A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Elaboração de Projeto de Pesquisa Prof. Adriano Paranaiba.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Elaboração de Projeto de Pesquisa Prof. Adriano Paranaiba."— Transcrição da apresentação:

1 Elaboração de Projeto de Pesquisa Prof. Adriano Paranaiba

2  É procurar respostas para inquietações, ou para um problema.  Atividade básica das ciências na sua indagação e descoberta da realidade. É uma atitude e uma prática de constante busca que define um processo intrinsecamente inacabado e permanente (MINAYO, 1993).  É um processo formal e sistemático de desenvolvimento do método científico (GIL, 1999). O QUE É PESQUISA?

3 CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS  Do ponto de vista da sua natureza.  Do ponto de vista da forma de abordagem do problema.  Do ponto de vista de seus objetivos.  Do ponto de vista dos procedimentos técnicos adotados.

4 NATUREZA DA PESQUISA  Pesquisa Básica Gerar conhecimentos novos úteis para o avanço da ciência sem aplicação prática prevista. Envolve verdades e interesses universais.  Pesquisa Aplicada Gerar conhecimentos para aplicação prática dirigidos à solução de problemas específicos. Envolve verdades e interesses locais.

5 FORMA DE ABORDAGEM  Pesquisa Quantitativa  Traduz em números, opiniões e informações para classificá- los e organizá-los. Utiliza métodos estatísticos.  Pesquisa Qualitativa  Considera a existência de uma relação dinâmica entre mundo real e sujeito. É descritiva e utiliza o método indutivo. O processo é foco principal.

6 OBJETIVOS  Pesquisa Exploratória: visa proporcionar maior familiaridade com o problema com vistas a torná-lo explicito ou a construir hipóteses. Pesquisas bibliográficas e estudos de caso.  Pesquisa Descritiva: envolve técnicas padronizadas de coleta de dados, como questionários e observação sistemática. Assume a forma de levantamento.  Pesquisa Explicativa: explica o porquê das coisas, visando identificar os fatores que determinam ou contribuem para a ocorrência dos fenômenos. Assume a forma de Pesquisa experimental.

7 DIFERENTES PROCEDIMENTOS TÉCNICOS  Pesquisa Bibliográfica: a partir de material já publicado.  Pesquisa Documental: a partir de material não analisado.  Pesquisa Experimental: variáveis de controle sobre um objeto.  Levantamento: interrogação direta.  Estudo de caso: estudo profundo de um ponto para detalhamento do conhecimento.  Pesquisa-ação: resolução de um problema coletivo.  Pesquisa Participante: interação entre pesquisadores e membros da situação investigadas.

8 ETAPAS DA PESQUISA O projeto de pesquisa deve, fundamentalmente, responder as seguintes perguntas (Rudio, 1986):  O que pesquisar?  Por que pesquisar?  Para que pesquisar?  Como pesquisar?  Quando pesquisar?  Com que recursos?  Pesquisado por quem?

9 TÓPICOS BÁSICOS PARA ELABORAÇÃO DE UM PROJETO DE PESQUISA 1 - INTRODUÇÃO (tema e problema) O tema é o assunto geral sobre o qual se pretende investigar. É uma primeira delimitação dentro de uma área de pesquisa, de um campo de conhecimento. Explicitar o problema é uma questão básica da investigação, pois pressupõe reflexão, amadurecimento do tema pela LEITURA ou pela EXPERIÊNCIA, troca de idéias com pares. Com a problematização, aparecem pôlemicas que envolvem o tema e/ou problema. O problema é uma pergunta ou questão específica que se pretende investigar. Supõe uma delimitação maior do que o tema. Ao problematizar a questão, cabe perguntar que outros aspectos da realidade se relacionam com o problema.

10 2 - JUSTIFICATIVA As questões de pesquisa devem ser relevantes, de interesse científico, social ou cultural, e devem ser viáveis do ponto de vista do seu estudo. A pesquisa supõem alocação de recursos, o que torna necessário explicitar a natureza do assunto, sua relevância ou importância para a área de conhecimento, impactos sociais de seus resultados e viabilidade da pesquisa. Cont.

11 3 - OBJETIVOS O objetivo intrínseco de uma pesquisa é responder analiticamente a questão ou ao problema central que foi enunciado e problematizado. Eles são importantes porque sintetizam a discussão anterior e dão mais clareza e visibilidade ao que se pretende conhecer com a pesquisa. Cont.

12 4 - REFERENCIAL TEÓRICO Este tópico é o mais crucial na construção de um objeto de pesquisa. O referencial começa com as LEITURAS para a problematização, mas ganha peso à medida que vai permitindo passar de uma proposta de pesquisa, para um projeto com todas as etapas de elaboração. Cont.

