A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CEART- UDESC ARTE NO CAMPO José Luiz Kinceler 2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CEART- UDESC ARTE NO CAMPO José Luiz Kinceler 2013."— Transcrição da apresentação:

1 CEART- UDESC ARTE NO CAMPO José Luiz Kinceler 2013

2 UDESC – CEART – DAP / PPGAV ARTE RELACIONAL NOS LIMITES DO REAL José Luiz Kinceler 2009/01 CEART – UDESC REPRESENTAÇÃO E RECEPÇÃO

3 REGISTROS LACANIANOS REALIMAGINÁRIOSIMBÓLICO De 0 a 6 meses União com a mãe O real é irrepresentável Princípio do Prazer De 18 meses em diante Lei do Pai Princípio da realidade A criança entra no mundo da linguagem Herda uma determinada cultura De 6 a 18 meses Fase do espelho Imagem de sí mesmo

4 ESQUEMA DO VASO INVERTIDO ARTICULAÇÃO DOS TRÊS REGISTROS

5 A aliança entre o imaginário e o simbólico nos permite aproximações ao Real O imaginário é formado pela fantasia, é subjetivo O simbólico é cultural - linguagem e representação.

6 Segundo Lacan, toda necessidade se origina na Falta, (perda, carência, vazio, oco, buraco), ou seja:na busca primária do complemento maternal (falta-de-ser) na necessidade original, na pulsão nos desejos de demanda provocados pelo Outro na ordem simbólica A Falta

7 Este fenômeno dá início as relações entre os três registros em que se dá toda a experiência humana: o real o imaginário o simbólico falta Estes três pontos de vista estão intimamente vinculados entre si. Este fluxo (movimento) continuo constitui o processo de formação e reformulação do sujeito. R IS

8 PROCESSO CRIATIVO REAL IMAGINÁRIO FALTA SIMBÓLICO Processo criativo = FALTA Se falamos que não podemos conhecer o real, senão somente uma imagem, deve ser porque ao real, ou bem lhe agregamos algo, ou bem lhe tiramos algo. A falta se constitui concretamente quando ao real lhe 'agregamos' algo que não tem, e por tanto nestas condições ao real sempre lhe faltará algo.

9 AULA 1 - REPRESENTAÇÃO Induzida A) RECEPÇÃO passiva reflexiva colaborativa

10 COLABORATIVA SIMBÓLICA REPRESENTAÇÃO EM ARTE PRODUTOROBRAPÚBLICO PRODUTOROBRA PÚBLICO PRODUTOR OBRA PÚBLICO REFLEXIVA IMAGINÁRIA PRODUTOROBRA PÚBLICO

11 Rembrandt Harmens van Rijn Auto-retrato, 1640, óleo sobre tela, 102x80 cm, National Gallery, Londres

12 Auto-retrato, 1669, óleo sobre tela, 86x70,5 cm, National Gallery, Londres

13 Auto retrato com orelha enfaixada. 60 x 49 cm. 1889

14 Retrato de Daniel-Henri Kahnweiler, 1910, 100,6x72,8 cm, óleo sobre tela, Art Institute of Chicago

15 Gillian Wearing Self-Portrait, 2000, chromogenic development print, 67 3/4 x 67 3/4 inches, Collection of Anthony T.Podesta, Washington D.C., Courtesy of Maureen Paley Interim Art, London

16 Marc Quinn, "Self", 1990

17 Sam Taylor-Wood Self-portrait in single-breasted suit with hare,

18 REPRESENTAÇÃO PRODUTOROBRA PÚBLICO RECEPÇÃO INDUZIDA TENDÊNCIA AO SIMBÓLICO

19 Velazquez As meninas

20 A dança, 1869 Pedra x 298 x 145 cm Jean -Baptiste Carpeaux

21 Etienne Falconet Estatua ecuestre de Pedro el grande, bronce, 1782 Plaza de los Decienbristas - Leningrado

22 Luiz Bayre León aplastando a una serpiente, de 1833

23 REPRESENTAÇÃO PRODUTOROBRA PÚBLICO RECEPÇÃO PASSIVA TENDÊNCIA AO IMAGINÁRIO

24 RodinLa edad del bronce 1875 – 1876 Bronce, 181 x 66,5 x 63 cm

25 "Los Burgueses de Calais" Obra hecha por encargo en Él decía "La verdad de mis figuras reside en que en lugar de ser superficie, parecen surgir de dentro a fuera, exactamente la propia vida"... Las obras de Rodin fueron fuertemente criticadas en su época, pese a conservar múltiples herencias del pasado, quizá fue por los múltiples aspectos innovadores que introdujo en su plástica, la modulación de los planos, el facetado de los perfiles y la expresión abofetada de los rostros...

