A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Centro Sócio-Econômico Departamento de Ciências Econômicas Centro Sócio-Econômico Carcinicultura e meio ambiente: abalando mitos – UFSC - 5a SEPEX – Set.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Centro Sócio-Econômico Departamento de Ciências Econômicas Centro Sócio-Econômico Carcinicultura e meio ambiente: abalando mitos – UFSC - 5a SEPEX – Set."— Transcrição da apresentação:

1 Centro Sócio-Econômico Departamento de Ciências Econômicas Centro Sócio-Econômico Carcinicultura e meio ambiente: abalando mitos – UFSC - 5a SEPEX – Set Francisco Gelinski Neto Doutorando de Engenharia de Produção Introdução A carcinicultura marinha (criação ou cultivo de camarões) é uma realidade em Santa Catarina desde Atualmente é cultivada em mais de 1500 Hectares, 108 Fazendas e produzindo ao redor de Toneladas por ano, segundo dados da EPAGRI. Evolução da carcinicultura entre (1998 e 2004) - SC: -Produção - aumentou + de 50 vezes -Produtividade - 2,5 vezes -Área em hectares –aumentou + de 40 vezes Núcleos de produção Laguna (maior polo) Grande Florianópolis Baia da Babitonga. É uma atividade intensiva em utilização de recursos aquáticos e passou ser visada por grupos protecionistas (a nível mundial) preocupados com possível dano ao ambiente. A utilização de áreas de mangue seria outra preocupação. Pesquisas do Fundo Mundial para a Vida Selvagem (WWF) desmentem este fato. Em algumas regiões no mundo o mangue chegou a aumentar após a introdução da carcinicultura. Perdas de mangue por pressão populacional entre 55 a 60% Perdas na carcinicultura entre 4 e 10% (Massaut,1999). Objetivos do trabalho: 1)Mostrar as condições operacionais da carcinicultura catarinense relativamente ao meio ambiente; 2)Relacionar os benefícios sócio-econômicos da atividade. Condições operacionais X meio ambiente nControle de efluentes – através de Boas Práticas de Manejo - análise da água no abastecimento (enchimento do viveiro). - análise da água no momento da despesca – 90% das “fazendas”´possuem canal de recirculação de água. - nível tecnológico alto reduzem impacto: uso de aeradores, bandejas de alimentação, análise diária do nível de oxigênio dissolvido, análises semanais de nitrito, nitrato e outros. nTodas as fazendas cumpriram as exigências para licenciamento ambiental nEm cada ciclo (dois por ano) cada fazenda precisa da LAO (Licença Ambiental de Operação) fornecida pela FATMA, que analisa os dados de efluentes de cada uma delas. Os parâmetros devem estar dentro do limite aceitável. n O segmento é regido pela Plataforma Tecnológica de Cultivo de Camarões elaborada em nO setor tem atendido a resolução 312 do CONAMA que rege os empreendimentos da carcinicultura na zona costeira. nExiste também o Código de Conduta e de Práticas de manejo para o desenvolvimento de uma carcinicultura ambiental e socialmente responsável, elaborado pela Associação Brasileira de Cultivadores de Camarões Marinhos. nA carcinicultura catarinense não utiliza áreas de mangue antigas áreas de lavoura – por exemplo arrozeiras antigas áreas de pecuária e pastagem e antigas áreas de reflorestamento  para dirrimir qualquer dúvida sobre a atividade os carcinicultores de Laguna estão pagando Estudo de Impacto Ambiental global (das áreas em produção e de áreas potenciais) embora não fosse necessário, pois, operam dentro dos limites estabelecidos pela FATMA e pelo IBAMA. Os benefícios da carcinicultura para o Estado O principal benefício é a geração de emprego e renda. Tabela comparativa atividades x emprego gerado Das atividades primárias a criação de camarões marinhos em cultivo somente perde em termos de utilização de mão-de-obra (emprego gerado por hectare) para a fruticultura. Ao se considerar toda a cadeia de produção (desde o fornecedor de insumos até o processador comercializador) a carcinicultura gera 3,5 empregos por hectare, sendo superior a qualquer outras atividades do agronegócio. Custo para geração de emprego O cultivo de camarões apresenta um dos mais baixos custos de investimento para geração de emprego (ver tabela a baixo) Atividade Investimento necessário p/ geração de emprego Pecuária 100 (mil dólares) Indústria do turismo 66 (mil dólares) Cultivo de camarão 13,9 (mil dólares) Entre outros benefícios a carcinicultura auxilia no incremento da indústria do turismo em Santa Catarina; Operam em Santa Catarina empresas industriais que produzem equipamentos para agroindústrias de processamento de camarão: por exemplo túneis de resfriamento contínuo, mesas classificadores de camarão entre outros (gerando emprego e tributos para o estado). Site sugerido: www. abccam.com.br Bibliografia MASSAUT, Laurence. Manejo de Manguezais e a Carcinicultura. Universidade de Auburn WINCKLER, Sérgio. Várias entrevistas – CEDAP/EPAGRI ZAMPARETTI, Albertino. Entrevista Ago – EPAGRI - Tubarão Revista da ABCC (Associação Brasileira de Criadores de Camarão). Diversos números atividade emprego gerado por hectare Soja e milho 0,3 Café 0,8 pecuária 0,03 fruticultura 2,0 carcinicultura 1,0 Toda cadeia camarão 3,5


Carregar ppt "Centro Sócio-Econômico Departamento de Ciências Econômicas Centro Sócio-Econômico Carcinicultura e meio ambiente: abalando mitos – UFSC - 5a SEPEX – Set."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google