando o sistema para manual.

4 Caso 6 AEROPORTO DE DENVER, EUA. Stakeholders e Controle Integrado de Mudanças  As principais partes interessadas (companhias aéreas) não foram incluídas devidamente no projeto acarretando diversas mudanças;  Aceitação das mudanças por pressão dos stakeholders;

5 Caso 6 AEROPORTO DE DENVER, EUA. Integração  Não houve integração entre a construção do edifício e o projeto do sistema de bagagens. Isto acarretou redução da velocidade do sistema (requisito inicial).

6 Caso 6 AEROPORTO DE DENVER, EUA. Riscos e Aquisições  A BAE responsável pelo projeto do sistema de bagagens não soube identificar, qualificar, quantificar e planejar respostas aos riscos associados ao contrato de entregar os sistema completo incluindo os desafios de escopo, tempo e custo (tripla restrição).

7 Caso 6 AEROPORTO DE DENVER, EUA. O que fazer? 1) Estudo de viabilidade técnica; 2) Relação custo benefício de um sistema automatizado para um sistema manual; 3) Consultoria e treinamento de equipe com pessoas especializadas (ex: do aeroporto de Munique); 4) Inclusão dos stakeholders principais (companhias aéreas) no planejamento do projeto, levantamento de requisitos; 5) Sistema integrado de mudanças proativo; 6) Escopo e tempo realistas; 7) Equipe de integração entre obra civil e sistema de bagagens; 8) Implantação de um PMO para todos os projetos envolvendo o aeroporto, facilitando a comunicação e reduzindo os riscos;


Carregar ppt "Caso 6 AEROPORTO DE DENVER, EUA. Recursos Humanos e Comunicações  Subestimação da complexidade real envolvida no projeto;  Equipe sem experiência prévia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google