26 Brancusi

27 Targu Jiu o Arco do Beijo

28 Brancusi Targu Jiu Coluna infinita

29 Brancusi Targu Jiu Mesa do silencio

30 Picasso Cabeza de picador con la nariz rota Escayola, 18,5 x 13 x 11. Colección privada Cabeza de Mujer (Fernande), 1906 Bronce, 14¨ de altura Cabeza de Mujer (Fernande), 1909 Bronce, 40,5 x 23 x 26 cm. Museé Picasso, Paris. Vaso de Absenta, 1914 bronce pintado, arena, cuchara para absenta 21,5 x 16,5 x 6,5 cm. Centre Georges Pompidou, Paris

31 Cabeza de mujer, 1931 Bronce 128 x 54,5 x 62,5 cm Museé Picasso, Paris Cabeza de mujer, 1931 Escayola original 128,5 x 54,5 x 62,5 cm Museé Picasso, Paris Cabeza de toro, 1942 Bronce, Museé Picasso, Paris. Niña saltando a la comba, 1950 Bronce, 152 x 65 x 66 cm Centre Pompidou, Paris. Picasso

32 Henry Moore Reclining Figure 1926 Bronce 40, 6 cm

33 Henry Moore Large Figure in a Shelter LH 652c

34 Three Piece Sculpture: Vertebrae LH 580

35 Large Reclining Figure LH 192b

36 Henry Moore Duas grandes formas,

37 REPRESENTAÇÃO PRODUTOROBRA PÚBLICO RECEPÇÃO REFLEXIVA - TENDENCIA AO REAL

38

39 Donald Judd

40 Robert Morris

41 Richard Serra Rasgando chumbo entre...

42 Kosuth Arte como idéia como idéia

43 Joseph Beuys

44 Nancy Holt Sky Mound Nueva Jersey

45 Jeff Koons Puppy 1992

46 Jeff Koons New Double Shelton Wet/Dry, 1980

47 Sherrie Levine , nasceu em Hazleton PA, vive e trabalha em New York After Walker Evans # 19. B/w Photografy, 36 x 28 cm

48 Markus Raetz Metamorfosis I Berna, 1991 Hierro Fundido, núm. 2/6, Fundición Nottaris, Oberburg 32,2 x 27 x 12,5 cm, pedestal: altura 146,5 cm Musée Dárt et historie, Ginebra

49 Ulrich Ruckreim Ground relief, cut, split Granito 200 x 200 x 12 cm Munster

50 Gillian Wearing ( 1963, nasceu em Birmingham / vive e trabalha em Londres ) Dancing in Peckham Video de 24 Minutos.

51 Nan Goldin (1953, nasceu em Washington / Vivce trabalha em Nova York

52 Cindy Sherman 1954, Glen Ridge NJ Vive e trabalha em New York

53 Cindy Sherman

54 Cindy Sherman Untitled, #

55

56 Untitled, 1991 Felix Gonzalez-Torres

57 Jenny Holzer Proteja-me daquilo que eu desejo Survival Spectacolour singboard, 51x102 cm. Outdoor installation, Selections form the Survival Series Times Square, New York, 1986

58 REPRESENTAÇÃO HOJE PRODUTOR OBRA PÚBLICO PROCESSOS COLABORATIVOS

59 Colunas de basalto para 7000 robles Joseph Beuys

60 Ana Laura Aláez "Dance & Disco". ARTE EFÍMERO Lo bueno o lo malo que tiene el arte es que es efímero, por eso yo tengo verdaderos problemas con las obras que se venden, porque para mí una obra es una idea. Pero ahora que estoy un poco harta del mundo del arte, me gustaría empezar a meter la nariz en cosas más funcionales y diseñar cosas reales... pero eso aún es un sueño.

61 Felix Gonzalez-Torres Untitled (ROSS), Candies wrapped in vaiously coloured cellophane, unlimited suply, ideal weight: 175 Lbs, Dimensions Variable

62

63 Carsten Höller Los Toboganes como Arte The Unilever Series: Carsten Höller. "Test Site". Tate Modern. Londres. Del 10 de octubre 2006 al 9 de abril de 2007.

64

65

66 KILLING CHILDREN II, 1992 The jerry can is filled with gas; if one rides the tricycle, the match burns the wick...

67 HARD, HARD TO BE A BABY, 1992 children swing, installation for "Project for U.F.O.", Air de Paris in Monte Carlo.

68 LAX HABITS IN CONTEMPORARY FLOWER SOCIETIES, 1994 Umbrellas and plants that are sprayed with a mixture of water and spermine; their odour changes...

69 THE PLANT THAT IS BORED AND WANTS TO SEE MORE OF THE WORLD AROUND, 1994 Actually, the sculpture goes for a walk...

70 Upside Down Mushroom Room, 2000

71 Solandra Greenhouse

72

73

74

75

76

77

78


Carregar ppt "CEART- UDESC ARTE NO CAMPO José Luiz Kinceler 2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google