13 5 - METODOLOGIA Deve ser entendida no seu sentido próprio de método, de caminho para alcançar determinado objetivo, o que implica uma concepção da realidade ou do fragmento de realidade escolhido como objeto de estudo. Enfim, deve descrever de forma detalhada como se pretende atingir o objetivo proposto. A metodologia pode ser organizada na forma de tópico, como por exemplo:  População e amostra - Incluir a descrição das características da população e da amostra. - O processo de seleção dos sujeitos. - O tamanho da amostra e como foi estabelecido. Cont.

14  Instrumentação - Descrição dos instrumentos utilizados. Indicar as fontes a serem utilizadas para elaboração dos instrumentos.  Coleta de dados - Como (grupo ou individual); - Quando (qual período); - Onde (local); - Quem (pelo pesquisador, equipe ou correio) e - A quem vai ser aplicado o instrumento.  Tratamento dos dados - Quando utilizar, sempre indicar o uso de tratamento estatístico. Cont.

15 6 - CRONOGRAMA DE ATIVIDADES Consiste na distribuição das diversas etapas da pesquisa por um espaço de tempo. 7 - ORÇAMENTO Destina-se a previsão de recursos humanos, materiais e financeiros para o desenvolvimento do projeto. 8 - BIBLIOGRAFIA Trata-se de expor, dentro das normas da ABNT, os livros e documentos consultados. Cont.

16 Elaboração de Artigo Científico

17 DO QUE SE TRATA A ELABORAÇÃO DE UM ARTIGO CIENTÍFICO BEM ESCRITO ? Idéia Paper

18 Idéia 1Idéia 2 Paper mal escrito DO QUE SE TRATA A ELABORAÇÃO DE UM ARTIGO CIENTÍFICO MAL ESCRITO?

19 Conceito de Artigo Científico: “é parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute idéias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas áreas do conhecimento”. (GONÇALVES, 2004). ARTIGO CIENTÍFICO

20 Definição de Artigo de Periódico: “... trabalhos técnico-científicos, escritos por um ou mais autores, com a finalidade de divulgar a síntese analítica de estudos e resultados de pesquisas. Formam a parte principal em periódicos especializados e devem seguir as normas editorias do periódico a que se destinam. Os artigos podem ser de dois tipos: a) originais, quando apresentam abordagens ou assuntos inéditos; b) de revisão, quando abordam, analisam ou resumem informações já publicadas”. Normas para apresentação de Documentos Científicos, 2001.

21  Comunicar os resultados de pesquisa, idéias e debates de uma maneira clara, concisa e fidedigna.  Servir de medida da produtividade (qualitativa e quantitativa) individual dos autores e das instituições a qual servem.  Servir de medida nas decisões referentes à contratação, promoção e estabilidade no emprego.  Refletir a análise de um dado assunto, num certo período de tempo.  Servir de meio de comunicação e de intercâmbio de idéias entre cientistas da sua área de atuação.  Levar os teste de uma hipótese, provar uma teoria (tese, trabalho científico).  Registrar e transmitir algumas observações originais.  Servir para rever o estado de um dado campo de pesquisa. FINALIDADES DO ARTIGO CIENTÍFICO

22 “aquele que sabe o quê e como, provavelmente, escreve um bom trabalho, mas aquele que sabe o porquê não só escreve um ótimo artigo, como também sabe corrigir o próprio trabalho e o dos outros autores”. Artigo Científico: do desafio à conquista – Victoria Secaf, REDAÇÃO DO ARTIGO E AS MOTIVAÇÕES DO AUTOR

23 ESTRUTURA RECOMENDADA DE UM ARTIGO CIENTÍFICO  Título e subtítulo (se houver)  Nome do(s) autor(es)  Crédito(s) do(s) autor(es)  Agradecimento (opcional)  Resumo (no idioma do país)  Palavras-chave ou descritores ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

24  Introdução (tema, objetivo, relevância)  Desenvolvimento (metodologia, resultados e discussão)  Argumentação ou fundamento lógico  Conclusão São elementos que compõe o texto do artigo. ELEMENTOS TEXTUAIS Cont.

25  Referências  Apêndices (elaborados pelo autor)  Anexos (documentos)  Tradução do Resumo  Tradução dos descritores  Data ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS Cont.

26 A escrita de um bom artigo depende de muito trabalho e não somente de uma boa idéia. Porém uma idéia que não necessariamente é brilhante pode dar um bom artigo, com bastante trabalho. CONCLUSÃO MUITO TRABALHO


Carregar ppt "Elaboração de Projeto de Pesquisa Prof. Adriano Paranaiba."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google