A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Pré-Implantação Estudo de Viabilidade É o trabalho que avalia uma proposta de implantação, concluindo por sua aceitação ou rejeição.Pelo menos quatro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Pré-Implantação Estudo de Viabilidade É o trabalho que avalia uma proposta de implantação, concluindo por sua aceitação ou rejeição.Pelo menos quatro."— Transcrição da apresentação:

1 1 Pré-Implantação Estudo de Viabilidade É o trabalho que avalia uma proposta de implantação, concluindo por sua aceitação ou rejeição.Pelo menos quatro dimensões devem ser consideradas: – Estratégica: Identificação de novas capacitações que o sistema ERP aportará a organização, com intuito de facilitar nos seus objetivos estratégicos; – Operacional: Melhoria nos processos de negócios; – Técnica: Custo e capacitação da infra-estrutura tecnológica; – Financeira: Custos e benefícios do projeto.

2 2 Por que é Necessário Fazer um Estudo de Viabilidade Projetos envolvem custos elevados: – Exemplos: O projeto SAP R/3 na Petrobrás tem seu custo estimado em US$164 milhões. A empresa Monsanto (empresa de produtos e soluções de agricultura e biotecnologia) teve gastos em torno de US$20 milhões na implantação do SAP R/3.

3 3 Fases do Estudo de Viabilidade Planejamento: Esta fase abrange: – Escopo organizacional; – Dados que serão coletados; – Pessoas envolvidas no projeto; Avaliação Estratégica: Nesta fase não deve ser avaliado o que é a empresa atualmente e sim o que os seus líderes pensam como ela será daqui alguns anos.

4 4 Fases do Estudo de Viabilidade Identificação de Oportunidades: Está associado aos planos estratégico e operacional. Em termos estratégico podemos citar como exemplo os seguintes fatores: – Maior flexibilidade para lançar novos produtos; – Capacidade de ingressar em novos mercados; Já operacional temos como exemplo os seguintes fatores: – Automação dos processos manuais; – Redução de custos; – Integração entre processos; – Agilização de respostas e melhorias nos serviços

5 5 Fases do Estudo de Viabilidade Avaliação Econômico-Financeira: E stimar custo/benefício. Itens de custo numa implantação de um sistemas ERP: – Hardware – Software – Rede de Comunicação – Consultoria – Pessoal de TI – Usuários – Treinamento

6 6 Fases do Estudo de Viabilidade Recomendações: No final deste estudo deve ser elaborado um relatório, contendo as seguintes recomendações caso necessário: – Caso o projeto seja rejeitado, convém registrar os motivos; – Caso seja aceito, os resultados esperados no estudo de viabilidade deverão ser utilizados como referência.

7 7 Seleção de Produtos e Parceiros A implantação de sistemas ERP, envolve três tipos de serviços: – Fornecedores de software; – Fabricantes de hardware; – Implantadores.

8 8 Estratégia para Seleção de um Sistema ERP Preparar uma solicitação de informações e enviá-la a um grande número de fornecedores; Avaliar as informações e selecionar um número limitado de fornecedores; Convidar os fornecedores para uma visita, apresentando os sistemas; Avaliar as propostas, negocia-las e selecionar o fornecedor.

9 9 Critérios para Seleção do Sistema A seleção de um sistema ERP, envolve aspectos técnicos e deve ser conduzida com participação substancial do pessoal de TI. Abaixo segue os critérios para seleção de um sistema ERP: – Escopo funcional (processos que envolvem o sistema); – Escopo geográfico; – Flexibilidade;

10 10 Critérios para Seleção do Sistema – Conectividade; – Facilidades para Integração; – Maturidade; – Facilidade de implantação e manutenção; – Tecnologia; – Custos; – Estabilidade econômica-financeira do fornecedor; – Suporte local do fornecedor.

11 11 Critérios para Seleção do Implantador Procurar por implantadores que são objetivos e que são imunes a aspectos políticos internos; Tem experiência com os processos e com o sistema; Trazem conhecimento de práticas de negócio; Dispõem de metodologia e ferramentas para apoiar a execução do trabalho; Ajudam na comunicação dos setores da organização.

12 12 Critérios para Seleção do Implantador Deve-se tomar bastante cuidado nesta seleção, pois o custo desta seleção, geralmente é o dobro ou até mesmo três vezes maior que a do sistemas. É necessário considerar que há diversos tipos de implantadores, como: – Os próprios fornecedores de sistemas ERP;

13 13 Critérios para Seleção do Implantador – As grandes empresas que oferecem serviços profissionais; – Consultores certificados; – Integradores de sistemas.

14 14 Critérios para Seleção de Equipamentos Suporte ao sistema ERP; Escalabilidade/Expansibilidade; Confiabilidade; Suporte Técnico; Custos.


Carregar ppt "1 Pré-Implantação Estudo de Viabilidade É o trabalho que avalia uma proposta de implantação, concluindo por sua aceitação ou rejeição.Pelo menos quatro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google